Relações Internacionais

RELAÇÕES INTERNACIONAIS
 
CAMPUS OSASCO
Integral e Noturno
Duração
Integral: 8 semestres
Noturno: 10 semestres
Número de Vagas: 40 Integral e 40 Noturno
 
Sobre o curso
Em um cenário de globalização e interdependência, multilateralismo e cooperação, guerras e paz, governança e paradiplomacia, novos temas sociais, econômicos, políticos, diplomáticos e estratégicos, as Relações Internacionais constituem-se em um campo dinâmico de conhecimento. Para o Brasil que busca cada vez mais um papel diferenciado no sistema internacional, trata-se de área em crescimento e expansão no setor público e privado, que demanda um profissional capacitado para pensar o país e o mundo. Entender o passado para projetar o futuro, atuando no presente de forma propositiva e crítica são desafios que ultrapassam fronteiras e sociedades nacionais. Neste contexto, o curso de graduação em Relações Internacionais do Campus Osasco da UNIFESP visa a formação de um Bacharel multifacetado capaz de atuar além fronteiras desenhar cenários e projetar o Brasil de forma autônoma e assertiva no equilíbrio de poder mundial. Atividades Acadêmicas: Pesquisa, Extensão, TCC, Negociação, Simulação e Análise de Risco e Estratégia.
 
Principais Unidades Curriculares
Introdução à Política Internacional, Teoria das RI, História das RI, Política Externa Brasileira, Direito Internacional, Organizações Internacionais, Integração Regional, Governança, Política e Segurança Internacional Questões Estratégicas e Análise de Política Externa. 
 
Mercado de Trabalho
O graduado desenvolverá habilidades críticas, analíticas e propositivas e estará habilitado a atuar em diversas áreas do setor Público e Privado; Diplomacia, Consultoria, Organizações Internacionais Governamentais e Não Governamentais, Educação, Sindicatos, Partidos Políticos e Grupos de Interesse, Empresas, Bancos, Mídias e Informação e Terceiro Setor.
 
Diferencial do Curso
Prover formação em Relações Internacionais por meio de um curso baseado nas demandas curriculares multidisciplinares da área, habilitando profissionais de perfil crítico, propositivo e analítico, capacitados para a liderança e o pensamento estratégico, e que atuem proativamente nas diversas arenas do setor público e privado, como agentes do país.
 
 
Coordenação
 
Prof.ª Dr.ª Ismara Izepe de Souza
Áreas de pesquisa e interesse: História da Política Externa Brasileira; Política Externa Brasileira Contemporânea; História da Política Externa; Política Externa e Imprensa; Relações Hispano-Brasileiras; Guerra Civil Espanhola; Imigração Espanhola.
Unidades curriculares ministradas: História da Política Externa, Política Externa Brasileira, História das ideias política no Brasil - século XX.
Vice-coordenação
 
Prof.ª Dr.ª Juliana Bigatão Puig
Áreas de pesquisa e interesse: Política Internacional; Paz, Defesa e Segurança; Defesa na América do Sul.
Unidades curriculares ministradas:  Organizações Internacionais, Temas Sociais em Relações Internacionais. 

Chefe de Departamento

Prof.ª Dr.ª Fabiana Rita Dessotti
Áreas de pesquisa e interesse: Política Comercial, Integração Regional, América Latina;  Redes Internacionais de Cidades.
Unidades curriculares ministradas:  Economia Mundial, Comércio Internacional, Mercado Financeiro e de Capitais, Trabalho de Conclusão de Curso.
 
Vice-chefe de Departamento
 
Prof. Dr. Osmany Porto de Oliveira
Áreas de pesquisa e interesse: Difusão Internacional de Políticas, Políticas Públicas Internacionais, Democracia e Participação Política.
Unidades curriculares ministradas: Análise de Política Externa, Organizações Internacionais e Difusão Internacional de Políticas Públicas

Corpo Docente do Curso
 
Prof. Dr. Acácio Augusto
Áreas de pesquisa e interesse: segurança internacional, terrorismo, movimentos sociais planetários, narcotráfico, conflitos urbanos, violência, anarquismo.
Unidades curriculares ministradas: Segurança Internacional.
   
Prof.ª Dr.ª Cristina Soreanu Pecequilo
Áreas de pesquisa e interesse: Política Externa dos Estados Unidos, Política Externa Brasileira, Política Externa da China e das Grandes Potências.
Unidades curriculares ministradas: Introdução à Política Internacional, Política Internacional Contemporânea.
 
Prof. Dr. Daniel Campos de Carvalho
Áreas de pesquisa e interesse: Direito Internacional e Governança Global, Direitos Humanos, Sistemas Internacionais e Regionais de Proteção aos
Direitos Humanos, Direito da União Europeia, Teoria Geral e História do Direito Internacional.
Unidades curriculares ministradas:  Direito Internacional, Sistemas de Direito, Direito e Democracia na Integração Europeia.
 
Prof.ª Dr.ª Esther Solano Gallego
Áreas de pesquisa e interesse: Conflitos sociais e violência urbana na esfera internacional, Conflitos sociais no mundo contemporâneo, Movimentos Sociais, Feminismo, Gênero e as Relações Internacionais.
Unidades curriculares ministradas:  Teoria das Relações Internacionais, Movimentos Sociais e Conjuntura Nacional, Desafios Democráticos na Atualidade.
 
Prof. Dr. Fábio Luis Barbosa dos Santos
Áreas de pesquisa e interesse: História da América Latina; Relações Internacionais na América Latina; Pensamento Brasileiro e Latino-Americano. 
Unidades curriculares ministradas: Relações Internacionais da América Latina,  História e Conjuntura do Mundo não-Europeu, Formação e Crise do Brasil Contemporâneo. 
 
Prof. Dr. João Alberto Amorim
Áreas de pesquisa e interesse: Direitos Humanos, Meio Ambiente e Segurança Internacional; Direito Internacional do Meio Ambiente; Direito dos Refugiados e Migrantes; Direito Internacional Penal, Direitos e Políticas Públicas para imigrantes e refugiados.
Unidades curriculares ministradas: Princípios de Direito, Direito Internacional. Sistemas de Direito, Direito Internacional dos Refugiados.
 
Prof. Dr. José Alexandre Altahyde Hage
E-mail: alexandrehage@hotmail.com
Áreas de pesquisa e interesse: Geopolítica do Brasil, Política Energética e Estudos Estratégicos.
Unidades curriculares ministradas: Geopolítica, Questões Estratégicas Contemporâneas, Pensamento Social e Política Externa Brasileira.
 
Prof.ª Dr.ª Juliana Bigatão Puig
Áreas de pesquisa e interesse: Política Internacional; Paz, Defesa e Segurança; Defesa na América do Sul.
Unidades curriculares ministradas:  Organizações Internacionais, Temas Sociais em Relações Internacionais. 
 
Prof.ª Dr.ª Karen Fernandez Costa
Áreas de pesquisa e interesse: Economia Política Internacional; Políticas de Desenvolvimento e Inovação; Governança Econômica Internacional; Difusão Internacional de Políticas.
Unidades curriculares ministradas: Teoria das Relações Internacionais e Política Comparada.
 
Prof. Dr. Marcus Maurer de Salles
Cedido para Servir ao Mercosul, na condição de Consultor Jurídico do Setor de Assessoria Técnica da Secretaria do Mercosul. Selecionado com base em Edital de Concurso para Provimento de Cargos para Funcionários Internacionais de Nacionalidade Brasileira (Edital 1/2015). Cessão para Servir em Organismo Internacional do qual o Brasil participe. Fundamento legal: art. 96 da Lei 81120/90.
  
Prof.ª Dr.ª Marina Gusmão de Mendonça
E-mail: marinamendonca@uol.com.br
Áreas de pesquisa e interesse: História do Brasil; História Econômica; História da África; História Contemporânea e Economia Política Internacional.
Unidades curriculares ministradas: Economia Brasileira, Formação Econômica do Brasil e Aspectos Essenciais da História da África. 
 
Prof.ª Dr.ª Marina Gisella Vitelli (Professora Visitante)
Áreas de pesquisa e interesse: Segurança Internacional, Cooperação em Defesa na América do Sul, Conselho de Defesa Sul-Americano, Políticas de Defesa do Brasil e da Argentina e Missões das Forças Armadas.
Unidades curriculares ministradas: Teoria das Relações Internacionais.
 
Prof. Dr. Nilo Américo Rodrigues Lima de Almeida
Áreas de pesquisa e interesse: GeoEconomia Mundo; GeoPolítica; Fundamentações Estratégicas para Integração entre Países: Nova Rota da Seda e Mercosul; Solidariedades Territoriais/Geográficas para Valorização do Território (Nações e Cidades), GeoEconomia Criativa e Digital.
Unidades curriculares ministradas: Economia Mundial; Compreensão da Realidade Brasileira 3: Território e Desenvolvimento.
 
