Sexta, 03 Julho 2015 13:22

Professora da EPM/Unifesp recebe prêmio internacional por atuação na área da epilepsia

Prêmio é concedido a cada dois anos a profissionais por suas contribuições em pesquisas clínicas e científicas

A professora da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp), Elza Márcia Yacubian, recebeu o prêmio Ambassador for Epilepsy da International League Against Epilepsy (ILEA), que é concedido a cada dois anos a profissionais por suas contribuições em pesquisas clínicas e científicas ou pelos serviços realizados na área.

Elza Márcia Yacubian é livre docente em Neurologia pela Universidade Federal de São Paulo e atualmente é professora do Departamento de Neurologia e Neurocirurgia da EPM/Unifesp, onde atua como chefe da Unidade de Pesquisa e Tratamento das Epilepsias desde 2000. Além disso, ela foi presidente da Academia Latino-Americana de Epilepsia (ALADE) por quatro anos, período em que desenvolveu extenso programa educacional na área de epileptologia em países latino americanos.

A epilepsia é uma das mais doenças neurológicas mais comuns, afetando milhares de brasileiros. O seu custo para a sociedade é quase o mesmo gasto no tratamento do câncer de mama, sendo responsável por muitas mortes todo ano. A doença também impede que os doentes e seus familiares tenham uma vida normal.

Em comunicado, o professor da Universidade de Pávia (Itália) e presidente da ILEA, Emilio Perucca, reconheceu o progresso conquistado no tratamento da epilepsia e o trabalho realizado pela professora Elza, que tem tornado possível um mundo em que as pessoas não são limitadas por essa doença.

 

Lido 7369 vezes Última modificação em Quarta, 14 Outubro 2015 13:50

Mídia