Unifesp Embu das Artes forma alunos em curso para 3º Setor

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) formou 61 alunos no curso de “Elaboração de Projetos e Captação de Recursos”, realizado no campus de extensão de Embu das Artes entre 24/9 e 7/11. A entrega dos certificados se deu na quarta-feira (12/11) no Centro Cultural Valdelice.

 

Com o total de 40 horas e dirigido à participação do 3º Setor - constituído por organizações não governamentais (ongs) sem fins lucrativos que têm objetivo de gerar serviços de caráter público (muitas conveniadas com a prefeitura) - o curso tratou dos desafios para as organizações da sociedade civil, a preparação, o monitoramento e a avaliação de projetos, a captação de recursos, considerando o planejamento, a comunicação e o Marco Legal para o terceiro setor.

O evento começou com a exibição de dança cigana pelo grupo do Centro de Convivência do Idoso (CCI) e, em seguida, os alunos do Pro-Jovem Adolescente da Asmoreji apresentaram um número musical com violões e vozes femininas.

Para os coordenadores, assessores e professores envolvidos, os alunos foram muito proativos no decorrer do aprendizado, adquirindo qualificação e conhecimento para acrescentar em suas experiências. Além disso, a partir dos formandos, é esperado um efeito multiplicador do conteúdo entre outros integrantes das instituições.

“O planejamento será essencial para cada entidade gerenciar suas atividades de acordo com sua missão”, enfatizou o secretário de Educação, Paulo Vicente dos Reis. Para ele, as organizações do terceiro setor deverão estar mais preparadas, com personalidade jurídica formada, e ter responsabilidade sobre a aplicação de recursos financeiros em seus projetos, sob a determinação do Marco Legal do Terceiro Setor.

Milton Alves Felipe, atua na prevenção em saúde de crianças, entrega de donativos e evangelização da comunidade do Jd. N.S. de Fátima, pela Associação Motoclube Leão da Tribo de Judá. Ele afirmou que está mais esclarecido após conclusão do curso: “Foi muito rico, vou aplicar o conhecimento em projetos que irei desenvolver com crianças, idosos e na área de esporte”.

A Comunidade Kolping, que trabalha na educação infantil de 307 crianças de duas creches, em cursos para adultos e na distribuição de alimentos, levou sete alunos para a formação. A presidente da entidade, Maria Augusta de Queiroz, disse que o conteúdo adquirido contribuirá na elaboração da proposta pedagógica para 2015 e será multiplicado entre as outras 36 funcionárias. “Com as instruções e a troca de experiências, já estamos formulando uma campanha para angariar fundos para ampliação do atendimento na cidade”, concluiu.

Autoridades presentes: Maria Emília dos Santos (Controladoria Geral), Valdir Barbosa (Turismo), vereador Clidão do Táxi, Odete de Oliveira (coordenadora da Universidade Aberta à Terceira Idade - UATI e do Programa de Integração Docente Assitencial - PIDA), além de Dagmar Mello (coordenadora do curso) e Luciane Cavalieri (assessora técnica pedagógica), ambas da Secretaria Municipal de Educação.

Fonte: http://www.embudasartes.sp.gov.br/noticia/ver/7216

Powered by jms multisite for joomla