Editora Unifesp alcança marca de 100 livros publicados e lança mais sete obras

Em cerimônia que acontecerá no dia 30 de março, a Editora Unifesp celebrará a marca de 100 livros publicados, alcançada em 2016, e lançará sete obras inéditas. O encontro será realizado às 18h, no espaço de convivência do Edifício da Reitoria.

Segue abaixo a relação das obras que serão lançadas e seus respectivos autores:

- Petróleo e Nacionalismo – Gabriel Cohn
- Diálogo das Civilizações – Olgária Matos, Denise Milan e Javier Amadeo
- Persona Poética e Autor Empírico da Poesia Amorosa Romana – Paulo Sergio de Vasconcellos
- Estado, Cidade e Desenvolvimento – Nilce Aravecchia-Botas
- O Grande Fulcro – Ligia Bellini
- Filosofemas II – Jamil Ibrahim Iskandar e Rita Paiva
- A Maior Zoeira na Escola – Alexandre Barbosa Pereira

Sobre a Editora Unifesp

A Editora da Universidade Federal de São Paulo foi fundada em fevereiro de 2008. Sua criação é marco para a difusão da produção intelectual da Unifesp e impulsionou a divulgação do conhecimento produzido na instituição. Seu catálogo de livros tem sido coordenado e é construído de forma aberta, com base em critérios objetivos para sua ampliação. A Editora busca estabelecer uma cultura editorial-acadêmica de referência no país.

O catálogo de obras e estabelecimento de sua linha editorial são debatidos em encontros regulares entre professores da Universidade, integrantes do Conselho Editorial. Essa participação é feita de forma voluntária e sem remuneração. As reuniões do Conselho ocorrem bimestralmente e nelas se avaliam os originais submetidos para publicação, acompanhados dos respectivos pareceres ad hoc e da discussão das atividades editoriais.


Convite_Editora_Unifesp.jpg

 

 

 

Sesc Pompeia recebe a performance MAR, com direção de Marina Guzzo

Entre os dias 17 e 24 de março, o Sesc Pompeia recebe a performance MAR {Uma Dança com o Vento}, dirigida por Marina Guzzo. As apresentações gratuitas acontecem na Rua Central - sextas, às 16h, sábados e domingos, às 17h -, com intuito de estabelecer diálogo com o espaço do Sesc e seus frequentadores.

MAR é uma performance de dança e ocupação para áreas abertas. É um jogo coreográfico entre o espaço, o vento, as pessoas e um grande manto prateado extremamente frágil - feito com a união de capas térmicas de resgate. Uma dança de risco com a natureza e o artefato, para criar um dispositivo de brincadeiras, travessias e utopias, num planeta em degradação.

Com duração média de 40 minutos, MAR foi criado por Marina Guzzo em parceria com os intérpretes Daniele Guedes, Flavia Sa, Gabriel Smaira, Jonatan Elias José e Rafael Celestino, tendo como plataforma de pesquisa o Laboratório Corpo e Arte da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Marina Guzzo, diretora de MAR, é pesquisadora em dança e coreógrafa, concentrando suas criações na interface das linguagens artísticas e na incerteza da vida contemporânea ao misturar dança, performance e circo para explorar os limites do corpo e as possíveis subjetividades nas cidades e na natureza. É idealizadora, performer e diretora do projeto 100 Lugares Para Dançar, que em 2012 recebeu o Prêmio Funarte de Artes Cênicas na Rua. Já se apresentou no Sesc Pompeia, em 2015, com o trabalho NAVIOS, de 2014.

No ambiente acadêmico, Guzzo possui pós-doutorado pelo Departamento de Artes Cênicas da ECA-USP, e atualmente professora adjunta da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP, no Campus Baixada Santista, instituição na qual integra como pesquisadora o Laboratório Corpo e Arte, e coordena o Núcleo Interdisciplicinar de Dança - N(i)D. Além disso, é autora do livro Risco Como Estética, Corpo Como Espetáculo publicado pela editora FAPESP/AnnaBlume, e de outros artigos em jornais e revistas.

O Laboratório Corpo e Arte, plataforma de pesquisa para a criação da performance MAR, é um núcleo de estudos da UNIFESP formado por acadêmicos-artistas que dialogam e circulam pelos campos das ciências humanas. O foco das pesquisas desenvolvidas pela Laboratório são temas relacionados ao corpo e suas práticas, a partir do olhar das humanidades e da arte, assim como as técnicas, os processos de criação, os modos de produção, os discursos, as imagens e as pedagogias que dão forma às poéticas e políticas do corpo na produção cultural contemporânea.

