curso sou ciencia

Professor: Prof. Dr. Nelson Cardoso Amaral (Universidade Federal de Goiás e SOU_CIÊNCIA)

Número de Vagas: 250 vagas.

Pré-Requisito para participar do curso: A pessoa que se inscrever deve ter interesse pelos temas propostos.

Público-alvo: Acadêmicos, Alunos de Graduação, Alunos de Pós-Graduação, Alunos de Outras Instituições, Docentes, Pesquisadores, Técnico-Administrativos, Comunidade em Geral, Lideranças de Movimentos Sociais, Jornalistas.

 

Plano de Ensino: Clique aqui para acessar o Plano de Ensino.

 

 

 

 

Apresentação:

O curso se propõe a abordar diversas temáticas relacionadas ao financiamento da educação no Brasil, em especial, o da educação superior. As temáticas a serem discutidas se expressam em questões, e serão as seguintes:

 

  • O Brasil já aplica muito dinheiro em educação?
  • Temos uma Carga Tributária de países ricos e serviços de países pobres?
  • Como foi a evolução dos recursos totais aplicados pelas Universidades Federais no período 1995-2020? (OBS: é preciso deflacionar os valores financeiros da série obtida).
  • Como foi a evolução dos recursos totais aplicados nos Institutos Federais e Centros Federais de Educação Tecnológica (CEFETs) no período 1995-2020? (OBS: é preciso deflacionar os valores financeiros da série obtida).
  • A distância entre recursos aplicados por aluno na Educação Básica (EB) e na Educação Superior (ES) é muito grande no Brasil? Como a resposta é positiva, vamos transferir recursos da ES para a EB?
  • Como evoluíram os recursos para outras despesas correntes (ODC) (água, luz, internet, limpeza, vigilância, material de consumo, reformas etc.) e investimentos (INV) (construções, equipamentos para laboratórios etc.) nas Universidades Federais e Institutos Federais no período 2014-2020? Como os Reitores tentam contornar os problemas advindos da diminuição dos recursos financeiros para ODC e INV?
  • Como evoluíram os recursos da Capes, do CNPq e do FNDCT no período recente, de 2014 a 2020?
  • Os orçamentos das Universidades Federais crescem muito de um ano para o outro?
  • Como responder às afirmações de que nas Universidades Federais, em geral, estudam pessoas que fizeram o ensino médio nas escolas privadas, são brancos e ricos e quais as repercussões da Lei das Cotas nestes temas?
  • Deve haver cobrança de mensalidades nas Universidades Federais?
  • O custo do aluno nas Universidades Federais é muito alto?
  • As Universidades Brasileiras poderiam atingir melhores posições nos rankings internacionais?
  • O Público e o Privado na Educação Superior Brasileira: como os grandes aglomerados educacionais se apresentam no grande desequilíbrio existente nesses dois setores?
  • Que volume de recursos financeiros os Benefícios Financeiros e Creditícios e as Renúncias Tributárias extraem da Educação?
  • Que percentual do PIB o Brasil aplica em C&T? Como se compara esse percentual com os dos países membros da OCDE? Que valor é aplicado por habitante?
  • Além da discussão de cada uma das questões, objetiva-se, ainda, explicitar o caminho empreendido para respondê-las, mostrando o acesso a sítios e banco de dados nacionais e internacionais.

Dia e horário: serão 15 encontros de 2hs cada, sempre às quartas feiras, das 16:00 às 18:00

Carga Horária Teórica: 30 horas (Síncronas).

Carga Horária Prática: 15 horas (Assíncronas).

Período de Realização:

Parte I (2021) - sempre às quartas-feiras: 10/11; 17/11; 24/11; 01/12; 08/12 e 15/12

Parte II (2022) - sempre às quartas-feiras 02/02; 09/02; 16/02; 23/02; 02/03; 09/03; 16/03, 23/03 e 30/03

Inscrições: até 09/11 neste link

Trata-se de um evento de extensão de curta duração (total de 2h), destinado ao público/comunidade em geral, como iniciativa do Observatório da Dinâmica Costeira da UNIFESP/Baixada Santista, projeto de extensão institucional multi e intercampi (campus Baixada Santista e campus Zona Leste). Evento caracterizado por palestra, seguida de debates, a ser proferida pelo prof. Dr. Marcelo Sperle Dias (UERJ), com tema que abordará aspectos de DESAFIOS E PERSPECTIVAS PARA A MINERAÇÃO MARINHA NO ATL NTICO SUL.

  Nos acompanhe nas redes!

+ Facebook  ProEC

+ Instagram ProEC

+ YouTube ProEC