Eppen/Unifesp oferece curso sobre o Genocídio Armênio e suas contribuições

Inscrições abertas até dia 10 de março

Por Juliana Narimatsu

Genocídio Armênio portal

A Escola Paulista de Política, Economia e Negócios (Eppen) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) abre inscrições, até dia 10 de março, para o curso Memória, resistência, ocultamento e negação: o debate historiográfico sobre as fontes clássicas do Genocídio Armênio.

Desde a historiografia clássica aos estudos mais recentes, o curso pretende identificar e analisar o Genocídio Armênio na aurora de uma Era de Catástrofe (em busca do seu “lugar histórico”), além das intencionalidades, inconsistências e problemas de seleção das suas fontes, em especial as clássicas, e os argumentos negacionistas e suas contradições. Abordará ainda suas contribuições para o desenvolvimento do conceito genocídio para as Ciências Sociais e sua luta pelo reconhecimento e a memória que esse acontecimento traz (veja a ementa completa aqui).

Memória, resistência, ocultamento e negação: o debate historiográfico sobre as fontes clássicas do Genocídio Armênio é um curso de extensão presencial, desenvolvido pelo grupo de pesquisa Conflitos armados, massacres e genocídios na era contemporânea do Departamento de Relações Internacionais, e que se inicia no dia 13 de março, todas as segundas-feiras, das 19h às 23h.

Serviço:
Memória, resistência, ocultamento e negação: o debate historiográfico sobre as fontes clássicas do Genocídio Armênio

Datas e horário: de 13 de março até 8 de maio de 2023, das 19h às 23h
Local: Eppen/Unifesp - Campus Osasco (End.: Rua Oleska Winogradow, 100, Jardim das Flores - Osasco/SP)
Inscrições

Lido 1738 vezes Última modificação em Quinta, 09 Março 2023 10:16

Mídia