Estudante da Unifesp é destaque na 4.ª edição do Desafio Pfizer

Monica Tiyoko Morioka Hashimoto venceu o Prêmio Sempre On Innovation de 2018, na categoria Universitários

Por Daniel Patini

tiyoko pfizerA Iniciação Científica da estudante Monica Tiyoko Morioka Hashimoto, do Curso Superior de Tecnologia em Informática em Saúde da Unifesp, venceu o Prêmio Sempre On Innovation de 2018, na categoria Universitários, da 4.ª edição do Desafio Pfizer, premiação que visa estimular a inovação e o empreendedorismo no Brasil, com foco na área da Saúde. Os vencedores foram anunciados no dia 4 de dezembro de 2018, durante cerimônia de premiação realizada em São Paulo.

Tiyoko concorreu ao prêmio com o trabalho Maritaka18 - Uso de Nanossatélite em Telessaúde no Alto Xingu, que busca otimizar o atendimento a pacientes em áreas remotas, por meio do uso da tecnologia espacial aliada a soluções de tecnologia da informação, uma vez que comunicação de dados nessas áreas é um grande desafio na saúde pública brasileira.

“O Projeto Xingu da Unifesp é um dos projetos de extensão mais antigos do país, com mais de 53 anos de atividade na região sul da Amazônia. Com o Maritaka18, pretende-se consolidar parcerias com instituições que já desenvolvem tecnologia espacial e que tenham interesse em difundir o conhecimento", explica a estudante. Ainda de acordo com ela, os dados gerados podem indicar importantes respostas para muitas áreas, como Teleoftalmologia, Telemedicina, Gestão em Saúde, entre outras. 

O projeto, que está em fase de especificações de requisitos e de seleção de colaboradores para organizar as equipes multiprofissionais de trabalho, tem a orientação do professor Vagner Rogério dos Santos, do Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais, que já atuou como coordenador de projetos mecânicos e dispositivos de mecânica de precisão de pequenos satélites no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

 

Foto: Arquivo pessoal