Programa de Voluntários

Estão disponíveis vagas para pesquisa e tratamento em diversas áreas nos campi Baixada Santista e São Paulo


CAMPUS BAIXADA SANTISTA

 

01 - IDOSOS COM DOENÇA DE ALZHEIMER

Até o mês de março de 2015, o Campus Baixada Santista da Unifesp realiza recrutamento de idosos com doença de Alzheimer e cuidadores para estudo de intervenção por meio do Programa Personalizado de Atividades (TAP-Br). Coordenada pela Professora Marcia Novelli, a iniciativa visa propor atividades para os idosos, bem como orientar cuidadores e familiares, e identificar os seus efeitos nas pessoas atendidas.

Os participantes do programa receberão, durante o período de três a quatro meses, oito sessões de atendimento domiciliar gratuito. Para se inscreverem, os idosos devem ter o diagnóstico de doença de Alzheimer ou de alguma outra demência e ter um cuidador familiar que acompanhe os atendimentos e intervenções.

Para mais informações, os interessados devem entrar em contato pelo telefone (13) 99773-6886, das 9h às 16h, ou pelo e-mail mnovelli@uol.com.br.

 

02 - PESQUISA SOBRE CAPACIDADE DE EXERCÍCIO EM ESCOLIOSE IDIOPÁTICA DO ADOLESCENTE

O Campus Baixada Santista da Unifesp dá início a pesquisa sobre capacidade de exercício em escoliose idiopática do adolescente (EIA). Coordenada por Milena Carlos Vidotto, fisioterapeuta e professora da universidade, a iniciativa tem como objetivo avaliar a função pulmonar e a aptidão física de pacientes com EIA. Para isto, o grupo que está à frente do projeto recruta jovens saudáveis (sem escoliose) entre 10 e 18 anos, especialmente com idade entre 14 e 15, preferencialmente do sexo feminino.

Os interessados em participar deste estudo passarão por avaliação e não poderão apresentar alterações posturais importantes, doenças pulmonares ou cardíacas conhecidas. Além disso, é solicitado que os voluntários não pratiquem exercícios regularmente. Na data da avaliação, para os menores de 18 anos, será exigida a presença de um responsável.

"A participação da comunidade é muito importante, pois, além de contribuir com a pesquisa e auxiliar no entendimento de situações ainda obscuras desta doença, as pessoas poderão conhecer a atual condição de função pulmonar", explica Milena Carlos Vidotto.

Para participar do projeto ou para quaisquer esclarecimentos, os interessados devem entrar em contato pelo e-mail gefisio21@yahoo.com.br, ou pelos telefones (11) 9 8282-2304 ou (13) 9 8171-0770.

 

CAMPUS SÃO PAULO

 

01 - DEGUSTAÇÃO DE UM NOVO SUPLEMENTO NUTRICIONAL CASEIRO

O Ambulatório de Distúrbio de Crescimento, da disciplina de Nutrologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp), recruta crianças entre 5 e 10 anos e 11 meses de idade e seus responsáveis para participarem de uma pesquisa de degustação de uma nova suplementação nutricional caseira, desenvolvida no setor.
Não podem participar do estudo crianças obesas ou portadoras de síndromes genéticas e alergias aos componentes da fórmula (corante, amido, óleo e ovo).

Todas as crianças serão avaliadas por uma equipe multiprofissional e poderão continuar o tratamento no ambulatório ou serem encaminhadas para outro setor que melhor preencher o critério para acompanhá-las.

Pais e responsáveis interessados em participar devem entrar em contato com o ambulatório no telefone (11) 5571-9189 ou comparecer pessoalmente à Rua Morcote nº 84, na Vila Clementino (próximo ao metrô Santa Cruz). A triagem e mais informações serão repassadas de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 15h30.

 

02 - TRATAMENTO DE BEXIGA HIPERATIVA EM CRIANÇAS

O Ambulatório de Uro-Pediatria da disciplina de Urologia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) recruta crianças de 5 a 15 anos que perdem urina (bexiga hiperativa). Elas passarão por avaliação do tratamento não farmacológico e farmacológico por meio da eletroestimulação transcutânea, comparando-se com a terapia medicamentosa.

Os atendimentos serão realizados no ambulatório do Centro de Apoio à Criança Portadora de Anomalia Urológica (CACAU), localizado na Rua Desembargador Herotides da Silva Lima, nº 82 – Vila Clementino, São Paulo/SP.

Inscrições pelo telefone: (11) 5587-1490.

 

03 - DOENTES CARDIOVASCULARES E DIABÉTICOS

O Centro de Pesquisa Clínica em Diabetes da Unifesp está recrutando pacientes com doença cardiovascular (doença do coração, derrame cerebral ou amputação de membros inferiores).

Podem participar da pesquisa homens e mulheres com mais de 18 anos que apresentam diagnóstico de Diabetes Tipo 2 em uso de medicação ou apenas em dieta e exercício. Após avaliação clínica e laboratorial, os pacientes serão incluídos no estudo dirigido para avaliação de novas drogas. Os pacientes terão acompanhamento clínico e laboratorial.

Os interessados devem entrar em contato com Ana Campos no telefone 5576-4982 – ramal 1 ou Ligia Fernandes pelo e-mail: ligiafernandes.santos@gmail.com ou procurar o Centro de Pesquisa Clínica em Diabetes da Unifesp, localizado na rua Estado de Israel, 639, 3º andar, todos os dias a das 9h até às 15h.

 

04 - TERAPIAS FAMILIAR OU DE CASAL

A Unidade de Intervenção a Família e Comunidade (UNIFAC) da Escola Paulista de Enfermagem da Unifesp (EPE/Unifesp) está com vagas abertas para atendimento em terapia familiar e de casal.

Além disso, a UNIFAC também oferece grupos terapêuticos voltados a pessoas que perderam seus filhos ou seus pais, viúvos e viúvos homoafetivos, idosos, pessoas vítimas de situações traumáticas e com dificuldades e familiares de dependentes de drogas, de pacientes em cuidados paliativos, de idosos ou de portadores de demências, como Alzheimer, ou de portadores de deficiências intelectuais.

Os interessados devem realizar inscrição pelo e-mail familiaunifesp@gmail.com para agendar uma entrevista inicial. O serviço é gratuito e os atendimentos acontecem na Rua Leandro Dupret, 166 - Vila Clementino, São Paulo/SP.


05 - EXCESSO DE PESO E APNEIA OBSTRUTIVA DO SONO

O Departamento de Psicobiologia da Unifesp está recrutando voluntários para uma pesquisa que visa avaliar a influência da Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono na redução da massa corporal.

O estudo, com duração de quatro meses de acompanhamento nutricional, tem por objetivo a redução do peso corporal e melhora da Apneia Obstrutiva do Sono.

Podem participar do estudo homens com idade entre 25 e 45 anos, com Índice de Massa Corporal (IMC) entre 30 e 40 kg/m², portadores de Apneia Obstrutiva do Sono moderada e grave e que sejam sedentários. Serão excluídos aqueles que sofrem de insônia, Síndrome das pernas inquietas, narcolepsia ou doença renal, os que trabalham em turnos e os que já estejam envolvidos outro tipo de tratamento para a Apneia e para perda de peso.

Os interessados podem entrar em contato com a pesquisadora Camila Melo, pelos telefones (11) 2149-0155, ramal 170 e (11) 97666-3663 (de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h) ou pelos e-mails camila.melo@cepebr.org e cami_maria4@hotmail.com.


06 - TRATAMENTO PARA DEPENDÊNCIA AFETIVA

O Programa de Orientação e Atendimento a Dependentes (Proad/Unifesp) oferece tratamento gratuito de dependentes afetivos nas relações amorosas.

O tratamento está disponível para homens e mulheres, com mais de 18 anos, que:

- Sentem-se dependentes afetivamente;
- Experimentam um sofrimento psicológico importante associado ao modo de se relacionar amorosamente;
- Têm a sensação de aprisionamento e imobilidade no relacionamento;
- O modo de se relacionar amorosamente interfere negativamente em sua vida.

Os interessados deverão se inscrever pelo telefone (11) 5579-1543, das 9h às 17hs. O Proad/Unifesp está localizado na Rua Prof. Ascendino Reis, 763, na Vila Clementino, em São Paulo/SP.


