Histórico

O Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), originalmente criado pela Portaria 662/2002, como Comissão de Marketing Institucional/Núcleo de Propriedade Intelectual da UNIFESP é um órgão vinculado à Reitoria.

As atividades de proteção intelectual às descobertas científicas e a regularização de patentes, proteção de direitos autorais e softwares existem na universidade desde 2000.

A partir da lei de inovação tecnológica (Lei 10.973 de 02/12/2004), esse serviço foi reorganizado e passou a denominar-se NIT tendo como função principal zelar pela manutenção da política institucional de propriedade intelectual e transferência de tecnologia, no que diz respeito ao estímulo à proteção dos direitos dos pesquisadores em suas criações, licenciamentos, inovações e outras formas de transferência de tecnologia.

No momento atual, a direção do NIT está envolvida na elaboração do Regimento Interno, o qual determinará processos internos e diretrizes para a atuação do Conselho Administrativo e do Conselho Técnico-Científico.

A nova diretoria que assumiu o NIT em janeiro/2015 tem realizado uma reflexão intensa sobre as fragilidades e possibilidades de novas formas de atuação e consolidação frente ao contexto recente do Sistema Nacional de Inovação brasileiro e seus desafios atuais, além de buscar um maior envolvimento de todos os campus da universidade.

Frente às exigências da nova Lei de Inovação (Lei 13.243 de 2016) o NIT-Unifesp lidera Comissão designada para discutir e elaborar a política de inovação da universidade.

 

 

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse