Memórias da ditadura brasileira: a enunciação da tortura

Palestra integra a Cátedra Edward Saïd de Estudos da Contemporaneidade - Ciclo Migrações: Ontem e Hoje

Trata-se de analisar a questão do sofrimento associado à violência, com base na memória da ditadura militar brasileira (1964-1985), as formas possíveis de voltar a habitar o mundo depois de acontecimentos disruptivos de violência, que assinalam a morte do que era antes. A partir de textos literários que relatam a prática da tortura durante a ditadura, busca-se formas de enunciação da tortura e de inscrição dessa experiência no curso da vida de quem a viveu. 

Conferencista: Profª. Drª. Cynthia Sarti, professora titular do Departamento de Ciências Sociais da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH) da Unifesp - Campus Guarulhos e vice-coordenadora da Cátedra Edward Saïd

Serviço:
Palestra Memórias da ditadura brasileira: a enunciação da tortura
Data e horário: 1º de abril, às 17h
Local: Anfiteatro Leitão da Cunha - Campus São Paulo
End.: Rua Botucatu, 740 - Vila Clementino, São Paulo/SP
Inscrição

Cartaz Cynthia Sarti

 

Lido 1962 vezes Última modificação em Quinta, 30 Maio 2019 17:29

Mídia