Segunda, 05 Setembro 2022 15:07

Vice-reitora da Unifesp participa da solenidade de posse de Djamila Ribeiro na APL

Graduada e mestre em Filosofia pela EFLCH/Unifesp, Djamila é a mais jovem integrante da Academia Paulista de Letras

Djamila Ribeiro toma posse na Academia Paulista de Letras. Da esquerda para direita: Leandro Karnal, Gabriel Chalita, José Renato Nalini, Djamila Ribeiro, Leci Brandão, Thulane Ribeiro, Conceição Evaristo, Orlando Silva e Pai Rodney William (Créditos: Flávia Pinto)
Djamila Ribeiro toma posse na Academia Paulista de Letras. Da esquerda para direita: Leandro Karnal, Gabriel Chalita, José Renato Nalini,
Djamila Ribeiro,  Leci Brandão, Thulane Ribeiro, Conceição Evaristo, Orlando Silva e Pai Rodney William (Créditos: Flávia Pinto)


Na noite da última quinta-feira (1/9), a vice-reitora em exercício da Reitoria, Raiane Assumpção, compareceu à solenidade de posse da filósofa e escritora Djamila Ribeiro na Academia Paulista de Letras (APL). A mais jovem acadêmica da APL ocupará a cadeira nº 28, que tem como patrono Caetano de Campos, sucedendo Lygia Fagundes Telles. Djamila é graduada e mestre em Filosofia pela Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH/Unifesp) - Campus Guarulhos.

Djamila Ribeiro discursando durante a cerimônia
Djamila Ribeiro discursando durante a cerimônia (Créditos: Flávia Pinto) 

Na solenidade conduzida pelo presidente da Academia, José Renato Nalini, o também filósofo e acadêmico Leandro Karnal fez a saudação oficial à nova integrante, apresentando aos convidados sua trajetória de vida, suas obras: Lugar de Fala (2017), Quem tem Medo do Feminismo Negro (2018), Pequeno Manual Antirracista (2019), pelo qual conquistou o prêmio Jabuti, e Cartas para minha avó (2021) e premiações recebidas, entre elas, o Prêmio Prince Claus na categoria Filosofia, oferecido pelo Ministério das Relações Exteriores da Holanda. Em 2016 foi nomeada como Secretária-Adjunta de Direitos Humanos da Prefeitura do Município de São Paulo.

APL Djamila 4
Djamila Ribeiro e Raiane Assumpção (Créditos: Flávia Pinto)

Atualmente colunista da Folha de S.Paulo, Djamila Ribeiro, em seu discurso de posse, lembrou a importância de escritoras negras, como Conceição Evaristo, presente da cerimônia, Carolina Maria de Jesus, entre outras, que abriram caminho para que hoje ela pudesse chegar à Academia e saudou os acadêmicos que a antecederam na cadeira nº 28. Lembrou também de seus orientadores Edson Teles e Alexandre Carrasco, docentes do curso de Filosofia da EFLCH/Unifesp, que conduziram seus estudos na graduação e no mestrado, tendo orgulho de ser egressa desta instituição.


Lido 778 vezes Última modificação em Quinta, 29 Setembro 2022 21:55

Mídia