Sexta, 22 Setembro 2023 21:47

Unifesp sedia reunião do Copropi e do segmento de Federais Foprop

Por José Luiz Guerra

Unifesp recebeu as reuniões do Copropi e do segmento de federais do Foprop
Unifesp recebeu as reuniões do Copropi e do segmento de federais do Foprop

Na última segunda-feira, 18 de setembro, a Unifesp sediou a reunião do Colégio de Pró-reitores de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (Copropi) e do segmento de federais do Fórum de Pró-Reitores de Pós-Graduação e Pesquisa (Foprop). Ambos os colegiados são ligados à Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

Compuseram a mesa de abertura a reitora da Unifesp, Raiane Assumpção, o pró-reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da Unifesp, Fernando Atique, o coordenador do Copropi, Flavio Fernando Demarco, o vice coordenador do Copropi, Marcos José Salgado Vital, o vice-presidente do Foprop, Francisco de Assis Mendonça, e o coordenador do segmento Sudeste das federais do Foprop, Charles Morphy Dias dos Santos.

Francisco de Assis Mendonça representando o presidente do Foprop, Robério Rodrigues
Francisco de Assis Mendonça representando o presidente do Foprop, Robério Rodrigues

Representando o presidente do Foprop, Robério Rodrigues, Francisco de Assis Mendonça iniciou a sessão saudando a todos(as) os(as) presentes e disse ser uma satisfação poder participar das atividades. “Essas reuniões, para nós, são sempre muito boas, especialmente em um momento de reconstrução da educação e da ciência nacional”. Mendonça reforçou também a importância de que as instituições sejam cada vez mais parceiras no desenvolvimento com justiça social, ambiental, inclusão e avanço e agradeceu à Unifesp pela oportunidade.

Charles Morphy Dias dos Santos
Charles Morphy Dias dos Santos

Charles Morphy Dias dos Santos ressaltou que o Copropi é um colégio com participação muito efetiva na Andifes e tem atuado fortemente em relação à pós-graduação e à pesquisa. “Estamos em um novo momento, no qual precisamos estabelecer conexões de forma inteligente e inovadora”. O coordenador lembrou também que, a partir da última reunião do grupo, ocorrida no final do ano passado, foram propostas novas ações de curto, médio e longo prazo para a pós-graduação e pesquisa. “Começamos a introduzir uma série de questões, em assuntos estratégicos que hoje rendem frutos a partir de discussões de temas análogos na Capes, CNPQ e Andifes. É uma alegria estar aqui com todos(as) para que possamos discutir propostas”, complementou.

Marcos José Salgado Vital
Marcos José Salgado Vital

“Estamos em um processo de retomada do crescimento da pesquisa e pós-graduação e de relações humanas e é ótimo podermos nos encontrar presencialmente. O Copropi está dando continuidade a trabalhos importantes, como ações afirmativas e laboratórios multicêntricos, visando fortalecer a pesquisa e a pós-graduação”, disse Marcos José Salgado Vital. “Defendemos a bandeira das IFES e sempre que possível faremos ações conjuntas, obedecendo às peculiaridades de cada instituição”, completou.

Flávio Fernando Demarco
Flávio Fernando Demarco

Flávio Fernando Demarco lembrou que os desafios da pesquisa e da pós-graduação foram tema de debate na última reunião do conselho pleno da Andifes e reforçou a importância do trabalho conjunto. “Estamos todos imbuídos em construir um país melhor e mais soberano e isso só vai ser possível quando tivermos investimentos sólidos e contínuos em saúde, educação e, principalmente, em ciência e tecnologia. Vivemos momentos preocupantes ao longo dos últimos anos, do ponto de vista do financiamento e atuamos com resistência, mas agora temos que ajudar na reconstrução do país e pensar em qual país queremos deixar para nossos filhos e netos”. Demarco também destacou e parabenizou a organização do evento e a proposta dos temas a serem debatidos.