07 - EFEITOS DA MEDITAÇÃO EM MULHERES QUE PRECISAM DE CALMANTES PARA DORMIR

Os Departamentos de Psicobiologia e de Medicina Preventiva da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/UNIFESP) estão desenvolvendo uma pesquisa para verificar os efeitos da meditação do tipo mindfulness (atenção plena) em mulheres que precisam usar medicamentos para dormir, a fim de avaliar a possível diminuição da ansiedade e da melhora do sono.

Podem participar do estudo mulheres adultas (a partir de 18 anos), de nacionalidade brasileira, alfabetizadas e que estejam usando medicamentos como o Zolpidem, Zaleplom e Zopiclone ou tranquilizantes do tipo benzodiazepínicos para dormir nos últimos três meses (90 dias), com freqüência de pelo menos quatro vezes por semana. São exemplos desses tranquilizantes: Diazepam, Clonazepam, Bromazepam, Alprazolam, Flunitrazepam, Flurazepam e Midazolam, entre outros.

As interessadas devem ligar, durante o horário comercial, para o telefone (11) 5549-2500 (falar com Andreza).


08 - TRATAMENTO DE LINFEDEMA EM MEMBRO SUPERIOR PÓS-CIRÚRGICO DE CÂNCER DE MAMA

A disciplina de Mastologia da Unifesp recruta mulheres, com idade mínima de 18 anos, que tenham linfedema decorrente de pós-operatório de câncer de mama unilateral. Elas participarão de um tratamento de linfedema membro superior pós-cirúrgico de câncer de mama por meio do fortalecimento muscular associado à terapia física complexa.

As pacientes devem ter disponibilidade de participar do estudo por oito semanas. Elas não terão nenhum custo durante o período de tratamento.

Não poderão participar do estudo pacientes com câncer de mama bilateral, Grau IV de linfedema, que é a forma mais grave denominada elefantíase, disfunção renal e também mulheres que participaram de algum tratamento que envolveu a redução do linfedema nos últimos três meses do início do tratamento, inflamação aguda, trombose venosa profunda, doença cardíaca, infecções de pele e doença metastática.

Os interessados devem entrar em contato com a pesquisadora Roberta, pelo telefone 11 99303 -7871 ou e-mail roberta_pitta@hotmail.com.

 

09 - ATENÇÃO E TABAGISMO

O Departamento de Psicobiologia da EPM/Unifesp recruta voluntários, com idade entre 18 a 35 anos, que sejam:

- saudáveis e não fumantes;
- fumantes há, pelo menos, cinco anos (consumo de um maço de cigarros por dia no último ano).

Os candidatos passarão por teste de memória, atenção, e da função pulmonar, sem procedimentos invasivos.

Participe preenchendo a triagem no link: http://goo.gl/E3qP91

Os interessados devem entrar em contato com o consultório do Departamento de Psicobiologia pelo telefone (11) 2149-0162 e mencionar a pesquisa "Atenção, escolaridade e cigarro", ou escrever para tabagismo.unifesp@gmail.com.

 

10 - AVALIAÇÃO PSICOMOTORA DE CRIANÇAS COM SÍNDROME DA APNEIA OBSTRUTIVA DO SONO

O Setor de Neuro-Sono da Disciplina de Neurologia da Escola Paulista de Medicina da Unifesp está pesquisando a cognição e psicomotricidade das crianças com distúrbios do sono.

Podem participar da pesquisa meninos e meninas com idade entre 8 e 11 anos, que apresentem distúrbios respiratórios como ronco, agitação durante o sono, e parassonias, como sonambulismo, pesadelos e outros. Os pacientes serão submetidos a uma avaliação cognitiva (teste de inteligência), avaliação psicomotora e análise do sono através da polissonografia.

Os interessados podem entrar em contato com Vanessa Ruotolo Ferreira pelo e-mail: vanessaruotolo@gmail.com ou deverão procurar o Ambulatório de Neuro-Sono da Disciplina de Neurologia da Unifesp, situado na Rua Pedro de Toledo, 650, Balcão 5, somente às quartas-feiras a partir das 13h.

 

11 - EXPANSÃO CIRÚRGICA DA MAXILA

O Departamento de Cirurgia Plástica da Unifesp - Setor de Cirurgia Craniomaxilofacial recruta voluntários para avaliar os resultados da expansão cirúrgica da maxila. Podem participar voluntários adultos (entre 18 e 40 anos) de ambos os gêneros, alfabetizado (escolaridade mínima de oito anos) que apresentem mordida cruzada (quando o maxilar superior é mais estreito que o maxilar inferior) e precisem de correção cirúrgica. Os candidatos não podem ser portadores de nenhuma síndrome.

Os indivíduos selecionados precisam ter disponibilidade para comparecer ao Ambulatório de Cirurgia Plástica para realização dos exames e avaliações da pesquisa nos dias previamente agendados. Os participantes não irão receber nenhum tipo de ressarcimento por participarem da pesquisa, no entanto, não terá custos com a cirurgia e com tratamento ortodôntico (aparelhos fixos e expansor).

Os interessados podem entrar em contato com Gabriela Pereira pelo telefone (11) 5561-6056 ou (11) 99218-0019 pelo e-mail gaby.prado@superig.com.br, colocando no assunto a palavra “VOLUNTÁRIO”.

 

12 - SUPLEMENTAÇÃO DE CARBOIDRATO E GLUTAMINA E EXERCÍCIO EM ALTITUDE

O departamento de Psicobiologia da Unifesp recruta homens, com idade entre 18 e 30 anos, para avaliar os efeitos da suplementação de carboidrato e glutamina sobre parâmetros imune e inflamatório durante e após exercício em altitude simulada.

Os candidatos devem ser saudáveis, não podem ter doenças crônicas, não podem ser fumantes, nem consumir nenhum tipo de medicação e não ter se exposto a altitude nos últimos seis meses.

Os voluntários passarão por seis testes: eletrocardiograma com cardiologista, ergoespirometria, e outros quatro testes que consistirão em repouso, exercícios físicos em esteira e recuperação. Eles serão realizados no Centro de Estudos em Psicobiologia e Exercício (CEPE/Unifesp). Haverá coleta de sangue, lactato e saliva.

Os interessados podem ligar para o telefone (11) 99780-9804 ou enviar um e-mail para alinecaris@hotmail.com.

 

13 - TRATAMENTO PARA PROBLEMAS DE ATENÇÃO E OU HIPERATIVIDADE EM CRIANÇAS

O Departamento de Psicobiologia da Unifesp recruta crianças do sexo feminino e masculino, com idade entre 7 e 14 anos, com suspeita ou já diagnosticadas com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade, para participar de um programa que visa avaliar os possíveis benefícios do exercício físico e do consumo dos ômegas sobre o comportamento e a atenção. Não haverá nenhum custo ao participante.

Inscrições: pesquisaTDAH@gmail.com / (11) 5549-2500, das 7h30 às 18h30.

 

14 - SÍNDROME DAS PERNAS INQUIETAS E TRATAMENTO COM EXERCÍCIOS DE ALONGAMENTO

O Setor de Neuro-Sono da Disciplina de Neurologia da Escola Paulista de Medicina da Unifesp está pesquisando o efeito dos exercícios físicos em pacientes com Síndrome das Pernas Inquietas (SPI) como forma de tratamento não farmacológico para redução dos sintomas.

Podem participar da pesquisa homens e mulheres com idade entre 45 e 65 anos com suspeita de SPI e que não pratiquem exercícios físicos regularmente. Serão excluídos da seleção os portadores de fraturas, limitações articulares; como bursite, tendinite, luxação, artrite, artrose e outros problemas de ossos, tendões e músculos. Os pacientes serão divididos em 2 grupos com diferentes tipos de exercícios para verificar seus efeitos. Após o diagnóstico clínico, os pacientes serão incluídos no estudo.

Os interessados podem entrar em contato com Marcelo Casemiro pelo e-mail: casemiro.marcelo@gmail.com ou deverão procurar o Ambulatório de Neuro-Sono da Disciplina de Neurologia da Unifesp, situado à rua Pedro de Toledo, 650, Balcão 5, somente às quartas-feiras a partir das 13h.

 

15 - GASTO ENERGÉTICO DE OBESOS COM SÍNDROME DE APNEIA OBSTRUTIVA DO SONO

O Departamento de Psicobiologia da Unifesp está recrutando voluntários para participarem de um estudo que tem como objetivo avaliar os efeitos de dois tipos de dietas no gasto energético de homens obesos e que possuem Síndrome de Apneia Obstrutiva do Sono.

Podem participar do projeto de pesquisa homens, com idade entre 30 e 50 anos, obesos que não fumam, não utilizam drogas e não tenham problemas renais, de coração e de tiroide. Os voluntários também não podem trabalhar à noite e nem em turnos, além de não terem outros distúrbios de sono – como insônia, por exemplo.

Durante a pesquisa serão realizadas consultas nutricionais, exames de sono, sangue e gasto energético. Ao final do estudo, esses exames serão passados aos voluntários.

Os interessados devem entrar em contato com Mariana Del Re pelos telefones: (11) 98331-1547 ou (11) 2149-0155, ramal 170 (para recados) e ainda pelo e-mail: mariana@cepebr.org.

 

16 - EFEITO DA LIDOCAÍNA VENOSA NO ALÍVIO DE DORES DA FIBROMIALGIA

O Setor de Dor da Disciplina de Anestesiologia, Dor e Terapia Intensiva da EPM/ Unifesp está recrutando voluntários para uma pesquisa que visa avaliar o efeito da lidocaína venosa na dor e nas concentrações plasmáticas em pacientes com Fibromialgia.

Serão recrutados voluntários de ambos os sexos com idade entre 18 e 60 anos que tenham dor generalizada ou diagnóstico de Fibromialgia. Os selecionados passarão por avaliação médica inicial, exames laboratoriais e serão acompanhados durante um período de oito semanas durante as quais receberão medicamentos via oral. Uma vez por semana durante quatro semanas consecutivas receberão medicação por via endovenosa (lidocaína ou solução salina), realizando coleta de sangue na 1ª, 2ª, 5ª e 8ª semanas. Os voluntários serão avaliados clinicamente em todas as consultas e responderão a questionários relacionados com a fibromialgia e qualidade de vida.

Não poderão participar do estudo os portadores de diabetes, doenças na tireoide, fígado, neurológicas, psiquiátricas, reumatológicas, neuromusculares, e outras síndromes dolorosas crônicas, arritmias, infarto do miocárdio, bloqueio de ramo ou átrio ventricular, insuficiência cardíaca, glaucoma de ângulo agudo, miastenia gravis e gravidas.

Também não serão aceitos os pacientes com hipersensibilidade aos medicamentos utilizados no estudo (lidocaina, amitriptilina, tramadol e paracetamol) além dos que usam cisaprida ou inibidores da monoaminoxidase. Os indivíduos que fazem uso de medicamentos de ação central, como antidepressivos, anticonvulsivantes, opioides e neurolépticos, serão aceitos somente se interromperam o tratamento pelo menos um mês antes do inicio do estudo.

Os interessados podem entrar em contato com Ana Laura Giraldes pelo telefone (11) 97320 3801 ou e-mail fibromialgia.unifesp@gmail.com. Estão disponíveis 20 vagas. Os atendimentos acontecem no Ambulatório de dor do Hospital São Paulo da Unifesp, situado à Rua Botucatu, nº 593.

 

17 - IMPACTO DO TREINAMENTO RESISTIDO EM PACIENTES COM ARTRITE REUMATOIDE

A disciplina de Reumatologia da Escola Paulista de Medicina da Unifesp está recrutando voluntários para a participação em uma pesquisa que visa avaliar o impacto do treinamento físico resistido progressivo (para fortalecimento muscular) no tratamento de Artrite Reumatóide.
Podem participar do estudo homens e mulheres com idade entre 18 e 65 anos portadores da doença. Serão excluídos os portadores de Fibromialgia, deformidades articulares ou qualquer outra doença que impeça o indivíduo de realizar exercícios como a musculação, além daqueles que estejam participando de outro tipo de pesquisa como voluntário.

Os pacientes selecionados serão submetidos a uma avaliação clínica realizada por um médico reumatologista e, em seguida, serão avaliados por um terapeuta ocupacional por meio de alguns testes físicos para avaliar a força muscular (com máquinas especificas para cada grupo muscular; membros superiores, inferiores e tronco) e alguns questionários.

