Sexta, 20 Outubro 2017 13:51

Unifesp promove diálogo sobre civilizações e culturas

Durante o encontro, o professor Sergio Tufik foi homenageado pelo seu pioneirismo na divulgação da cultura árabe no Brasil

Por Daniel Patini

DialogoCivilizacoes PORTAL 2
Da esq. p/ a dir.: Anis Nacrour, Olgária Matos, Denise Milan e Sergio Tufik

A discussão sobre o encontro de culturas e a possibilidade de diálogo entre as civilizações foram temas de um debate realizado na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) no dia 18 de outubro. O evento foi organizado pela Aliança Francesa, Câmara do Comércio Árabe Brasileira (CCAB), Instituto da Cultura Árabe (ICArabe) e pela universidade.

A mediação ficou por conta das organizadoras do projeto Diálogo das Civilizações, a professora titular da Unifesp Olgária Matos e a artista multidisciplinar Denise Milan. O projeto inclui um livro lançado pela Editora Unifesp e uma série de encontros que vêm ocorrendo desde 2013. Estiveram presentes a reitora da Unifesp, Soraya Smaili, o diplomata e atual primeiro-conselheiro da Delegação da União Europeia na Síria, Anis Nacrour, o vice-presidente de Relações Internacionais da CCAB, o Embaixador Osmar Chohfi, a professora titular e ex-presidente da SBPC Helena Nader, dentre outros representantes do meio acadêmico.

A professora Olgária falou sobre a função do diálogo como diplomacia, lembrando que muitos conflitos aconteceram e ainda acontecem devido a fracassos diplomáticos e alertou sobre o declínio da diplomacia no mundo contemporâneo. "A violência é anti-intelectual. Acredito que a palavra possa ser uma barreira contra ela", pontuou.

Para Denise, o encontro é fruto do esforço de pessoas que acreditam e que ainda têm esperança. "E o SAIL Program [Study Abroad in Lebanon] é a expressão disso. Ele é uma das possibilidades de se sobreviver à violência e a ações que fogem do nosso controle”, explicou. O programa viabilizou um acordo de cooperação com a Universidade de Notre Dame e o intercâmbio de cinco estudantes de pós-graduação da Unifesp. Ele possibilitará também o recebimento de estudantes na Unifesp.

DialogoCivilizacoes PORTAL 4

Anis Nacrour fez um breve resumo de sua carreira diplomática e da atual situação da Síria. Diante de um cenário de guerras e terrorismo, ele disse que os jovens diplomatas devem ter esperança, mas também devem ser realistas. “Atualmente, ainda não conseguimos ver uma luz no fim do túnel, mas você tem que criar sua própria luz e se engajar em algo que possa dar frutos no futuro”, salientou.

Ao final do encontro, a reitora agradeceu a presença do diplomata. “É um prazer muito grande poder ouvi-lo falar sobre geopolítica”, disse Soraya ao homenageá-lo pela sua atuação (foto acima). Ela complementou dizendo que o Brasil é o exemplo do diálogo intercultural vivo. “Nós executamos a multiculturalidade e o diálogo todos os dias, muitas vezes sem ter a consciência disso, a despeito das nossas questões e desafios cotidianos”.

Homenagem ao professor SergioTufik

O médico e professor titular da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) Sergio Tufik foi convidado a falar de sua trajetória e da forma como promoveu a cultura, por meio de programas na TV, produção de filmes e a criação de um centro cultural ao mesmo tempo em que atuava na ciência e desenvolvia sua principal atividade na pesquisa, nos estudos da Psicobiologia e Medicina do Sono no Brasil.

Na ocasião, ele foi homenageado pelo seu pioneirismo na divulgação da cultura árabe no Brasil, o que influenciou gerações e inspirou a interculturalidade e o quanto isso foi sempre bem recebido em nosso país.

DialogoCivilizacoes PORTAL 3

"Quero agradecer ao professor Tufik por tudo aquilo que ele fez no Brasil, não somente pela sua carreira na área da Medicina do Sono, mas também pela sua contribuição para a cultura árabe no país", disse o professor Mohamed Habib, ao entregar uma das homenagens (foto acima). 

Em seguida, a Reitoria prestou homenagem ao professor Tufik, salientando sua carreira científica, política e cultural, enaltecendo-o como “a expressão viva do que é ser um intelectual e cientista engajado. Ele é um expoente nacional e internacional da ciência, da saúde e da universidade pública. É um orgulho tê-lo como colega e amigo”, enfatizou a reitora ao entregar a homenagem da Unifesp.

DialogoCivilizacoes PORTAL 1
Público atendo ao debate sobre civilizações e culturas

 

Lido 4313 vezes Última modificação em Quarta, 17 Outubro 2018 21:58

Mídia