Quinta, 27 Julho 2017 17:20

Núcleo de Proteção Radiológica da Unifesp é reformulado

Grupo será responsável por garantir condições seguras na utilização das radiações ionizantes nas atividades de assistência e pesquisa

Por José Luiz Guerra

Foi publicada, em 27 de julho, a portaria nº 2829, que cria uma comissão que será responsável pela reformulação do Núcleo de Proteção Radiológica da Universidade Federal de São Paulo (NPR/Unifesp). O grupo será responsável por garantir condições seguras na utilização das radiações ionizantes nas atividades de assistência e pesquisa.

A comissão será formada por servidores do Departamento de Gestão Ambiental (DGA/Unifesp), do Hospital Universitário, além dos campi Baixada Santista, Diadema, São José dos Campus e São Paulo, uma vez que todos trabalham de forma direta ou indireta com a radiação.

Criado em julho de 1996, atendendo à solicitação da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), o NPR/Unifesp precisou passar por uma reformulação, devido à necessidade de atender aos demais campi da universidade que também utilizam radiação em suas atividades. Por esse motivo, no ano de 2015, um grupo de servidores reuniu-se para reativação e readequação do núcleo.

“A reestruturação do NPR/Unifesp foi conduzida pela Chefia de Gabinete, pela Pró-Reitoria de Administração, pelos departamentos de Diagnóstico por Imagem (DDI) e Gestão Ambiental (DGA), pela direção do Campus São Paulo e pelos servidores nomeados pela portaria, contando também com a ajuda de outros colaboradores”, explica Júlio Monqueiro, diretor do DGA/Unifesp.

A partir da publicação da portaria, os membros do NPR/Unifesp serão responsáveis por eleger um coordenador dentre os nomeados, atualizar o regimento e elaborar o plano de trabalho do núcleo. O website do órgão também será reformado, e conterá instruções e contatos da equipe.

 

Lido 1261 vezes Última modificação em Segunda, 14 Agosto 2017 11:37

Mídia

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse