Campus Guarulhos

Categoria: Iniciativas Culturais Acessos: 3727

 < Voltar

Arteokê

Guarulhos

Promover um espaço de convivência dentro da Universidade, com música e conversa.

 

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Bateria Malaguetta

Guarulhos

A bateria Malaguetta é uma entidade que tem por finalidade promover em suas atividades a integração e bom convívio entre a comunidade acadêmica da Unifesp Guarulhos, e contribuir para a difusão de conhecimento, ensino e aprendizagem no campo que compete a uma Bateria Universitária. Para tal, busca colaborar e manter viva a cultura do samba, por meio da realização de eventos culturais de discussões, oficinas/workshops, e escolinha de ritmos (sempre aberta à participação de alunos, professores, servidores e outros interessados.) em atividades à comunidade acadêmica e atividades de extensão. Dessa forma, também se mantém aberta para receber convites e participar de eventos na faculdade, promovidos pelos Coletivos, Centros Acadêmicos (C.As), Departamentos e etc. Como a maioria das baterias universitárias, busca tocar e representar a universidade como torcida nos jogos e competições da Atlética do campus e em festas promovidas pela Atlética e C.As. Por fim, íntegra e participa do campeonato nacional de baterias universitárias, o Balatucada, no qual conquistamos a 3º colocação na Pré-Seletiva de 2016, tendo trazido para Guarulhos o primeiro troféu da EFLCH (Clique em imagen para ver) Imagem1 Imagem2 Imagem3.

https://www.facebook.com/bateriamalaguettaunifesp/

Instagram: @bateriamalaguetta

https://youtu.be/9TpUCD74qmU

https://youtu.be/rNtj0O4AumI

https://youtu.be/hMAxtTxQ08c

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Charlas de Cineclub

Guarulhos

O Charlas de Cineclub é um projeto de extensão da área de Espanhol do Departamento de Letras da EFLCH-Unifesp surgido em maio de 2014. Consiste na realização de sessões mensais aos sábados à tarde, no auditório da Biblioteca Municipal Mário de Andrade, de filmes falados em espanhol com discussão conduzida preferencialmente nessa língua por um convidado. Além da prática da expressão oral e da compreensão auditiva da língua espanhola, o projeto pretende promover a reflexão, a partir de diferentes áreas do conhecimento (História, Sociologia, Filosofia, Linguística, Literatura etc), sobre a cultura dos povos hispano-falantes. Seu público-alvo é alunos e professores de Espanhol, da Unifesp e de outras instituições, bem como o público em geral. Coordenadora: Andreia Menezes (Clique em imagen para ver) Imagem1 Imagem2 Imagem3.