Os interessados podem entrar em contato com o pesquisador Felipe Martinelli Lourenzi pelos telefones (11) 99953-5722 (VIVO) e 97687-2659 (CLARO) ou pelo e-mail: fmlourenzi@yahoo.com.br. Estão disponíveis 15 vagas.

 

18 - AVALIAÇÃO DA COMPOSIÇÃO CORPORAL DE HOMENS BRASILEIROS

A disciplina de Reumatologia recruta homens, nascidos no Brasil, com o objetivo de avaliar a taxa de gordura corporal e massa óssea, para traçar um perfil comparativo com estudos americanos.

Os voluntários devem ter mais de 40 anos, devem ser saudáveis, com peso de até 120 kg e altura máxima de 1,90m. Não devem ter doenças conhecidas (com exceção da hipertensão) e nem usar suplementos alimentares para ganho de massa muscular.
Não serão admitidos aqueles que apresentem doenças crônicas, obesidade e que façam uso contínuo de medicamentos (medicamentos para colesterol e anti-hipertensivos são aceitos).

O exame será realizado por densitometria, que emite radiação de baixa intensidade e é indolor. Ele terá duração de aproximadamente 50 minutos e deverá ser agendado previamente.

As inscrições podem ser feitas pelo telefone (11) 98386-5811 ou pelo e-mail: dramarcelaushida@gmail.com. Para mais informações, acesse: www.dexaemhomens.blogspot.com.

 

19 - EFEITOS DO EXERCÍCIO FÍSICO AGUDO EM INDIVÍDUOS AMPUTADOS

O Departamento de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) recruta voluntários com o objetivo de avaliar os efeitos de diferentes intensidades de exercício físico sobre parâmetros inflamatórios, imunológicos e bioquímicos em indivíduos amputados.

Participarão da pesquisa 10 amputados, idade igual ou superior a 18 anos, ter no mínimo um ano de amputaçao, fazer a utilização da cadeira de roda como único método de locomoção e apresentar resultado normal no eletrocardiograma de esforço.

Não poderão participar pessoas com problemas cardiovasculares, diabetes e doenças inflamatórias crônicas ou agudas. Além disso, não serão aceitos pacientes que façam uso de medicamentos para tratamento de dislipidemia. Inscrições: (11) 2149-0155, ramal 170 / 98725-0125, com Eduardo da Silva Alves.

 

20 - INCONTINÊNCIA URINÁRIA EM ADOLESCENTES OBESAS

O Centro de Atendimento e Apoio ao Adolescente (CAAA/Unifesp) recruta adolescentes obesas, com idade entre 10 e 19 anos, que apresentem perda involuntária de urina durante esforço físico.

As candidatas passarão por tratamento com exercícios de fisioterapia para o fortalecimento do assoalho pélvico e atendimento clínico, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida.

Não serão aceitas pacientes com problemas neurológicos ou do trato urinário diagnosticados. Inscrições: (11) 5576-4360, das 8h às 16h.

 

21 - EFEITOS DAS DIFERENTES INTENSIDADES DO EXERCÍCIO FÍSICO REALIZADO EM ALTITUDE SIMULADA SOBRE PARÂMETROS IMUNOLÓGICOS

O Centro de Estudos em Psicobiologia e Exercício (CEPE/Unifesp) recruta voluntários para uma pesquisa que avaliará os efeitos das diferentes intensidades de Exercício Físico realizado na condição de altitude simulada e ao nível do mar.

Podem participar homens, com idade entre 18 e 30 anos, saudáveis e fisicamente ativos. Eles não devem fumar e nem consumir álcool com frequência (mais de três vezes na semana).

O voluntário ganhará eletrocardiograma de esforço e repouso (avaliação cardíaca) e exame ergoespirométrico (condicionamento físico).

Para informações e inscrições, entrar em contato com Samile pelo e-mail samile.unifesp@gmail.com ou telefone 11 96992-3202.

 

22 - EFEITO DO TREINAMENTO MUSCULAR SOBRE O TROFISMO E A FORÇA MUSCULAR

O Departamento de Fisiologia do Exercício da Unifesp está recrutando voluntários para participar da pesquisa intitulada “Efeito do Treinamento Muscular Isométrico, Isotônico ou Isocinético sobre o Trofismo e a Força Muscular”.

