Bandar Live Casino
Quarta, 20 Julho 2022 13:58

Servidores(as) e pesquisadores(as) da Unifesp participam de treinamento da Agência Bori

Serviço apoia a cobertura da imprensa de todo o país à luz de evidências científicas

Por José Luiz Guerra

Começou na última terça-feira (19/7) um treinamento na área de comunicação científica oferecido pela Agência Bori a servidores(as) e pesquisadores(as) da Unifesp. O objetivo da atividade é omelhorar compreensão do campo de relação entre imprensa e universidade na divulgação de resultados de pesquisa. O treinamento foi viabilizado com irtermediação do Escritório de Comunicação e Divulgação Científica (ECDC) da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (ProPGPq).

O curso terá carga horária total de sete horas e ocorre até a próxima quinta-feira (21/7) e é ministrado pela jornalista Nádia Pontes. O pro-reitor adjunto de Pós-Graduação e Pesquisa, Fernando Atique, explica que parte considerável da relevância das pesquisas, atualmente, mede-se também pela capacidade de elas impactarem a sociedade. "Para tanto, uma das habilidades que os pesquisadores devem passar a desenvolver é a de enunciar e comunicar hipóteses e, sobretudo, resultados. Esta linguagem é um pouco diferente daquela que costumeiramente usamos na academia. Por isso, esse treinamento fornecido pela Agência Bori nos leva a uma possibilidade de apreender estratégias comunicacionais e sua replicação na Unifesp. Isto explica porque temos um núcleo reduzido de participantes. Esses foram indicados por que já lidam com a comunicação científica", pondera Atique.

A Agência Bori tem a missão de promover uma mudança na cultura científica do país, aproximando a ciência da população por meio do jornalismo, a partir da compreensão de que as melhores decisões individuais e coletivas são tomadas a partir de informação qualificada e de evidências científicas. Entre os serviços oferecidos estão a produção de pesquisas inéditas e explicadas a jornalistas cadastrados, oferta de contatos de cientistas de todo o país preparados para atender a imprensa e treinamentos e cursos para jornalistas em áreas específicas de cobertura. O nome da agência é uma homenagem à pesquisadora Carolina Bori, primeira mulher a presidir a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), de 1987 a 1989 e considerada uma cientista-chave para a consolidação da ciência brasileira. Para mais informações, acesse a página da entidade.

 

Lido 790 vezes Última modificação em Segunda, 01 Agosto 2022 13:32

Mídia