Coordenação do Centro De Antropologia E Arqueologia Forense (CAAF/ProEC), torna pública a lista de candidatos aprovados e a lista dos candidatos em espera para o Curso de Especialização Direitos Humanos e Lutas Sociais

Divulgada a relação dos 35 aprovados e 7 candidatos em lista de espera, para o Curso de Especialização Direitos Humanos e lutas sociais.

As/os candidatas/os aprovadas/os deverão fazer a matrícula entre os dias 4 e 10 de março de 2020, no período da manhã, das 9 às 12 horas, ou no período da tarde, das 13 às 16 horas, no prédio da Reitoria, localizado na rua Sena Madureira 1500, 2º andar, com José Lincoln.

Havendo desistências, as/os candidatas/os na lista de espera serão chamados, pela ordem divulgada, a se matricular no Curso.

Contato para informações sobre documentos e procedimentos para matrícula pelo telefone (011) 5576-4848 - voip 8505.

 

  • Para baixar a lista de aprovados e a lista de espera para o Curso de Especialização Direitos Humanos e Lutas Sociais em arquivo PDF- Clique Aqui.

 


Coordenação do Centro De Antropologia E Arqueologia Forense  (CAAF/ProEC), torna pública a lista de convocados para a entrevista do processo seletivo docCurso de  especialização em Direitos Humanos e Lutas Sociais - 2020

  • Para Baixar a lista de convocados para a entrevista em arquivo PDF - Clique aqui.

 


O curso de especialização em Direitos humanos e lutas sociais do CAAF, turma 2020, está com inscrições abertas entre os dia 13 de janeiro e 7 de fevereiro, pelo site da Unifesp no link: https://www.unifesp.br/reitoria/proex/listagem-de-cursos


Esta é a segunda turma desta especialização com aulas e atividades a partir de março de 2020. O curso destina-se preferencialmente a ativistas sociais engajadxs em lutas por garantia e promoção de direitos humanos, é gratuito e as aulas e atividades didáticas acontecem aos sábados, das 9 às 18 horas, na sede do CAAF.O curso de especialização em “Direitos Humanos e Lutas Sociais” busca articular os saberes emergentes das lutas com a produção acadêmica objetivando qualificar a trajetória e a atuação das várias militâncias e ativismos em direitos humanos. Destas lutas emergem um rico conhecimento em torno de concepções sobre uma vida digna. São saberes específicos, sobre o cotidiano das organizações, dos movimentos, das ações e da elaboração das formas de como lidar com as estruturas de violência históricas presentes na sociedade e, em especial, no Estado brasileiro. A isso se soma o conhecimento tradicional da história e dos conceitos de direitos humanos.O curso conta com a parceria do Instituto Vladimir Herzog, de movimentos de lutas populares e por direitos humanos, na formulação e implementação do seu projeto pedagógico, além de um corpo docente formado por professorxs de vários campi da Unifesp e colaboradores/parceiros do CAAF.