https://www.facebook.com/charlasdecineclub/

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Cia do Caminho Velho

Guarulhos

A Cia do Caminho Velho nasceu em 2007 a partir de um movimento de alunos do campus de Humanas da Universidade Federal de São Paulo, no bairro dos Pimentas, Guarulhos - SP. Hoje, somos um coletivo de teatro que realiza um trabalho contínuo de apresentações de peças, mostras e oferecimento de cursos. Nossos integrantes trabalharam e se formaram em grupos e instituições como SP Escola de Teatro, CPT do SESC, Núcleo de Artes Cênicas, Cia. Club Noir e Escola Livre de Teatro de Santo André. Já produzimos as peças: Sereias, e Bonita (ambas escritas por Dione Carlos), Piche (com dramaturgia de Alex Araújo) e Nomen (escrita por Bruno Feldman e criada em parceria com a Cia do Pássaro - Voo e Teatro). ​ ​Nossos principais interesses, e o que pauta nossos processos, são: dramaturgias contemporâneas e o trabalho do ator. Investigamos em cena caminhos que apontem na direção de uma pesquisa singular a partir da palavra. Consideramos de extrema importância montar autores que estejam descobrindo novos jeitos de se fazer dramaturgia e que, ao fazer isso, busquem novas formas de experimentações com a linguagem. A discussão sobre o lugar da mulher na sociedade é uma questão crucial que está presente em todas as nossas obras. Nosso trabalho com iluminação privilegia a manipulação da luz pelo ator performer, em uma pesquisa que considera que a luz, quando conduzida pelos atores, pode se tornar bastante respirada e maleável. Mas antes de tudo isso, vem a busca por uma atuação sensível e o desenvolvimento de uma visão ampla, sem ideais pré-concebidas que venham a frente de uma relação pulsante e sincera com o outro, o público. (Na revista Abate 2 é possível saber mais sobre o trabalho do grupo a partir do artigo feito por Alex Araújo). ​ Nós estamos na cidade de Guarulhos, nossa sede fica no Teatro Adamastor Pimentas, localizado dentro do campus EFLCH da Universidade Federal de São Paulo. E nosso coletivo acredita na potência da região como um espaço propício para a criação e na importância de ter nele um teatro vivo e ativo, que possa ser construído em conjunto com a população local. G.E.P.A. O Grupo de Estudos e Práticas Artísticas da Cia do Caminho Velho é um núcleo de pesquisa e extensão teatral da Unifesp, que tem como suas principais ações a realização de Cursos de iniciação teatral, pesquisa avançada, e cursos específicos nas áreas de dramaturgia, cenografia, etc.; Além de organizar: Aberturas de Ensaios; Supervisão Artística em Cursos Regulares da Unifesp; Apresentações de peças teatrais; e Eventos voltados as artes. O propósito do G.E.P.A é contribuir para a expansão/propagação do horizonte cultural da comunidade como um todo, e extensão das pesquisas voltadas as artes criadas na Unifesp para a sociedade (Clique em imagen para ver) Imagem1 Imagem2Imagem3.

https://ciadocaminhovelho.wixsite.com/ciadocaminhovelho

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Coletivo 308

Guarulhos

 

http://coletivo308.blogspot.com/

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Coletivo África Mãe do Leão Sistema de Som

Guarulhos

É uma equipe de som independente existente há 10 anos, na cidade de São Paulo, suas bases fundadoras são Poor e Professor Dan, seletores. AML se formou da necessidade de construir e contar sua própria história por meio da música reggae. A equipe tem foco em três áreas de atuação: a promoção de eventos reggae sound system; atividade de formação por meio de oficina; e rodas de conversa. O start na trajetória de promoção de eventos foi dado, em 2007, com a festa do Homem Pobre. Atualmente, o destaque é dado para o evento mensal Operando o Sistema, que ocorre há 5 anos. Em meio a outros trabalhos com reggae sound system têm-se a evidenciar: Terremoto evento que já teve a presença de diferentes artistas de peso no reggae internacional como Dub Judah (2015/2016), King Earthquake (2016), King Alpha (2016/2017), Vivian Jones (2016), Aba Shanti (2017); participações em Viradas Culturais da cidade de São Paulo (2011, 2013 e 2017); no Mês de Cultura Independente quando AML amplificou as vozes de duas estrelas originalmente jamaicanas – Johnny Osbourne (2013) e U-Brown (2014). Nos trabalhos com parcerias internacionais apresentamos a #PRETO com Kebra Ethiopia (África do Sul). A via de perspectiva à contribuição social do trabalho de AML está pautada na oficina Por dentro do sistema que já teve dois eixos de trabalho: um com atividades por unidades da Fundação Casa, quando o reggae é apresentado aos adolescentes a partir de uma sessão que foca no conteúdo social e histórico de suas letras; e a oficina de construção de caixas de som para reggae sound system, momento no qual a intenção é compartilhar conhecimento técnico sobre sistema de som e o ofício da marcenaria, esse projeto já apoio do Programa VAI (2013), do Edital Cultural Linguagem: Reggae (2018), ambos da Secretaria Municipal de Cultural de São Paulo, e MASP na programação A mão do povo brasileiro (2016). Para além das atividades mencionadas a equipe também realiza, em parceria com outros coletivos, rodas de conversa e palestras sobre temas que tem impacto direto na vida da população afrodescendente, e que são fechadas com uma grande sessão do AML. As recentes parcerias para essa atividade foram feitas com a Terça Afro (2015-2016), Kebra Ethiopia com a #PRETO (2016), Coletivo Autônomo de Francisco Morato (2016), Quilombaque (2017).

