International joint supervision of Doctoral Thesis

O QUE É?

A fim de propiciar o intercâmbio acadêmico, bem como de estabelecer e fortalecer relações com universidades estrangeiras, os Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu da Unifesp prevêm a realização de doutorados em regime de cotutela internacional. O objetivo é permitir às teses de doutorado a orientação conjunta de docentes da Unifesp e de Universidades estrangeiras e a dupla titulação para alunos brasileiros e estrangeiros que optem por esta modalidade. Por ora, trabalhamos somente com a opção de cotutela doutoral, mas em breve estará aberta a possibilidade para os cursos de mestrado. 

COMO SOLICITAR?

Para a solicitação da cotutela doutoral, o professor orientador do candidato na Unifesp deverá manifestar interesse à SRI, desde que já tenha acertado o interesse e a possibilidade da cotutela com o professor da universidade estrangeira. A instituição de escolha poderá ser uma de nossas atuais parceiras internacionais ou não, o importante é que haja um convênio formal para embasar a cotutela do candidato antes do início efetivo das atividades. Quando não há acordo firmado, ele poderá ser feito de duas formas, ou constituir num acordo de cooperação acadêmica com cláusula de cotutela entre as instituições, que prevê a candidatura de estudantes de doutorado à coorientação e dupla titulação; ou, de forma individualizada, a constituição de um acordo de cooperação que trate somente da cotutela doutoral de um aluno em específico. A escolha entre um destes formatos depende dos acordos que nós já temos com as universidades parceiras, e também do interesse dos orientadores e instituições em cada caso.

NORMAS E DOCUMENTOS

Quanto à documentação necessária para abertura de processo de solicitação de Convênio e de Cotutela Doutoral, clique aqui para baixar o check list e explicações procedimentais.
 
  • Através dos dos "Acordos Gerais de Cooperação com a previsão de Cotutelas", a Unifesp e a Instituição estrangeira firmam o acordo sem especificar o nome do estutante participante e para cada candidato à coorientação deverá ser firmado um Termo de Compromisso de adesão ao convênio. A fim de facilitar esse instruento de coocperação, a SRI disponibiliza o modelo de minuta deste acordo, em três idiomas:

Modelo de Acordo Geral com coutela em Português - Francês
Modelo de Acordo Geral com coutela em Português - Inglês
Modelo de Acordo Geral com coutela em Português - Espanhol 

  • Através dos "Acordos Individuais de Cotutela", a Unifesp e a Instituição estrangeira firmam o acordo a cerca da atividade do estutante participante e, para esta modalidade, não disponibilizamos um modelo de minuta padrão. Sugerimos que solicitem às Instituições estrengeiras e que nos consultem sobre o conteúdo.

A normativa que rege as solicitações de cotutela e titulação simultanea da Unifesp descreve, dentre outros aspectos, os itens e informações que osAcordos Gerais comTermo de Compromisso, ou que os Acordos Individuais de Cotutela, devem conter sobre os alunos, a tese e a defesa, clique aqui para baixar as normas de cooperação internacional para cotutoria.  

Para mais informações sobre as cotutelas, por favor, entre em contato pelo e-mail internacional@unifesp.br

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse