Terça, 11 Outubro 2022 11:31

Tem início o evento Diálogos da Cultura Oceânica

Encontro é organizado pela Unifesp, Unesco e Prefeitura de Santos e reúne pesquisadores(as) nacionais e internacionais

Por José Luiz Guerra

“Diálogos da Cultura Oceânica” reúne pesquisadores(as) nacionais e internacionais na cidade de Santos
Diálogos da Cultura Oceânica”reúne pesquisadores(as) nacionais e internacionais na cidade de Santos

Teve início na manhã de ontem, dia 10 de outubro, o Diálogos da Cultura Oceânica, evento internacional, organizado pela Unifesp (por meio do Projeto Maré da Ciência), Unesco e Prefeitura de Santos, que tem como objetivos promover debates e sensibilizar a comunidade acerca da Cultura Oceânica, a partir da temática Mudança que precisamos para o oceano que queremos.

Participaram da mesa de abertura a vice-reitora no exercício da Reitoria, Raiane Assumpção, o prefeito de Santos, Rogério Santos, o secretário de Pesquisa do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Marcelo Morales, os(as) secretários(as) municipais de Direitos Humanos, Renata Bravo, Meio Ambiente, Marcos Liborio, e Educação, Cristina Barletta, a gerente de Programas Socioeducativos do Sesc, Denise Baena, o gerente de Comunicação e Relacionamento Institucional, Omar Rodriguez, a coordenadora do programa de cultura oceânica da Comissão Oceanográfica Intergovernamental (COI) da Unesco, Francesca Santoro, e o diretor de Ciências Naturais da Unesco, Glauco Kimura.

Evento reuniu pesquisadores(as) nacionais e internacionais para discutir a cultura oceânica (Foto: José Luiz Guerra)
Evento reuniu pesquisadores(as) nacionais e internacionais para discutir a cultura oceânica

Abrindo o evento, Francesca Santoro agradeceu pela oportunidade de participar do evento e lembrou que o Diálogos da Cultura Oceânica ocorre no contexto da Década do Oceano da ONU, reforçando que a promoção do diálogo internacional e interdisciplinar na área oceânica pode ajudar a cumprir as metas mais importantes da década e mudar a relação das pessoas com o oceano. Santoro indicou também a importância do evento ser realizado na cidade de Santos, a primeira do país a promulgar uma lei em prol da cultura oceânica e a inserir nas grades curriculares o ensino sobre os oceanos.

Omar Rodriguez agradeceu pela oportunidade de participar do encontro e, em especial, ao docente do Instituto do Mar (Imar/Unifesp) - Campus Baixada Santista e um dos coordenadores do Projeto Maré de Ciência, Ronaldo Christofoletti. Rodriguez explicou que 25% dos recursos da Fundação Boticário são voltadas para ações de proteção aos oceanos e que a instituição idealizou e coordena o Conexão Oceano, edital de comunicação ambiental voltado para a área. Denise Baena disse ser uma alegria e um aprendizado poder participar do evento e enalteceu a parceria com a Unifesp. Falou também a respeito das atividades relativas aos oceanos desenvolvidas pela instituição nas unidades localizadas no litoral – Santos e Bertioga. Denise destacou que é importante sensibilizar e engajar empresas e autoridades acerca da grande relevância da educação ambiental para o futuro do planeta. Já o secretário de pesquisa do MCTI elogiou a iniciativa da Prefeitura de Santos em promulgar uma lei incentivando a cultura oceânica na cidade e destacou a parceria com Christofoletti. Moralez destacou que o ministério destinou R$ 175 milhões às ações de pesquisas na área de cultura oceânica.

A vice-reitora em exercício da Reitoria, Raiane Assumpção, participou da cerimônia de abertura (Foto: José Luiz Guerra)
A vice-reitora em exercício da Reitoria, Raiane Assumpção, participou da cerimônia de abertura

Raiane Assumpção felicitou os(as) organizadores(as) do evento e reconheceu a importância dos(as) docentes e pesquisadores(as) envolvidos no processo de organização dos temas discutidos, reforçando a importância das discussões sobre os oceanos e, consequentemente, do modo de vida das cidades litorâneas. “O conhecimento é produzido de acordo com as demandas atuais da sociedade”, comentou. A vice-reitora no exercício da Reitoria lembrou ainda que o Campus Baixada Santista é o primeiro da expansão da Unifesp a ser inaugurado e colocou a Universidade à disposição para o desenvolvimento de ações futuras.

Prefeito de Santos, Rogério Santos, durante a abertura do evento (Foto: José Luiz Guerra)
Prefeito de Santos, Rogério Santos, durante a abertura do evento

O prefeito de Santos ratificou a importância do evento, celebrou a possibilidade de dialogar com diferentes agentes que atuam na pesquisa dos oceanos e agradeceu a todos, em especial  pela parceria com o professor Ronaldo Christofoletti e o diretor acadêmico do Campus Baixada Santista, Odair Aguiar. Rogério Santos lembrou que, além das questões que envolvem a proteção da biodiversidade marinha, foi a partir do oceano que o Brasil “começou” e por meio dele que entram e saem boa parte das exportações. O gestor do município pontuou também que Santos é a primeira cidade do país a promulgar uma lei de incentivo à cultura oceânica.

Encerrando a cerimônia de abertura, o diretor de Ciências Naturais da Unesco, Glauco Kimura, parabenizou a organização do evento, reforçou a importância de se discutir a proteção dos oceanos desde o ensino básico e desejou uma ótima semana de trabalho.

Ronaldo Christofoletti abrindo mesa de discussão sobre cultura oceânica (Foto: José Luiz Guerra)
Ronaldo Christofoletti abrindo mesa de discussão sobre cultura oceânica

“Está mais do que claro, pelos dados científicos e pelo conhecimento, que nós temos que mudar o comportamento da sociedade atual, ou não teremos um futuro sustentável”, comentou Ronaldo Christofoletti, que também coordena a comissão organizadora do evento, no início de uma mesa de discussão. Ele agradeceu a presença e o apoio de todos(as) os(as) participantes nacionais e internacionais e convidou-os(as) para dialogar ao longo de toda a semana a respeito da cultura oceânica e do que é necessário ser feito para protegê-los. Participaram da mesa de debates a presidente da National Marine Educators Association, Meghan Marrero, a coordenadora do Programa Escola Azul, ligado ao Ministério da Economia e Mar de Portugal, Raquel Costa, e o embaixador da All-Atlantic Ocean Youth, Othman Dekkaki.

O evento se estenderá ao longo de toda a semana. Mais informações na página do Diálogos da Cultura Oceânica.

Fotos: José Luiz Guerra

 

Lido 898 vezes Última modificação em Quinta, 20 Outubro 2022 10:27

Mídia