Corpo Docente

Profa. Dra. Adriana Marcassa Tucci
Graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1991), mestrado em Saúde Mental pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP (1999) e doutorado em Ciências pelo Programa de Psicobiologia da Universidade Federal de São Paulo (2005). Atualmente é Professora Associada e chefe do Departamento de Saúde, Educação e Sociedade da Universidade Federal de São Paulo e professora orientadora do curso de Pós Graduação (Strito Senso) do Programa Interdisciplinar em Ciências da Saúde da UNIFESP. Tem experiência na área de Psicologia e Psiquiatria, atuando principalmente nos seguintes temas: saúde mental; dependência de drogas e/ou álcool e violência contra criança. Já participou de projetos em parceria com a Organização Pan-americana de Saúde, como o Projeto Genacis (Gender, Alcohol and Culture: an International Study, com financiamento da Fapesp) que pesquisou padrões de uso de álcool e drogas entre os gêneros na população da Região Metropolitana de São Paulo e com a Organização Mundial de Saúde. Áreas de interesse atuais: política de drogas; intervenção para usuários de risco/dependência de substâncias psicoativas; fatores de risco e prevenção para uso de risco ou dependência de substâncias psicoativas; prevenção ao uso de substâncias psicoativas

Profa. Dra Alessandra Mussi Ribeiro
Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (USP, 1996), mestrado em Psicobiologia pela Universidade de São Paulo (USP, 2000) e doutorado em Psicobiologia pela Universidade de São Paulo (USP, 2004). Pós-doutorado como bolsista do CNPq na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) no laboratório de Estudos de Memória - Pós graduação em Psicobiologia/Departamento de Fisiologia. Foi docente Adjunto do Departamento de Fisiologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) entre 2009-2014. Atualmente é docente do Departamento de Biociências da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Tem experiência na área de Neurociência, com ênfase na linha de pesquisa de bioprospecção de compostos ativos de origem animal e vegetal como fonte de substâncias com potencial terapêutico. Atua também na área de Práticas Integrativas e Complementares (PICs), neurofisiologia e psicofarmacologia da aprendizagem/memória, ansiedade e estresse.

Profa. Dra. Camila Aparecida M. de Oliveira
Graduada em Educação Física (2001), e mestrado (2004) e doutorado (2007) em Ciências da Motricidade pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, com estágio no Department of Medical Cell Biology, na Uppsala University (Suécia), e pós-doutorado em Biologia Funcional e Molecular pela Universidade Estadual de Campinas (2010). Atualmente é professor associado na Universidade Federal de São Paulo. É assessor científico 'ad hoc' em periódicos internacionais indexados e em agências de fomento à pesquisa no país e no exterior. Atua na área de Fisiologia Endócrino-Metabólica, investigando principalmente os temas obesidade e diabetes, com ênfase nos mecanismos de regulação da atividade física espontânea e gasto energético em diferentes modelos experimentais. Também possui experiência na investigação da secreção e ação da insulina e imagem de cálcio intracelular com indicadores fluorescentes em células pancreáticas.

Profa. Dra. Carla Máximo Prado
Graduada em Fisioterapia pela Universidade Metodista de Piracicaba (1998), doutorado em Ciências (Fisiopatologia Experimental) pela Universidade de São Paulo (2005) e pós doutorado pela área de fisiopatologia pulmonar pela FMUSP (2008). Em 2008 ingressou como professor adjunto na Universidade Federal de São Paulo, Departamento de Ciências Biológicas, Campus Diadema, onde atuou até 2015. Atualmente, é professor associado II junto ao Departamento de Biociências, no Campus Baixada Santista da Universidade Federal de São Paulo onde coordena o Laboratório de Estudos em Inflamação Pulmonar. É pesquisadora colaboradora do Laboratório de Terapêutica Experimental I da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de fisiopatologia e histopatologia pulmonar, atuando principalmente nos seguintes temas: mediadores inflamatórios, modelos experimentais de inflamação pulmonar, asma brônquica, enfisema pulmonar, remodelamento pulmonar, sistema colinérgico anti-inflamatório e efeitos de composto fitoquímicos em doenças inflamatórias pulmonar. Atuou como coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Biologia Química de 2012 a 2015. É orientadora colaboradora do Programa de Ciências Médicas na área de processos inflamatórios e alérgicos junto a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e orientadora permanente no Programa Interdisciplinar em Ciências da Saúde da Unifesp, Campus Baixada Santista.

