20.02.2015 - ADIAMENTO DO INÍCIO DAS AULAS

À Comunidade Acadêmica

 

A Câmara de Ensino e Graduação informa que o semestre letivo terá início 02/03/2015 (tanto para veteranos, quanto para ingressantes), em função da retomada do serviço do Restaurante Universitário, previsto para o mesmo dia, e a segunda chamada para a matrícula dos ingressantes.

Cabe informar que a Unifesp passa por restrições orçamentárias decorrentes da publicação do decreto n.º 8.389/2015. Segundo Nota da Reitoria publicada em 20 de janeiro de 2015 no site da Unifesp: “a situação financeira das universidades federais, que em 2014 foi sofrida, passa a ser ainda mais difícil, principalmente no caso da Unifesp, em que o orçamento está aquém do porte da instituição. Este cenário nos obriga a reavaliar medidas a cada instante devido à falta de recursos. Dentre estas está a suspensão de contratos ou cortes parciais nos mesmos. A Reitoria e diretorias acadêmicas dos campi estão trabalhando para a manutenção dos serviços essenciais enquanto a política de contingenciamento vigorar. Porém, não sabemos ainda quais impactos isso produzirá sobre as atividades de ensino, pesquisa e extensão.”

A Câmara de Graduação informa ainda que está solicitando uma reunião aberta a comunidade acadêmica para discussão desta conjuntura e continua acompanhando os desdobramentos deste contexto e seus impactos na graduação.

 

Atenciosamente,

 

Câmara de Graduação do Campus Baixada Santista

 

 

  

27.01.2015 - Comunicado sobre o RU

Informamos que as atividades da GMD, empresa responsável pela operação de nosso restaurante universitário (Edifício Central), serão concluídas no dia 28 de janeiro.

Uma nova empresa (TERRAÇO) já foi licitada e, no dia 23 de janeiro, foi homologado o resultado do pregão eletrônico. O contrato deve ser assinado nesta semana.

Desta forma, o restaurante universitário não funcionará a partir do dia 29 de janeiro, mas retornará suas atividades o mais breve possível, já operado pela nova empresa.

Estamos à disposição para quaisquer esclarecimento.

 

Direção do Campus

 

 

 

 

 

20.01.2015 - Nota da Reitoria sobre o orçamento de 2015

Neste mês de janeiro a Presidência da República publicou o Decreto Federal 8.389/2015, que dispõe sobre a execução orçamentária do Poder Executivo até a aprovação da Lei Orçamentária de 2015 (LOA). O decreto determina que cada órgão do Executivo terá o limite mensal de execução financeira equivalente a 1/18 avos, o que significa na prática um contingenciamento imediato de 39% do orçamento previsto. Esta decisão serve como instrumento de aplicação da política econômica adotada pelos ministérios do Planejamento, Orçamento e Gestão e da Fazenda, conforme tem sido amplamente noticiado pela imprensa.

Com a publicação do decreto, a situação financeira das universidades federais, que em 2014 foi sofrida, passa a ser ainda mais difícil, principalmente no caso da Unifesp, em que o orçamento está aquém do porte da instituição. Este cenário nos obriga a reavaliar medidas a cada instante devido à falta de recursos. Dentre estas está a suspensão de contratos ou cortes parciais nos mesmos. A Reitoria e diretorias acadêmicas dos campi estão trabalhando para a manutenção dos serviços essenciais enquanto a política de contingenciamento vigorar. Porém, não sabemos ainda quais impactos isso produzirá sobre as atividades de ensino, pesquisa e extensão, incluindo também o hospital universitário.

Salientamos que a Reitoria e as diretorias dos campi da Unifesp têm executado tudo o que está ao alcance para a gestão adequada dos recursos financeiros. Contudo, o presente contingenciamento extrapola nossos limites de atuação.

Informamos que diversas reuniões têm sido realizadas com os pró-reitores e diretores dos campi para conjuntamente compreendermos melhor o panorama e encaminharmos as soluções possíveis. Mais detalhes serão informados nas próximas reuniões de todos os conselhos centrais.

A Reitoria está à disposição de sua comunidade para esclarecimentos e informará cada passo desse processo de acordo com sua política de total transparência em suas ações.

 

Reitoria da Unifesp
20 de janeiro de 2015