Os interessados devem ser homens com idade entre 18 e 35 anos, recreacionalmente ativos e que não possuam histórico de lesão de joelho ou coxa nos últimos cinco anos. Os candidatos não podem ter realizado nenhum treinamento de força muscular nos últimos seis meses.

O objetivo é observar o ganho de força e massa muscular decorrentes de diferentes tipos de treinamento, averiguando a carga, volume e intensidade da contração. Os selecionados passarão por uma série de exercícios de extensão no joelho durante um período de dois meses.

Para se voluntariar, basta entrar em contato pelo telefone (11) 9-9745-5500.

 

23 - MULHERES COM OVÁRIOS POLICÍSTICOS

A disciplina de Endocrinologia Ginecológica do Departamento de Ginecologia da Escola Paulista de Medicina da Unifesp está recrutando voluntárias para uma pesquisa que visa estudar a menstruação em mulheres com cistos nos ovários.

Podem se candidatar às vagas mulheres com até 20 anos de idade com menstruação irregular e suspeita ou diagnóstico de síndrome dos ovários policísticos, que necessitam de tratamento com remédios.

Serão excluídas do estudo as candidatas portadoras de Diabetes, Pressão Alta, doenças na Tireoide, disfunção dos Rins ou Fígado, tumores, trombose (portadoras ou com antecedentes na família). Também não poderão participar da pesquisa as candidatas que tenham desejo imediato de engravidar.

As selecionadas passarão por exame clínico para verificar peso, altura, medidas corporais e pressão, além de ultrassonografia no início do estudo e exames de sangue no início, meio e fim. Estão disponíveis cinco vagas por semana, sempre nas terças-feiras, sendo duas às 8h e mais três às 13h.

As interessadas podem entrar em contato com a pesquisadora Margareth Iwata, através do e-mail megiwata@yahoo.com ou pelo telefone do Ambulatório de Climatério e Endocrinologia Ginecológica (11) 5549-6174.

 

24 - MENINAS COM PUBERDADE PRECOCE

O Setor de Infância e Adolescência, da Disciplina de Endocrinologia Ginecológica do Departamento de Ginecologia da Escola Paulista da Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp), recruta meninas que tenham apresentado aparecimento de mamas e pelos antes dos oito anos de idade, e que tenham o consentimento de seus pais ou responsáveis, para participarem de uma avaliação.

A avaliação será realizada nas segundas-feiras à tarde ou terças-feiras pela manhã, com o objetivo de realizar diagnóstico de puberdade precoce. Confirmado o diagnóstico, o tratamento será oferecido gratuitamente no ambulatório, localizado à Rua Embaú, 66, na Vila Clementino, em São Paulo/SP.

Os pais ou responsáveis interessados devem entrar em contato, para agendar a triagem, com Dra. Eline no número (11) 99669-5699 ou com Dra. Felisbela Holanda no (11) 98422-6361.

 

25 - TRATAMENTO CONTRA CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO

A disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço está recrutando voluntários para participar de uma pesquisa sobre a combinação de raios laser e quimioterapia para tratamento do câncer de cabeça e pescoço. Podem participar do estudo homens e mulheres com idade entre 21 e 70 anos, portadores de cânceres de cabeça e pescoço que voltaram a crescer mesmo depois de outros tratamentos como cirurgia, radioterapia e/ou quimioterapia.

Os voluntários passarão por uma avaliação preliminar com os médicos responsáveis pela pesquisa e os candidatos selecionados farão exames pré-operatórios e serão internados no Hospital São Paulo para serem submetidos a uma sessão de quimioterapia e laser terapia sob anestesia geral no centro cirúrgico (tempo do procedimento: 1 hora). O tratamento visa melhorar as condições locais do câncer e a qualidade de vida.

Os interessados podem entrar em contato nos telefones (11) 98752-4598 ou (11) 98729-7268, ou no endereço eletrônico mpaiva@unifesp.br ou j.ribeiro@unifesp.br. Estão disponíveis 30 vagas.

 

Pró-Reitorias

Unidades universitárias

Campi

Links de interesse