Prof. Dr. Cristiano Mendes da Silva
Graduado em Nutrição pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE - 1999), Mestrado em Nutrição pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE - 2001), Doutorado em Ciências Morfofuncionais pela Universidade de São Paulo (USP - 2006) e Pós-Doutorado pela Faculdade de Ciências Aplicadas da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP - 2014). Credenciado como orientador no Programa de Pós-Graduação em Alimentos, Nutrição e Saúde (nível Mestrado) e no Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências da Saúde (nível Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)/Campus Baixada Santista. Professor nas Pós-Graduações Latu Sensu (Especialização) em Neurociências e também em Fisiologia e Fisiopatologia Humana Aplicada às Ciências da Saúde da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)/Campus Baixada Santista. Foi Professor Adjunto do Departamento. de Anatomia na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE - 2008) e atualmente é Professor Associado III e responsável pelo Laboratório de Neurociência e Nutrição (LabNeuN) do Departamento de Biociências na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)/Campus Baixada Santista.

Profa. Dra. Daniela Ortolani
Graduada em Fisioterapia pela Universidade São Francisco (2005) onde realizou iniciação científica em Fisiologia, com ênfase na Neurofisiologia. Mestre em Biologia Funcional e Molecular - área de concentração Fisiologia (2010) pela Unicamp, atuando sobre os efeitos da ingestão de dieta palatável sobre a resposta de estresse. Doutora em Ciências pela Unifesp (2015) onde desenvolveu projeto de pesquisa envolvendo os efeitos da ingestão de dietas hiperlipídicas sobre respostas comportamentais, endócrinas, metabólicas e cardíacas de estresse. Doutorado no exterior em Psiquiatria pela University of California, San Francisco, EUA (2014) onde desenvolveu nova tecnologia para análises comportamentais envolvendo balanço energético, ansiedade e influências sobre a ritmicidade circadiana. Foi pesquisadora colaboradora pela Universidade Federal do Espírito Santo (2018) onde coordenou o projeto que avaliou os efeitos da sepse induzida pelo modelo de ligadura e perfuração cecal sobre a sinalização beta adrenérgica e apoptose em tecido cardíaco e sobre alterações comportamentais em ratos. Pós-doutora em Ciências Interdisciplinar da Saúde pela Unifesp - Campus Baixada Santista (2020) e pesquisadora colaboradora do Laboratório de Biologia do Estresse na Unifesp - Baixada Santista. Atuando principalmente na "investigação de biomarcadores inflamatórios e desfechos clínicos de pacientes sépticos" e nos projetos que envolvem os "efeitos do estresse sobre parâmetros cardíacos, endócrinos e comportamentais. Possui experiência no ensino para os cursos da Graduação da área da saúde. Professora universitária do curso de Pós-graduação Lato Sensu em Neurociência da Unifesp, Campus Baixada Santista e tutora da disciplina Morfofuncional do curso de Medicina da Unaerp, Campus Guarujá.

Profa. Dra. Debora Estadella
Graduada em Fisioterapia pela Universidade Federal de São Carlos (1997), mestre em Nutrição pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) em (2001), doutora em Ciências pela Escola Paulista de Medicina - UNIFESP (2005). Desenvolveu pós doutorado como bolsista PDJ CNPq na Disciplina de Fisiologia da Nutrição junto ao Programa de pós graduação em nutrição da UNIFESP (2013). Atualmente é professora Adjunto do Departamento de Biociências da UNIFESP Campus Baixada Santista. Tem experiência na área de Fisiologia da Nutrição, Fisiologia Endócrina e Neurofisiologia, com ênfase na linha de pesquisa que investiga o metabolismo de ácidos graxos nos tecidos adiposo, muscular e hepático associado a terapias não farmacológicas (nutracêuticos e treinamento físico experimental). Atua também em projetos que associam sua linha de pesquisa a alterações de comportamento e a programação fetal.

Profa. Dra. Debora Maria Gomes Cunha
Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Maranhão, mestre em Ciências (Processos imunes, infecciosos e imunologia) pela Faculdade de Medicina da USP e doutora em Farmacologia pela Universidade Federal de São Paulo. Trabalhou com inflamação no idoso tentando desvendar os mecanismos pelos quais algumas doenças, como por exemplo, sepse e pancreatite aguda levam a desfechos desfavoráveis no idoso. Além disso, nos últimos quatro anos tem se dedicado a estudar aspectos inflamatórios do sistema nervoso central em doenças neurodegenerativas, como por exemplo, na Doença de Parkinson cuja maior incidência é em indivíduos idosos. Para isso tem trabalhado com técnicas histológicas e de biologia molecular. Seu principal desafio atual é elucidar os mecanismos moleculares de atuação de fitocanabinóides e sua atuação na neuroinflamação subjacente a Doença de Parkinson que possam ter aplicabilidade clínica. Foi docente do Centro Universitário FMU ministrando disciplinas do eixo de estrutura e função (anatomia e fisiologia com ênfase para os sistemas nervoso, cardiorrespiratório e urogenital) para os cursos de enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia e farmácia. Também é professora da pós-graduação latu sensu em Neurociências na Universidade Federal de São Paulo campus Baixada Santista e também atuou como docente na especialização em Neurociências Aplicadas a Educação no Centro Universitário FMU ministrando disciplinas na área de neuroanatomia, neurofisiologia e neuropsicofarmacologia.

Profa. Dra. Deborah Suchecki
Graduada em Biomedicina pela Universidade de Santo Amaro (1983), mestrado em Farmacologia pela Escola Paulista de Medicina (1987) e doutorado em Psicobiologia pela Universidade Federal de São Paulo (1990). Realizei meu pós-doutorado na Stanford University, entre 1990 e 1993, no Laboratório de Psicobiologia do Desenvolvimento, no Departamento de Psiquiatria e Ciências do Comportamento. Sou Professora Associada, Livre-Docente, da Universidade Federal de São Paulo, no Departamento de Psicobiologia - Disciplina de Psicofarmacologia. Atuo como assessora "ad hoc" do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, além de prestar assessoria para diversos periódicos estrangeiros e faço parte do Corpo Editorial dos periódicos Frontiers in Endocrinology - Neuroscience section, Frontiers in Behavioral Neuroscience e Journal of Neuroendocrinology. Atuo em pesquisa e docência em graduação e pós-graduação nas áreas de Psiconeuroendocrinologia e Neurobiologia da Vulnerabilidade e Resiliência. Nossos estudos têm foco no impacto do estresse durante o desenvolvimento do sistema nervoso central e o desencadeamento de transtornos psiquiátricos. Oriento projetos desde iniciação científica até pós-doutorado, inseridos na linha de pesquisa sobre as Consequências fisiológicas e emocionais do estresse ao longo da vida. Coordeno o Grupo de Pesquisa do CNPq Psicobiologia da Resiliência. Em 2017 fui indicada para ser a Coordenadora Institucional do PIBIC-PIBITI da UNIFESP e em 2020 fui eleita Presidente da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento.

Profa. Dra. Fernanda Fiel Peres
Graduada em Ciências Biológicas - Modalidade Médica pela Universidade Federal de São Paulo (2012). Mestre em ciências pelo programa de pós-graduação em Farmacologia da Universidade Federal de São Paulo (2015). Especialista em Estatística Aplicada pela Universidade Cruzeiro do Sul (2020). Doutorado no programa de pós-graduação em Farmacologia da Universidade Federal de São Paulo desenvolvendo pesquisas na área de mecanismos moleculares associados aos efeitos do canabidiol em modelos de esquizofrenia.

Profa. Dra. Gláucia Monteiro de Castro
Graduada em Ciências Biológicas pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1993), mestrado em Biologia Celular e Estrutural pela Universidade Estadual de Campinas (1999) e doutorado em Clínica Médica pela Universidade Estadual de Campinas (2004), pós-doutorado pela University of Cambridge (2012). Atualmente é professor adjunto do Departamento de Biociências da Universidade Federal de São Paulo. Utilizando modelos experimentais da esclerose múltipla e estresse crônico na infância, avaliamos a expressão de fatores de crescimento, citocinas pró-inflamatórias e marcadores do estresse, bem como os processos autoimunes e de desmielinização. Especificamente a ação de citocinas e fatores de crescimento sobre ocorrência de proliferação celular, diferenciação e apoptose em células do sistema nervoso central, plasticidade hipocampal, bem como a pesquisa de agentes imunomoduladores sobre a manifestação clínica destes modelos.

Prof. Dr. Gustavo Rafael Mazzaron Barcelos
Graduado em Biomedicina pela Universidade de Franca (2004), mestrado em Genética e Biologia Molecular pela Universidade Estadual de Londrina (2007) e doutorado em Toxicologia pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto - USP (2010) com período de estágo no exterior no Instituto de Pesquisa ao Câncer da Universidade de Medicina de Viena, Áustria. Realizou Estágio de Pesquisa no Exterior, modalidade pós-doutorado, no Departamento de Medicina Ocupacional e Ambiental da Universidade de Lund, Suécia (2012) e na Sanofi-Aventis, Alemanha (2014). Atualmente é Professor Adjunto (Genética) do Departamento de Biociências da Universidade Federal de São Paulo, Campus Baixada Santista. Tem experiência nas áreas de Genética e Toxicologia, com ênfase em Mutagênese, Nutrigenômica, Estresse Oxidativo, Interações Gene-Ambiente, Toxicologia de Metais e Monitoramento de Populações Expostas a Toxicantes.

Profa. Dra. Hanna Karen Antunes
Graduada em Educação Física Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Uberlândia- UFU (1999), Mestrado em Psicobiologia pela Universidade Federal de São Paulo- UNIFESP, Departamento de Psicobiologia (2003) e Doutorado em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo- UNIFESP, Departamento de Psicobiologia (2006). Atualmente é Professora do Departamento de Biociências da Universidade Federal de São Paulo- Campus Baixada Santista, Docente do Curso de Educação Física- Modalidade Saúde. Tem experiência na área de Educação Física, Envelhecimento e Medicina e Biologia do Sono, atuando principalmente nos seguintes temas: Sono, Restrição e Privação do Sono e sua relação com o músculo esquelético, músculo cardíaco e tecido adiposo; Psicobiologia e Exercício Físico com ênfase em: Cognição, Humor e Dependência de Exercício Físico.

Profa. Dra. Luciana Le Sueur Maluf
Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho / UNESP (1993-1994), mestrado em Morfologia pela Universidade Estadual de Campinas / UNICAMP e doutorado em Biologia Celular e Estrutural pela mesma Universidade. É Professora da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP - campus Baixada Santista) e orientadora do Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Ciências da Saúde. Tem experiência na área de Morfologia, com ênfase em Histologia e Embriologia. Atualmente desenvolve projetos na área de Neurociências e Reprodução, especialmente aspectos ligados à modulação da resposta de estresse em fêmeas e sua relação com parâmetros de fertilidade.

Profa. Dra. Márcia Nagaoka
Graduada em Biomedicina pela UNIFESP (1993), mestrado em Biologia Molecular (1995) e doutorado em Ciências (Biologia Molecular; 2000) pela UNIFESP. Realizou estágio de pós-doutorado na Universidade de Montreal (Canadá) sob a supervisão do Dr Pierre-Michel Huet na área de isquemia e reperfusão de fígados submetidos a transplante experimental. Livre-docente pela Unifesp-campus Baixada Santista (2019) na área de Bases celulares e bioquímicas do Metabolismo. Atualmente é Professor Associado nível 3 da Universidade Federal de São Paulo - campus Baixada Santista. Tem experiência na área de Medicina, Bioquímica e Fisiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: modulação hepática do sistema calicreína-cinina e renina-angiotensina em diferentes modelos experimentais, bem como morte celular na isquemia e reperfusão de fígados. Palavras-chave: fígado, bradicinina, angiotensina, fibrose, cirrose, isquemia-reperfusão, transplante experimental.