Copropi 14
Fernando Atique

Fernando Atique agradeceu a presença dos(as) participantes e disse ser uma satisfação para a Unifesp em sediar o evento em um momento especial para a instituição. “Estamos iniciando um processo de comemoração de 30 anos da Unifesp em 2024, sem esquecer que surgimos a partir da Escola Paulista de Medicina, que completa 90 anos este ano e que abraçou o desafio da expansão”. Atique elogiou o trabalho da reitora, Raiane Assumpção e da vice-reitora, Lia Bittencourt, para o fortalecimento da pesquisa e da pós-graduação na Unifesp e agradeceu a equipe da Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa pelo trabalho na organização do evento. “É importante ver que o trabalho de pesquisa na Unifesp extrapola para outras dimensões, como ensino e extensão. Espero que tenhamos um ótimo encontro”, disse Atique.

Raiane Assumpção
Raiane Assumpção

“É motivo de alegria recebê-los. Somente trabalhando em rede com as universidades públicas teremos condições de fortalecê-las” discursou Raiane Assumpção. A reitora agradeceu a presença de todos(as) e destacou o papel fundamental dos fóruns e colegiados para subsidiar as ações e políticas nas universidades. “O desafio colocado para nós hoje é o de garantir uma pós-graduação e uma pesquisa com qualidade, excelência e inclusão. Temos muita capacidade e amadurecimento para produzir pesquisa, conhecimento e inovação, fazendo com que a sociedade possa caminhar conosco, reconhecendo o nosso papel”. A reitora também destacou a importância das universidades se comunicarem com a sociedade, mostrando que a ciência tem impacto direto no cotidiano. “Precisamos mostrar também, por meio da universidade pública, que o nosso país é local de produção de conhecimento e não só importador de soluções e este fórum é um ente extremamente qualificado para a elaboração de parâmetros e diretrizes que possam contribuir com esse processo", finalizou.

Marco Antônio Zago apresentou o tema "A FAPESP e os Potenciais para Parceria com outras Fundações de Amparo à Pesquisa Estaduais" Copropi 55
Mesas temáticas realizadas pela manhã: a primeira (à esq.) com o tema “A FAPESP e os Potenciais para Parceria com outras Fundações de Amparo à Pesquisa Estaduais”, foi apresentada por Marco Antonio Zago; a segunda (à dir.), com o tema “Divulgação Científica: oportunidades e estratégias”, contou com a participação de Alexandra Ozorio de Almeida, Ana Paula Morales e Márcio Gama

Após a mesa de abertura, ainda na parte da manhã, foram realizadas duas mesas temáticas: a primeira, com o tema “A FAPESP e os Potenciais para Parceria com outras Fundações de Amparo à Pesquisa Estaduais”, apresentada pelo presidente da Fapesp, Marco Antonio Zago. Já a segunda, com o tema “Divulgação Científica: oportunidades e estratégias”, contou com a participação da editora da Revista Pesquisa FAPESP, Alexandra Ozorio de Almeida, da cofundadora e diretora da Agência Bori, Ana Paula Morales, e do representante da Agência Springer Nature, Márcio Gama.

Esper Abrão Cavalheiro
Esper Abrão Cavalheiro

Já na parte da tarde, o Presidente da Comissão Especial para elaboração do Novo Plano Nacional de Pós-Graduação da Capes e professor emérito da Unifesp, Ésper Abrão Cavalheiro, fez uma apresentação para explicar o novo Plano. “Trata-se de um documento com novas diretrizes que devem ser inseridas nas políticas públicas para o desenvolvimento do Sistema Nacional de Pós-Graduação”, comentou Esper Abrão Cavalheiro, “Nesta sétima edição do Plano Nacional, que ainda está em construção e que deve valer de 2024 a 2028, há recomendações inéditas que se iniciam com a centralização na qualidade do egresso, mestre e doutor, bem como seu envolvimento com duas grandes questões: os problemas nacionais ainda não solucionados, como educação básica, desigualdade, fome e cidadania, além da preservação da Amazônia e dos oceanos, e, ao mesmo tempo, o desenvolvimento contemporâneo da ciência, tecnologia e inovação, com o avanço do mundo virtual e da Inteligência Artificial, apenas para citar como exemplos”, finalizou.

Fotos: Alex Reipert

Lido 712 vezes Última modificação em Terça, 24 Outubro 2023 14:39

Mídia