Prof.ª Dr.ª Regiane Nitsch Bressan
Áreas de pesquisa e interesse: América Latina; Integração Regional; Regionalismo; Relações Internacionais. 
Unidades curriculares ministradas: Integração Regional; Blocos Econômicos Regionais; Trabalho de Conclusão.
 
Prof. Dr. Rodrigo Medina Zagni
Áreas de pesquisa e interesse: História das Relações Internacionais; História Contemporânea; Conflitos Internacionais; Conflitos Armados, Massacres e Genocídios; Guerras no Pós-Guerra Fria.
Unidades curriculares ministradas: História das Relações Internacionais, Conflitos armados, massacres e genocídios na era contemporânea, Introdução aos Estudos Históricos, Temas do Pensamento Latino-Americano.
 
Professor Visitante
 
Prof.ª Dr.ª Juliana Jerônimo Costa
E-mail: julianacosta@uol.com.br
Áreas de pesquisa e interesse: Análise de Politica Externa, Cooperação Internacional para o Desenvolvimento, Cooperação e Relações Sul-Sul
Unidades curriculares ministradas: Temas Sociais em Relações Internacionais
 
Prof.ª Dr.ª Fabíola Fanti
Áreas de pesquisa e interesse: Movimentos sociais e direito, mobilização transnacional do direito, movimento feminista e estudos de gênero, estudos sobre Poder Judiciário
Unidades curriculares ministradas: Movimentos sociais e mobilização transnacional dos direitos humanos.

 

Secretaria do Curso:

Secretaria Integrada (8h às 20h)
Tel.: (11) 2284-6903
 
 
Matriz Curricular - A partir de 2020
 
 
Matriz Curricular - Relações Inernacionais - Integral - 8 Semestres
1. Termo 2. Termo 3. Termo 4. Termo 5. Termo 6. Termo 7. Termo 8. Termo
Introdução à Política
Internacional
Metodologia da Pesquisa Interdisciplinar Teoria Social Contemporânea Política Internacional
Contemporânea
Elaboração e Gestão de Projetos Integração
Regional
TCC I TCC II
História das Relações
Internacionais I
História das Relações
Internacionais II
História da Política
Externa Brasileira
Política Externa
Brasileira Contemporânea
Organizações Internacionais Governamentais
e Não-Governamentais
Análise de Política
Externa
Temas Sociais em
Relações Internacionais
Questões Estratégicas
Contemporâneas
Teoria Política I Métodos Quantitativos Aplicados às Políticas Públicas e Sociais Princípios do Direito para
Relações Internacionais
Direito Internacional Sistemas de Direito
Internacional
Economia
Mundial
Eletiva Comércio Internacional
Compreensão da Realidade Brasileira 1 Teoria Política II Teoria das RI I Teoria das RI II Teoria das RI III Política
Comparada
Eletiva Eletiva
Introdução à
Economia
Formação Econômica do Brasil Economia Brasileira Compreensão da Realidade Brasileira 3 Geopolítica Relações Internacionais da
América Latina Contemporânea
Eletiva Eletiva
        Segurança Internacional   Eletiva  
 
 
Relações Internacionais – Noturno
1. Termo 2. Termo 3. Termo 4. Termo 5. Termo 6. Termo 7. Termo 8. Termo 9. Termo 10. Termo
Introdução à Política Internacional Metodologia da Pesquisa Interdisciplinar Teoria Social Contemporânea Política Internacional Contemporânea Elaboração e Gestão de Projetos Integração  Regional Temas Sociais em Relações Internacionais Questões Estratégicas 
Contemporâneas
TCC I  TCC II
História das Relações  Internacionais I História das Relações Internacionais II História da Política  Externa Brasileira Política Externa Brasileira Contemporânea Organizações Internacionais Governamentais e Não-Governamentais. Economia  Mundial Segurança Internacional Política  Comparada Eletiva Eletiva
Teoria Política I Métodos Quantitativos Aplicados às PPS Princípios do Direito para Relações Internacionais Direito Internacional Sistemas de Direito Internacional Análise de Política Externa Eletiva Comércio Internacional Eletiva Eletiva
Compreensão da Realidade Brasileira 1 Teoria Política II Teoria das RI I Teoria das RI II Teoria das RI III Relações Internacionais da América Latina Contemporânea Eletiva      
Introdução à Economia Formação Econômica do Brasil Economia Brasileira Compreensão da Realidade Brasileira 3 Geopolítica          

 

OBRIGATÓRIAS EIXO COMUM

  • Compreensão da Realidade Brasileira 1: Processo Histórico-Político
  • Metodologia da Pesquisa Interdisciplinar
  • Métodos Quantitativos Aplicados às Políticas Públicas e Sociais
  • Teoria Social Contemporânea
  • Compreensão da Realidade Brasileira 3: Território e Desenvolvimento
  • Elaboração e Gestão de Projetos

ELETIVAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS

  • A Crise da Democracia
  • Antropologia Política e do Estado na América Latina
  • Aspectos Essenciais da História da África
  • Blocos Econômicos Regionais
  • Conflitos Armados, Massacres e Genocídios na Era Contemporânea
  • Constitucionalização Global dos Direitos Humanos
  • Democracia e processos de democratização no século XXI
  • Diálogos Materialistas nas Relações Internacionais
  • Difusão de Políticas Públicas e Cooperação para o Desenvolvimento
  • Direito e Democracia na Integração Europeia
  • Direito Internacional dos Refugiados
  • Direito, Gênero e Sexualidade
  • Direitos Humanos e Justiça Internacional;
  • Ditaduras e Golpes de Estado
  • Elaboração de Projetos
  • Estado, Política e Direitos Humanos
  • Forças Armadas, defesa e democracia na América Latina
  • Formação e Crise do Brasil Contemporâneo
  • Guerras e democracia: processos de securitização governamental e neoliberal
  • História das Ideias Políticas no Brasil - século XX
  • História e Conjuntura do Mundo Não Europeu
  • Introdução aos Estudos Históricos
  • Justiça de transição e Direitos Humanos
  • Justiça de Transição e Direitos Humanos
  • Mercado Financeiro e de Capitais
  • Mercado planetário de segurança: da indústria do controle de crime às tecnologias planetárias de monitoramento
  • Movimentos Sociais e Conjuntura Nacional
  • Movimentos sociais e mobilização transnacional dos Direitos Humanos
  • Mudanças Climáticas, Saúde Pública e Migrações;
  • Negociações Econômicas Internacionais
  • Pensamento Social e Política Externa Brasileira
  • Planejamento Governamental e Economia Brasileira
  • Práticas de gestão municipal e redes internacionais de cidades
  • Proteção internacional dos Direitos Humanos: o sistema interamericano
  • Regimes Econômicos Internacionais
  • Temas do Pensamento Latino-Americano
  • Teoria Geral do Direito e do Direito Internacional
  • Teorias do Imperialismo
  • Violência e Responsabilização

Os estudantes de Relações Internacionais podem cursar Unidades Curriculares em quaisquer outros cursos da EPPEN-UNIFESP. As UCS cursadas em outros cursos da EPPEN são consideradas Eletivas no curso de RI.

Documentos do Curso

 
TCC - Trabalho de Conclusão de Curso

Atividades Complementares

  
Projetos de Extensão do Curso de Relações Internacionais
 
Criado em 2016, a missão geral do Laboratório de Políticas Públicas Internacionais (LABOPPI) é ser um lócus de produção de pesquisa, diálogo e interação – entre academia, governos e órgãos não-governamentais – e difusão de conhecimento. Os objetivos específicos do LABOPPI são:
  1. Produção de material didático, técnico e científico sobre as políticas públicas internacionais;
  2. Construção de bancos de dados;
  3. Realização de entrevistas sobre a teoria e a prática das políticas públicas internacionais;
  4. Gravação de podcasts;
  5. Produção de boletins de políticas públicas;
  6. Publicações de artigos científicos;
  7. Realização de oficinas e cursos de capacitação para alunos e interessados;
  8. Simulações;
  9. Consultorias;
  10. Organização de encontros. 
Inspirada em projetos similares realizados pela Associação Nossa América ao longo dos anos 2000, o programa de extensão Realidade Latino-Americana propõe o estudo, pesquisa e difusão de conhecimento sobre um ou mais países do continente em cada ano, a partir da constituição de grupos multidisciplinares e pluriinstitucionais de estudantes em diferentes estágios da formação acadêmica, bem como professores. Trata-se de um programa de múltiplas implicações acadêmicas, dentre as quais destacamos:
  1. o estudo teórico e o contato vivencial com a realidade de diferentes países latino-americanos;
  2. a possibilidade de aprender com especialistas no Brasil e nos países visitados;
  3. o contato com organizações sociais de diferente natureza (direitos humanos, movimentos populares, organizações indígenas, entre outras) e personalidades políticas, propiciando uma experiência de aprendizagem que transcende o ambiente acadêmico;
  4. uma vivência de estudo e pesquisa interdisciplinar e interinstitucional;
  5. possibilidade de aprendizagem intensiva, por meio da convivência extra acadêmica com professores e pós-graduandos ao longo do processo;
  6. uma experiência de construção coletiva do conhecimento, em contraste com a pesquisa individual;
  7. elaboração dos resultados do processo por meio da organização de eventos públicos ou publicações dos resultados;
  • frequentemente, alunos elegem temas relacionados ao processo para seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), iniciação científica, dissertação de mestrado ou tese de doutorado. O programa existe de 2014 e já foram visitados: Colômbia, Venezuela, Chile, Argentina, Peru, Bolívia e Cuba. 
Criado em 2017, o programa busca:
  1. democratizar o conhecimento crítico, pró-ativo e propositivo na área das Relações Internacionais, incentivando a consolidação dos estudos de área e dos estudos de caso sobre política internacional;
  2. estimular a reflexão sobre os possíveis cenários de reordenamento do equilíbrio de poder mundial a partir da compreensão das mudanças da ordem e da agenda internacional;
  3. debater o papel das nações emergentes do Terceiro Mundo na consolidação da ascensão do Sul;
  4. avaliar o papel crítico do Brasil e sua inserção internacional;
  5. proporcionar à comunidade interna e externa, ao público em geral atividades de conhecimento, divulgação e formação sobre as relações internacionais;
  6. ampliar a participação do público em geral no debate sobre a ordem mundial e o papel do Brasil. 
Observatório Sul-Americano de Defesa e Forças Armadas
Observatório Sul-Americano de Defesa e Forças Armadas" é um programa conjunto de grupos acadêmicos sul-americanos que se dedicam ao estudo dos assuntos da defesa e das forças armadas na região. O objetivo central é contribuir com o debate acerca das temáticas abordadas por meio da produção e divulgação de Informes semanais, tendo como referência as notícias publicadas nos principais periódicos de ampla circulação nos países integrantes: Argentina, Brasil, Colômbia, Paraguai, Uruguai e Venezuela.
O Informe Brasil é elaborado há 18 anos por pesquisadores do Grupo de Estudos de Defesa e Segurança Internacional (GEDES). 
Este projeto visa integrar ao Observatório docentes e discentes da Escola Paulista de Economia, Política e Negócios (EPPEN) da UNIFESP, constituindo uma equipe interinstitucional de redatores e uma rede de cooperação acadêmica envolvendo extensão e pesquisa. Dentre as atividades desenvolvidas, estão:

1. Produção semanal do Informe Brasil;
2. Discussão das notícias veiculadas pela mídia sobre defesa e forças armadas no Brasil e países da América do Sul e seu entorno estratégico;
3. Divulgação do Informe a toda comunidade interessada via correio eletrônico, redes sociais e site (https://gedes-unesp.org/observatorio-sul-americano-defesa-forcas-armadas/)
4. Elaboração de um banco de dados com base nas notícias coletadas, como forma de subsidiar futuras pesquisas;
5. Realização de reuniões de discussão da literatura especializada para embasar o entendimento das notícias que são publicadas pela mídia e comparar a abordagem de cada periódico em relação a determinado tema;
6. Promoção de mesas de debate, cursos de curta duração e de palestras.
 
LASInTec  - Laboratório de Análise em Segurança Internacional e Tecnologias
O LASInTec (Laboratório de Análise em Segurança Internacional e Tecnologias de Monitoramento) é um grupo de pesquisa e projeto de extensão do Departamento de Relações Internacionais da EPPEN-UNIFESP. Pesquisa as políticas de segurança  emsua atual simbiose entre segurança pública e segurança internacional e as tecnologias políticas de monitoramento. Interessa-se, também, pelas táticas de antisegurança. Promove ações de ensino e extensão voltadas ao diagnóstico dessas tecnologias políticas de controle e na construção de ações que contenham a atual ameaça que a segurança oferece às liberdades individuais e coletivas.