What is the social burden of AMR, and why does it matter?

Dia 28 de novembro das 10h às 13h

IV Simpósio CEPID ARIES Unifesp portal

Evento do IV Simpósio Cepid-Aries Unifesp / II Workshop Fundação Getúlio Vargas ocorrerá em formato híbrido, com transmissão por meio deste link, e terá como palestrantes Clare Chandler, da London School of Hygiene and Tropical Medicine (LSHTM), e Esmita Charani, da University of Cape TownUniversity of Liverpool; em seguida haverá um workshop com a equipe Cepid-Aries.

Na primeira parte, teremos duas pesquisadoras líderes no tema da Resistência Antimicrobiana (RAM) que pesquisam como medir e conceituar o impacto social da RAM ao redor do mundo. Clare Chandler é conhecida por seu trabalho etnográfico sobre medicamentos e saúde em países de baixo desenvolvimento, como Uganda e Tanzânia. Ela forneceu consultoria técnica para o governo do Reino Unido, OMS, e para governos de países de baixo e médio rendimento, assim como para imprensa, sobre vários temas, incluindo Ebola, malária e RAM.

Esmita Charani é Wellcome Trust Career Development Fellow na Universidade de Cape Town, África do Sul (2023-2027), onde está realizando pesquisa sobre Interseccionalidade e Resistência Antimicrobiana. Ela também é uma co-investigadora no programa CAMO-NET, fundado pela Wellcome Trust (2023-2026) que trabalha em cinco países (incluindo o Brasil) e está focalizando na otimização do uso de antibióticos em humanos.

Serviço:
IV Simpósio Cepid-Aries Unifesp / II Workshop Fundação Getúlio Vargas
Tema: What is the social burden of AMR, and why does it matter?
Data e horário: 28 de novembro de 2023 das
Local: Fundação Getúlio Vargas
Link de transmissão
Inscrição

Lido 317 vezes Última modificação em Terça, 28 Novembro 2023 11:04

Mídia