https://pt-br.facebook.com/AFRICAMAEDOLEAOSS

https://www.facebook.com/events/531135343734749 (Trabalhos recente entre as equipes/AML e Kebra Ethiopia)

http://maspinscricoes.org.br/Oficinas/detalhes/82 Por dentro do sistema (Masp)

http://www.obeijo.com.br/eventos/sessao-gratuita-de-soundsystem-no-vao-livre-do-masp-12772920 Encerramento das atividades no Masp

https://www.evensi.com/sessao-gratuita-de-soundsystem-com-o-coletivo-africa-mae-do/194600377 Encerramento das atividades no Masp

http://oglobo.globo.com/cultura/digitaldubs-faz-dez-anos-comemora-crescimento-dos-sound-systems-no-brasil-2834058 (Reportagem onde AML parece como uma das principais equipes de som de São Paulo)

http://groovinmood.com/colunas/mapa-sound-system-brasil/mapa-sound-system-brasil-africa-mae-leao-sp-sp/

https://musicnonstop.uol.com.br/paredoes-de-caixas-de-som-celebram-dia-do-reggae-no-centrao-de-sp/ (matéria sobre o Dia Municipal do Reggae)

https://docs.google.com/document/d/1wgCdedI8tKrWQzt1lK_fOZe2_qitLgvjnkdAB9jjm_g/edit?pli=1 (projeto VAI/2013-Por dentro do sistema)

https://docs.google.com/file/d/0B05i6L_Eild9SkV1V1pVUHc5UDg/edit?pref=2&pli=1 (projeto VAI/2012-OcupaSound/Layla Arruda, proponente)

https://www.youtube.com/watch?v=QaFnNKsB8Yk

https://www.youtube.com/watch?v=O-QM1wfLZcY

https://www.youtube.com/watch?v=wzk53EtGPQ0

https://www.youtube.com/watch?v=kG1pvAJcbXE

https://www.youtube.com/watch?v=KVi2bdcwUL4

http://www.reggaepeloreggae.com/tag/africa-mae-do-leao/

http://www.radiolaurbana.com.br/africa-mae-do-leao-15-11-sp/

http://groovinmood.com/colunas/mapa-sound-system-brasil/mapa-sound-system-brasil-africa-mae-leao-sp-sp/

http://www.mepoenaboa.com.br/1428185484142052/hole-club/tatenutunes-roots-man-party-africa-mae-do-leao-sistema-de-som http://spcultura.prefeitura.sp.gov.br/evento/6633/ http://www.culturaindependente.org/MCI2014.pdf http://www.fabricasdecultura.org.br/fabrica/brasilandia/programacao-cultural/kebra-ethiopia-sounds

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Coletivo Sem Título

Guarulhos

Formado por pesquisadores de diversas áreas, o "Coletivo Sem Título, s.d" é um núcleo de investigação e produção em arte contemporânea. O grupo realiza ações diversas com o objetivo de ampliar as possibilidades de diálogo entre público, pesquisadores e artistas.

 

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

GVEPP - Grupo de Visitas, Estudo e Pesquisa em Patrimônio

Guarulhos

Atividades serão retomadas em abril de 2019. Sob orientação da Prof.ª Dr.ª Lucília Santos Siqueira (Dep. de História) desenvolve, desde 2015, atividades relacionadas com a área de Patrimônio. O grupo trabalha com duas vertentes: as visitas organizadas a bens culturais e órgãos oficiais de patrimônio, sob orientação da Prof.ª ou de algum grupo/indivíduo especialista, e reuniões de estudo e debate que refletem sobre patrimônio nos mais diversos âmbitos. Ressaltamos que todas as nossas atividades são abertas para o público e têm emissão de certificados.

 

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Intervalo no Teatro

Guarulhos

O objetivo é - associando pesquisa e extensão - investigar as práticas performáticas da região dos Pimentas (inclusive a Universidade) por meio de sua exibição no palco de Teatro Adamastor Pimentas nos intervalos entre aulas.

 

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

LAPES (Laboratório de Práticas de Escrita)

Guarulhos

Laboratório coordenado pela professora Paloma Vidal, para interessados em praticar a escrita, que desenvolve atividades como oficinas de escritas, encontros literários, rodas de leitura, entre outros.

