Domingo, 22 Março 2020 20:52

Unifesp inicia nesta segunda a campanha de vacinação contra a Influenza

Estudantes, enfermeiros e docentes da universidade atuarão como voluntários. Meta é vacinar os profissionais da área da saúde e idosos

A Unifesp informa à toda comunidade que iniciará nesta segunda-feira (23) a Campanha de Vacinação contra a Influenza (H1N1 e H2N3). A campanha será realizada entre os dias 23 e 27/03, das 8h às 16h e só será possível graças à união de esforços que reforça o compromisso público, humanitário e solidário frente à esta emergência sanitária pela qual o mundo está atravessando.

Haverá dois postos para vacinação: um para vacinação de profissionais de saúde e outro para os idosos. Os profissionais de Saúde devem se dirigir à Escola Paulista de Enfermagem (EPE/Unifesp), na rua Napoleão de Barros, nº 754. Já os idosos precisam se deslocar até o Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (Crie), no Centro de Vacinação na rua Borges Lagoa, nº 770, Vila Clementino.

Além dos funcionários do Crie, a campanha terá a participação de docentes e de enfermeiros da EPE/Unifesp, da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp), de estudantes voluntários(as) do 4º ano de Enfermagem e do 5º e 6º do curso de Medicina. A campanha de vacinação tem como responsável a coordenadora do Crie e docente da EPM/Unifesp, Lily Yin Weckx .

Em relação à importância de se vacinar, a docente do Departamento de Saúde Coletiva da EPE/Unifesp Mônica Taminato explica que muitas pessoas nessa época já apresentam sintomas respiratório e quadros gripais. “Com a vacina, vamos diminuir o número de pessoas com quadros gripais nessas populações, que estarão protegidas”, completa.

EPE divulga orientações aos docentes, enfermeiros e estudantes

A EPE/Unifesp divulgou orientações referentes à campanha para orientar os estudantes, enfermeiros e docentes das Escolas Paulista de Enfermagem e Medicina da universidade atuarão como voluntários tanto na vacinação quanto na organização das filas e orientações sobre a vacina, buscando, em especial, evitar a aglomerações como uma medida de precaução ao coronavírus. Em razão da covid-19, a campanha foi antecipada, dividida em etapas conforme os grupos prioritários. Nesta primeira etapa estão contemplados os idosos e profissionais de saúde.

Mônica Taminato, explica que, em razão da pandemia do coronavírus, voluntários de enfermagem, medicina, além de professores e enfermeiros da EPE/Unifesp ajudarão a organizar as filas, tomando cuidado para manter a distância de pelo menos um metro entre as pessoas, além de promover a vacinação em locais arejados, evitando aglomerações. “Como os profissionais de saúde serão vacinados na sede da EPE/Unifesp, poderemos dividir o fluxo de pessoas, deixando o Crie exclusivamente para a vacinação dos idosos” lembrando que os voluntários serão divididos nos dois locais de campanha, comenta.

Os(as) estudantes que serão voluntários já receberam um manual específico para orientá-los(las) durante a campanha. “Pedimos para que todos se conscientizem em relação a não dar as mãos, abraços e beijos, etiqueta de tosse, distanciamento adequado, levem a menor quantidade possível de objetos, entendam a importância da higienização das mãos, para quem vai aplicar a vacina, usar máscara e óculos”, ressalta Mônica Taminato. Ela orienta ainda que os estudantes que apresentarem febre ou sintomas respiratórios não participem da campanha no momento.

A Escola Paulista de Enfermagem e Escola Paulista de Medicina por intermédio das diretoras estão verificando outras ações para ampliação da Campanha. As orientações sobre a campanha de vacinação estão disponíveis neste link.

No vídeo abaixo, Monica Taminato fala a respeito da campanha que começa neste dia 23

Lido 1556 vezes Última modificação em Quarta, 15 Abril 2020 12:08

Mídia