Profa. Dra. Nara Rejane Cruz de Oliveira
Graduada em Educação Física pela Escola Superior de Educação Física de Goiás - Universidade Estadual de Goiás (1997), Especialização em Educação Física Escolar pela mesma instituição (1997), Mestrado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas na área de Pedagogia do Movimento (2003), Doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo na área de Didática, Teorias de Ensino e Práticas Escolares (2010). Professora Adjunta do Departamento de Ciências do Movimento Humano da Universidade Federal de São Paulo. Possui experiência nas áreas de Educação, Educação Física e Interdisciplinar em Ciências da Saúde, desenvolvendo atividades de ensino, pesquisa e extensão universitária.

Profa. Dra. Regina Cláudia Barbosa da Silva
Graduada em Biomedicina pela UNIFESP (1993), mestrado em Biologia Molecular (1995) e doutorado em Ciências (Biologia Molecular; 2000) pela UNIFESP. Realizou estágio de pós-doutorado na Universidade de Montreal (Canadá) sob a supervisão do Dr Pierre-Michel Huet na área de isquemia e reperfusão de fígados submetidos a transplante experimental. Livre-docente pela Unifesp-campus Baixada Santista (2019) na área de Bases celulares e bioquímicas do Metabolismo. Atualmente é Professor Associado nível 3 da Universidade Federal de São Paulo - campus Baixada Santista. Tem experiência na área de Medicina, Bioquímica e Fisiologia, atuando principalmente nos seguintes temas: modulação hepática do sistema calicreína-cinina e renina-angiotensina em diferentes modelos experimentais, bem como morte celular na isquemia e reperfusão de fígados. Palavras-chave: fígado, bradicinina, angiotensina, fibrose, cirrose, isquemia-reperfusão, transplante experimental.

Profa. Dra. Regina Helena da Silva
Graduada em Ciências Biológicas - Modalidade Médica pela Universidade Federal de São Paulo (1994), mestrado em Farmacologia pela Universidade Federal de São Paulo (1997) e doutorado em Farmacologia pela Universidade Federal de São Paulo (2001). Realizou estágio de pós-doutoramento na UNIFESP como bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (2002-2003). Foi professora visitante do departamento de farmacologia da UNIFESP (2004-2005). Posteriormente, atuou como professora efetiva da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, orientando pelo Programa de Pós-graduação em Psicobiologia, do qual foi vice-coordenadora. Desde julho de 2014, é Professora Associada da Universidade Federal de São Paulo. Atua na área de pesquisa básica em neuropsicofarmacologia com ênfase nos seguintes temas: memória e aprendizado, relação memória e estados emocionais, modelos animais de distúrbios do sistema nervoso central e influência do sexo na neurociência comportamental.

Profa. Dra. Suzete Maria Cerutti
Graduada em Biologia pela Universidade de Passo Fundo (1985), Mestrado em Fisiologia e Biofísica pela Universidade Estadual de Campinas (1991), Doutorado em Fisiologia e Biofísica pela Universidade Estadual de Campinas (1997) e Pós-doutorado pelo Departamento de Anatomia-ICB-USP (1999). Atuou durante 14 anos como docente titular em Fisiologia na Universidade São Francisco, Bragança Paulista. Atualmente é professor associado Livre-docente no Departamento de Ciência Biológicas da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Tem experiência na área de Fisiologia, com ênfase em neurociências, atuando principalmente em estudos que avaliam as bases celulares, moleculares e sistêmica da memória e os efeitos de fitoterápicos ou fitofármacos em organismos saudáveis ou modelos da doença de Alzheimer.

 

 

Galeria de Diretores - Campus Baixada Santista

Gestão 04/2019 - Atual

odair-aguiar-jr.jpg

Diretor: Odair Aguiar Junior
Currículo Lattes

Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) em 1997, onde também fez Doutorado em Biologia Celular e Estrutural e pós-doutorado em Biologia Molecular. Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Campus Baixada Santista, onde foi Chefe do Departamento de Biociências (maio de 2011 à março de 2015) e Vice-Diretor Acadêmico do Campus (abril de 2015 a dezembro de 2018). Atualmente é o Diretor Acadêmico do Campus (mandato 2019-2023). É orientador dos Programas de Pós-graduação "Interdisciplinar em Ciências da Saúde" e "Alimentos, Nutrição e Saúde". Tem experiência na área de citogenética animal, biologia molecular e análise ultra-estrutural de espermatozoides. Atualmente investiga aspectos da "Fisiopatologia do Sistema Reprodutor Masculino" com ênfase no estudo da fisiologia testicular e do epidídimo frente a substâncias exógenas e/ou condições fisiológicas potencialmente danosas. Possui 07 orientações de Mestrado concluídas e 02 em andamento, além de 01 orientação e 3 co-orientações de Doutorado concluídas. Em nível de Iniciação Científica, possui 11 orientações concluídas. 

