Terça, 01 Dezembro 2020 14:48

Informativo sobre a obra do Edifício da Eppen/Unifesp em Quitaúna

Prezada Comunidade Acadêmica,

Esclarecemos que a obra do edifício da Escola Paulista de Política, Economia e Negócios (Eppen/Unifesp) - Campus Osasco em Quitaúna não está parada. Mediu, neste mês de novembro, R$ 459 mil de serviços executados. A obra, foi licitada em R$ 71,2 milhões, sendo R$ 56,5 milhões o bloco principal e R$ 14,7 milhões o bloco biblioteca. A obra já mediu R$ 46,2 milhões em execução, e recentemente recebeu novo aporte de recursos, por iniciativa da Reitoria junto ao MEC, tendo saldo de empenho para execução de mais R$ 6,5 milhões, totalizando R$ 52,7 milhões de investimento já feito pela Unifesp.

Imagem das obras do edifício da EPPEN/Unifesp
Imagem das obras do edifício da EPPEN/Unifesp

A obra foi iniciada em julho de 2016, no mesmo semestre do impeachment da presidente Dilma Rousseff e da aprovação da Emenda Constitucional do Teto dos Gastos, o que resultou em fortes restrições orçamentárias de recursos de investimento para as universidades nos anos seguintes. O replanejamento do cronograma foi sempre pactuado com o campus e a construtora para permitir que a obra continuasse e não fosse paralisada.

Imagem das obras do edifício da EPPEN/Unifesp
Imagem das obras do edifício da EPPEN/Unifesp

Diversas ações junto ao MEC nesse período foram feitas para a obtenção de recursos tendo em vista que o orçamento de capital da universidade caiu de uma média de R$ 70 milhões/ano (entre 2010 e 2015) para R$ 3 milhões nos últimos dois anos. Junto a parlamentares e a bancada paulista, a Reitoria e o campus obtiveram recursos adicionais. A gestão da universidade (Reitoria e Direção Acadêmica do Campus Osasco) ainda obtiveram autorização de captação pela Lei Rouanet para a Biblioteca e depois concorreram em edital do Fundo de Direitos Difusos e aguarda aprovações para o recebimento. Realizamos negociação e termo de cooperação com a prefeitura e recentemente aprovamos na procuradoria a possibilidade de dação e pagamento de uma fração do terreno para finalização da obra. Essas iniciativas e informações têm sido levadas, discutidas e aprovadas na Congregação da Eppen/Unifesp.

Atenciosamente,

Direção do Campus Osasco
Reitoria da Unifesp

 

Lido 1774 vezes Última modificação em Quarta, 06 Janeiro 2021 15:10

Mídia