Uso de células tronco, método de engenharia tecidual, uso de tecidos dentais e substituto biológico do dente

O uso de células tronco de uma espécie animal para obtenção de substituto biológico de dente, na sua totalidade ou em partes, a ser implantado em organismo da mesma linhagem animal, sendo que ditas células tronco podem ser células adultas ou embrionárias.

A presente invenção tem ainda por objeto um método de engenharia tecidual para cultivo de células capazes de formar tecido dental para obtenção de substituto biológico do dente. Estes tecidos dentais podem ser utilizados para o tratamento de pessoas que sofrem de perda, falha ou falta desses tecidos e ao uso cosmético destes tecidos para alterar morfologicamente a dentição do paciente, por exemplo, o paciente pode desejar ou necessitar uma dentição maior ou menor, devido a qualquer razão estética.

Inventores: SILVIO EDUARDO DUAILIBI1 / MÔNICA TALARICO DUAILIBI1 / PAMELA C. YELICK2 / JOSEPH P. VACANTI2

1Universidade Federal de São Paulo, Campus São Jose dos Campos

2Forsyth Institute – Massachusetts General Hospital

Depósito 2004

PI0402659-4

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse