Unifesp inaugura laboratório de ressonância magnética e biotério

 Instalado no Instituto de Farmacologia, espaço poderá ser utilizado para o desenvolvimento de pesquisas em ciências básicas, clínicas e cirúrgicas

Da esquerda para a direita, estiveram na mesa de abertura da cerimônia de inauguração dos laboratórios e do biotério a docente do  Infar/EPM/Unifesp, Catarina Segreti Porto, o presidente da Finep, Ronaldo Camargo, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e  Comunicações, Gilberto Kassab, a reitora da Unifesp, Soraya Smaili, o diretor Financeiro, de Crédito e Captação da Finep, Wanderley de Souza e a coordenadora do Infar/EPM/Unifesp e presidente de honra da SBPC, Helena Nader

Da esquerda para a direita, estiveram na mesa de abertura da cerimônia de inauguração dos laboratórios e do biotério a docente do Infar/EPM/Unifesp, Catarina Segreti Porto, o presidente da Finep, Ronaldo Camargo, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, a reitora da Unifesp, Soraya Smaili, o diretor Financeiro, de Crédito e Captação da Finep, Wanderley de Souza e a coordenadora do Infar/EPM/Unifesp e presidente de honra da SBPC, Helena Nader

Por José Luiz Guerra

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) inaugurou na tarde do último dia 21 de dezembro o Laboratório de Ressonância Nuclear Magnética Nuclear Prof. Dr. Carl Peter Von Dietrich, o Biotério e o Laboratório de Experimentação Animal. Os novos espaços, instalados no Instituto de Farmacologia da Escola Paulista de Medicina da Unifesp (Infar/EPM/Unifesp), poderão ser utilizados para o desenvolvimento de pesquisas em ciências básicas, clínicas e cirúrgicas.

O laboratório de Ressonância Nuclear Magnética homenageia Carl Peter Von Dietrich, um dos mais importantes pesquisadores da medicina brasileira, falecido em 2005, e responsável pela implantação do programa de pós-graduação em Biologia Molecular da Unifesp, reconhecido com conceito máximo (7) pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O equipamento foi comprado por meio de verba do projeto CT-INFRA da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), voltado para viabilizar a modernização e ampliação da infraestrutura e dos serviços de apoio à pesquisa desenvolvida em instituições públicas de ensino superior e de pesquisas brasileiras.

No início da cerimônia, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, celebrou a parceria com a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), entidade que foi presidida pela professora titular da disciplina de Biologia Molecular e coordenadora do Infar/EPM/Unifesp, Helena Nader, e se colocou à disposição para continuar ajudando a universidade.

O diretor Financeiro, de Crédito e Captação da Finep, Wanderley de Souza, reforçou a importância das novas instalações para o desenvolvimento de pesquisas de ponta e lembrou do amigo e homenageado Carl Peter Von Dietrich, com o qual trabalhou. Ele parabenizou a instituição pelo pioneirismo e pela qualidade no desenvolvimento de pesquisas. “A Unifesp está entre as principais instituições de ensino e pesquisa do Brasil”, disse. Já o presidente da entidade, Ronaldo Camargo, agradeceu à Helena Nader por sempre ter lutado pela ciência brasileira e reforçou a necessidade de se investir na área. “A Finep investiu mais de R$ 4 bilhões nas universidades e isso precisa ser mantido”.

A reitora da Unifesp, Soraya Smaili, que também é docente do Infar/EPM/Unifesp, lembrou que os pesquisadores do instituto dedicam grande parte de seu tempo às pesquisas, o que contribuiu para que os programas de pós-graduação que funcionam no local – Farmacologia e Biologia Molecular – sejam avaliados com os melhores conceitos pela Capes. Reforçou que os laboratórios disponíveis no instituto são de última geração, muitos deles pioneiros no mundo, o que atrai pesquisadores internacionais para a instituição. Soraya ratificou que os espaços foram concebidos em parceria com a Finep e com recursos da Reserva Técnica Institucional e aproveitou para agradecer à Helena pela sua pujança na luta por uma política de ciência e tecnologia no país.

Por fim, Helena Nader falou sobre o processo de restruturação pelo qual o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) passou durante a gestão de Gilberto Kassab e o parabenizou pelo trabalho. A docente a também agradeceu pelo apoio da Finep durante o período no qual esteve à frente da SBPC e reforçou a importância do órgão para a ciência no Brasil. “Existem pessoas chaves no país com as quase o futuro governo precisa conversar. Peço que lutem para que a Finep continue apoiando estes projetos”, completou. Atualmente, Helena Nader é presidente de honra da entidade.

Ao final da cerimônia, foram descerradas as placas do Laboratório de Ressonância Nuclear Magnética Nuclear Prof. Dr. Carl Peter Von Dietrich e do Biotério e o Laboratório de Experimentação Animal.

Inauguração do Biotério e o Laboratório de Experimentação Animal do Infar/EPM/Unifesp

Inauguração do Biotério e o Laboratório de Experimentação Animal do Infar/EPM/Unifesp

Inauguração do Laboratório de Ressonância Nuclear Magnética Nuclear Prof. Dr. Carl Peter Von Dietrich

Inauguração do Laboratório de Ressonância Nuclear Magnética Nuclear Prof. Dr. Carl Peter Von Dietrich