 

MAR

[uma dança com o vento]

Direção de Marina Guzzo

O manto tupinambá.
O manto tupinambá da Lygia Pape.
O manto tupinambá brasileiro que está no museu da Dinamarca.
Os índios.
O botão de pérola.
A vista.
A Dona Zefa, que morando em Santos, não via o mar há 30 anos.
A Maré.
A Maré subindo.
A Maré da Lia Rodrigues.
Pindorama.
As lagrimas de Portugal.
As lágrimas da África.
As lágrimas dos refugiados.
O sal.
O medo.
A saudade.
A utopia.
As crianças.
A morte, a vida.
Iemanjá.
Paranã.
A mãe do mundo.
O fim do mundo.
Quando estar junto não é suficiente, precisamos atravessar.


Ficha Técnica
Direção: Marina Guzzo
Assistente de direção: Flávia Sá
Intérpretes-criadores: Daniele Guedes, Flavia Sa, Gabriel Smaira, Jonatan Elias José, Rafael Celestino e Marilia Savarego
Fotografia: Adilson Felix
Produção: NiD e Núcleo Corpo Rastreado
Plataforma de pesquisa: Laboratório Corpo e Arte
Agradecimentos: Lia Damasceno, Cau Fonseca, Flavia Liberman, Andrea Jurdi, João Simão, Conrado Federici, Raquel Guzzo, Renzo Taddei, Juliana Picolo, Morena Nascimento, Andreia Yonashiro, Juliana Braga, Beatriz Cruz, Camila Guzzo, Stéfanis Caiaffo, Marli Pedroso e Instituto Arte no Dique.

Parte pequena desse projeto foi contemplado pelo edital Procultura Estudantil 2016.

Serviço
MAR – Uma Dança Com o Vento
De 17 a 24 de Março de 2017. Sextas, às 16h, Sábados e domingos, às 17h.

Rua Central
Duração: 40min
Grátis | Livre

Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93.
Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia


Para acessa o teaser, acesse: https://www.youtube.com/watch?v=Hhu3U4rhtb0

 

Mar_163.jpg

Mar_217.jpg

Mar_020.jpg

Crédito das fotos: Adilson Felix

 

 

Programa gratuito de saúde interdisciplinar em portadores do vírus HIV

O Campus Baixada Santista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) oferece vagas para voluntários portadores do vírus HIV, de ambos os sexos e com idade entre 55 e 70 anos, que façam uso da terapia antirretroviral (TARV) para um programa gratuito de saúde interdisciplinar.

Intitulado "Efeitos do Exercício Combinado sobre o Equilíbrio, Força, Parâmetros Imunológicos e Bioquímicos em Indivíduos HIV Positivo", o estudo tem como objetivo verificar a influência de exercícios combinados (aeróbio associado a atividades de força) sobre aptidões físicas, fator imunológico e parâmetros lipídicos em pacientes com HIV positivo.

Com vagas limitadas, o programa consistirá em três sessões semanais, durante um período de três meses. As inscrições e triagem serão realizadas na Unidade da Av. Ana Costa, 95 – 1° Andar (sala PET).

Para obter mais informações e inscrições, ligue para (13) 99752-6419 ou envie e-mail para prigue78@yahoo.com.br.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2a. Chamada da Seleção Interna para progressão aos cursos de formação específica ao Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do Mar (BICT-Mar) 2017

O Departamento Ciências do Mar (DCMAR) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) do Campus Baixada Santista, no uso de suas atribuições legais, torna público a segunda chamada referente ao Edital de Seleção Interna para progressão aos Cursos de Formação Específica ao Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do Mar (BICT-Mar) de 2017.

Convocação de Candidatos 2a. Chamada: Clique aqui 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lançamento do livro Cognição e Comportamento de Cães: A Ciência do Nosso Melhor Amigo

Carine Savalli, docente do Departamento de Políticas Públicas e Saúde Coletiva do Campus Baixada Santista da Unifesp, juntamente com Natalia de Souza Albuquerque, organizou o livro “Cognição e Comportamento de Cães: A Ciência do Nosso Melhor Amigo”.

Publicado pela editora Edicon, a obra aborda o assunto de maneira interdisciplinar, reunindo pesquisadores de referência nacional e internacional das áreas de Psicologia, Biologia e Medicina Veterinária. Com 320 páginas, a publicação é recomenda para estudantes e profissionais das ciências animais e do comportamento em geral.

 CAPA.jpg