gustavo-fonseca.jpg

Vice-Diretor: Gustavo Fernandes Camargo Fonseca
Currículo Lattes 

Gustavo Fonseca dedica-se a pesquisa na área de ecologia para melhor entender os mecanismos que estruturam as comunidades marinhas, na área de estatística implementando novas abordagens para lidar com dados multivariados e na área de taxonomia e sistemática para compreender a alta diversidade e o sucesso evolutivo dos nemátodas de vida-livre. Atualmente é docente no Instituto do Mar da Universidade Federal de São Paulo (Imar-UNIFESP) e está vinculado aos programas de pós-graduação Sistemas Costeiros Oceânicos (PGSISCO-UFPR), Biodiversidade e Ecologia Marinha e Costeira (PPGBEMC-UNIFESP) e Interdisciplinar em Ciências do Mar (PPGICTMar-UNIFESP).
 

Gestao 04/2015 - 04/2019

sylvia-batista.jpg

Diretora: Sylvia Helena Souza da Silva Batista
Currículo Lattes

Professora com Graduação em Bacharelado em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (1985), graduação em Formação de Psicólogo pela Universidade Federal do Pará (1986), graduação em Licenciatura Plena Em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (1986), mestrado e doutorado em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1993, 1997). Livre Docente em Ensino em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo (2018) e, em andamento, o Pós-Doutorado no King's College London - Florence Nightingale Faculty of Nursing,Midwifery and Palliative Care. Atuo na área de Educação na Saúde, destacando-se os temas de formação docente para o ensino superior em saúde, formação em saúde e educação interprofissional. Nestes âmbitos realizo minhas atividades acadêmicas (ensino, pesquisa, extensão) e dirigido minhas publicações (artigos científicos e livros). Além da graduação, atuo como docente permanente dos Programas de Pós-graduação Interdisciplinar em Ciências da Saúde, Ensino em Ciências da Saúde e Interdisciplinar em Ciências do Mar. No campo da gestão acadêmica ocupei os cargos de vice-chefe do departamento Saúde, Educação e Sociedade (Campus Baixada Santista/Unifesp), vice-diretora (eleita) e diretora (eleita) do Campus Baixada Santista/ Instituto Saúde e Sociedade da Universidade Federal de São Paulo. Atualmente, sou Coordenadora Pro Tempore do Programa Ensino em Ciências da Saúde- Mestrado Profissional. 

odair-aguiar-jr.jpg

Vice-Diretor: Odair Aguiar Junior
Currículo Lattes

Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) em 1997, onde também fez Doutorado em Biologia Celular e Estrutural e pós-doutorado em Biologia Molecular. Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Campus Baixada Santista, onde foi Chefe do Departamento de Biociências (maio de 2011 à março de 2015) e Vice-Diretor Acadêmico do Campus (abril de 2015 a dezembro de 2018). Atualmente é o Diretor Acadêmico do Campus (mandato 2019-2023). É orientador dos Programas de Pós-graduação "Interdisciplinar em Ciências da Saúde" e "Alimentos, Nutrição e Saúde". Tem experiência na área de citogenética animal, biologia molecular e análise ultra-estrutural de espermatozoides. Atualmente investiga aspectos da "Fisiopatologia do Sistema Reprodutor Masculino" com ênfase no estudo da fisiologia testicular e do epidídimo frente a substâncias exógenas e/ou condições fisiológicas potencialmente danosas. Possui 07 orientações de Mestrado concluídas e 02 em andamento, além de 01 orientação e 3 co-orientações de Doutorado concluídas. Em nível de Iniciação Científica, possui 11 orientações concluídas. 