 

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

NUCCA – Núcleo de Cultura, Corpo e Arte

Guarulhos

As iniciativas são movidas pelo seguinte desenho: através de parcerias com coletivos artísticos urbanos, promover, a partir do NUCCA, um espaço de criações e investigações artísticas em dança e artes do corpo. Através do NUCCA desenvolvemos atividades de formação, de pesquisa e a noção de extensão toma sua forma mais completa. Processos de criação (listados no site pessoal: http://fernandamirandacru.wixsite.com/fernandacruz).

http://nuccaunifesp.wixsite.com/nucca

http://fernandamirandacru.wixsite.com/fernandacruz/nucca

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

O Pimenteiro

Guarulhos

Periódico produzido por alunos de Letras, que tem por objetivo divulgar atividades culturais de São Paulo e Guarulhos e também incentivar a escrita.

https://jornalpimenteiro.weebly.com

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Ocupação Latina

Guarulhos

A Ocupação Latina são vários pequenos eventos como feira latina e oficinas com a temática da América Latina.

https://web.facebook.com/ocupacaolatina/

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Oficina de Fanzine e Web Documentário

Guarulhos

Os trabalhos são voltados para a questão social, cultural, educacional, política e artística, no qual os participantes das oficinas tenham uma maior reflexão do meio aonde estão inseridos e de suas potencialidades enquanto indivíduos ou coletivos. Resumindo, a arte enquanto agente transformador.

 

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Oficina de Fotografia

Guarulhos

Os trabalhos são voltados para a questão social, cultural, educacional, política e artística, no qual os participantes das oficinas tenham uma maior reflexão do meio aonde estão inseridos e de suas potencialidades enquanto indivíduos ou coletivos. Resumindo, a arte enquanto agente transformador.

 

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Oficina de Graffiti

Guarulhos

Os trabalhos são voltados para a questão social, cultural, educacional, política e artística, no qual os participantes das oficinas tenham uma maior reflexão do meio aonde estão inseridos e de suas potencialidades enquanto indivíduos ou coletivos. Resumindo, a arte enquanto agente transformador.

 

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Oficina de Storyboard

Guarulhos

Os trabalhos são voltados para a questão social, cultural, educacional, política e artística, no qual os participantes das oficinas tenham uma maior reflexão do meio aonde estão inseridos e de suas potencialidades enquanto indivíduos ou coletivos. Resumindo, a arte enquanto agente transformador.

 

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Olhares em Movimento

Guarulhos

Oicina de documentário elaborada e executada por Andre Okuma.

https://www.youtube.com/watch?v=U9d0IMKSKwQ

http://andreokuma.wixsite.com/portfolio

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Pimentas em cantadas

Guarulhos

Programa Pimentas em cantadas: Grupo de canto coletivo semanal, reúne mensalmente estudantes e pessoas da comunidade para cantar músicas populares. É regido pela musicista Myrian Portes. Acontece no Teatro Adamastor PImentas , entre meio dia e 13 e 30. O Pimentas em cantadas quinzenalmente realiza o Encantamento ameríndio na Casa de Saúde dos índios

 

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Visurb

Guarulhos

O grupo, criado em 2007, tem como objetivo mais geral analisar questões referentes ao uso da imagem na pesquisa em Antropologia. Como objetivo mais específico nossa proposta é lidar com questões na fronteira entre a antropologia visual e a antropologia urbana. A construção da sociabilidade urbana, as práticas culturais na metrópole, a participação de grupos de jovens nessas práticas. A pesquisa com imagens e sons figura nessa proposta como grande aliada para perceber o movimento próprio a cultura. Não é apenas método, mas articulador de questões teóricas. Nossa prática se alicerça em discussões e produções de fotografias, filmes e textos, elaboração e discussão dos projetos individuais de pesquisa e realização de projetos coletivos como o projeto de extensão ”Pimentas nos Olhos “ realizado desde 2009 com oficinas fotográficas. Realizamos também no âmbito da extensão universitária exposições fotográficas, mostras de filmes e debates e intervenções culturais na cidade com imagens. Maiores informações: http://visurb-unifesp.wixsite.com/visurb-unifesp

http://visurb-unifesp.wixsite.com/visurb-unifesp

Contato:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.