Professora da EPE/Unifesp recebe Prêmio Capes de Tese - Edição 2016

A tese foi defendida por Camila Takáo Lopes em 2015

Por Loane Carvalho

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) concedeu o Prêmio Capes de Tese - Edição 2016 à Camila Takáo Lopes, docente do Departamento de Enfermagem Clínica e Cirúrgica da Escola Paulista de Enfermagem (EPE/Unifesp).

A tese intitulada “Incidência de sangramento excessivo e preditores no pós-operatório imediato de cirurgia cardíaca”, sob orientação de Alba Lucia Barros, e coorientada por Juliana Lopes, do Programa de Pós-Graduação de Enfermagem, foi eleita umas das melhores teses de doutorado defendidas em 2015, conforme resultado outorgado pelo presidente da Capes, Abílio Neves, no dia 10 de outubro.

A cerimônia de premiação foi realizada na sede da Capes, em Brasília, no dia 14 de dezembro. A enfermeira especialista em cardiologia recebeu diploma, medalha e bolsa de pós-doutorado nacional de até 12 meses. O prêmio para a orientadora, a coorientadora e o programa em que foi defendida a tese consiste em auxilio para participação em congresso nacional, para a orientadora; e distinção a ser outorgada aos três.

Prêmio Capes de Tese

Criado em 2005, o Prêmio Capes de Tese é constituído pelo Prêmio Capes de Tese e o Grande Prêmio Capes de Tese e é outorgado anualmente em reconhecimento às melhores teses de doutorado aprovadas nos cursos de pós-graduação adimplentes e reconhecidos no Sistema Nacional de Pós-Graduação em cada uma das 48 áreas do conhecimento. (Fonte: Capes)