Gestão 04/2011 - 04/2015

regina-spadari.jpg

Diretora: Regina Celia Spadari
Currículo Lattes

É professora titular da Universidade Federal de São Paulo e ex-bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq. Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1974), mestre em Ciências Biológicas (Fisiologia) pela Universidade Estadual de Campinas (1978), doutora em Ciências (Fisiologia Humana) pelo ICB/ Universidade de São Paulo (1985), livre-docente pelo Depto de Fisiologia e Biofísica/IB/UNICAMP em 1996. Desenvolve pesquisa na área de Biologia do Estresse, com ênfase nos efeitos periféricos do estresse, estudando principalmente as vias de sinalização adrenérgica no coração e os marcadores endócrinos e metabólicos em modelos animais de estresse. Outra abordagem do tema refere-se a busca de marcadores biológicos do estresse, principalmente cortisol salivar e variabilidade da frequência cardíaca em sujeitos portadores de doenças (como endometriose, por ex.), cuidadores de pacientes com doenças crônicas (paralisia cerebral, por ex.), atletas e estudantes. Orienta alunos em diferentes níveis desde IC até pós-doutorado no programa de pós-graduação Interdisciplinar em Ciências da Saúde. Tem ampla experiência em gestão na universidade e coordenação de projetos. Foi diretora do campus Baixada Santista no período de 2011 a 2015. Foi docente da UNICAMP/ IB/ Depto de Fisiologia e Biofísica de 1975 a 2005. É docente do Depto de Biociências/ Campus Baixada Santista UNIFESP desde 2005. Em dezembro de 2018 foi homenageada pelo Conselho Universitário por sua atuação no campus Baixada Santista.

sylvia-batista.jpg

Vice-Diretora: Sylvia Helena Souza da Silva Batista
Currículo Lattes

Professora com Graduação em Bacharelado em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (1985), graduação em Formação de Psicólogo pela Universidade Federal do Pará (1986), graduação em Licenciatura Plena Em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (1986), mestrado e doutorado em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1993, 1997). Livre Docente em Ensino em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo (2018) e, em andamento, o Pós-Doutorado no King's College London - Florence Nightingale Faculty of Nursing,Midwifery and Palliative Care. Atuo na área de Educação na Saúde, destacando-se os temas de formação docente para o ensino superior em saúde, formação em saúde e educação interprofissional. Nestes âmbitos realizo minhas atividades acadêmicas (ensino, pesquisa, extensão) e dirigido minhas publicações (artigos científicos e livros). Além da graduação, atuo como docente permanente dos Programas de Pós-graduação Interdisciplinar em Ciências da Saúde, Ensino em Ciências da Saúde e Interdisciplinar em Ciências do Mar. No campo da gestão acadêmica ocupei os cargos de vice-chefe do departamento Saúde, Educação e Sociedade (Campus Baixada Santista/Unifesp), vice-diretora (eleita) e diretora (eleita) do Campus Baixada Santista/ Instituto Saúde e Sociedade da Universidade Federal de São Paulo. Atualmente, sou Coordenadora Pro Tempore do Programa Ensino em Ciências da Saúde- Mestrado Profissional. 
 

Gestão 08/2004 - 04/2011

nildo-alves-batista.jpg

Nildo Alves Batista
Currículo Lattes 

Professor Titular da Universidade Federal de São Paulo, é médico, pediatra, mestre em Medicina (Pediatria) e doutor em Medicina (Pediatria) pela Universidade de São Paulo e Livre-Docente em Educação Médica pela Universidade Federal de São Paulo. Membro Titular da Academia de Medicina de São Paulo (Cadeira 104, cujo Patrono é Otto Guilherme Bier). Atual Presidente da Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM). Diretor (2017-) do Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde (CEDESS), foi seu fundador e primeiro diretor (1997-2005). Professor orientador do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências da saúde, níveis mestrado acadêmico e doutorado e do Programa de Mestrado Profissional Ensino em Ciências da Saúde. Vem desenvolvendo atividades de ensino e pesquisa relacionadas com a Educação Médica e com o Ensino na Saúde desde 1990, atuando principalmente nas seguintes áreas: educação médica, educação em saúde, docência e formação docente em Medicina e no ensino em ciências da saúde. Nessas áreas tem centrado suas publicações de artigos científicos em periódicos e livros. Tem prêmios e títulos no campo do ensino, desde homenagens como patrono de turmas a trabalhos científicos premiados, abrangendo prêmios de Mérito Educacional na área do Educação Médica.