Futuro edifício do Campus Zona Leste receberá o nome de Padre Ticão

Categoria: Notícias da EFLCH Acessos: 413

Líder comunitário e religioso falecido em 1º de janeiro foi um dos principais responsáveis pela implantação do Instituto das Cidades.

Padre_Ticao.jpg

Um dos futuros edifícios do Instituto das Cidades da Universidade Federal de São Paulo (IC/Unifesp) - Campus Zona Leste receberá o nome de Padre Ticão. A homenagem foi apresentada em reunião do Conselho Estratégico Universidade-Sociedade (CEUS), realizada no último dia 29/01. Diversos conselheiros fizeram depoimentos sobre o Padre e sua trajetória e foi apresentado um vídeo produzido pela Unifesp em sua homenagem.

Antonio Luiz Marchioni,o Padre Ticão, foi uma das principais lideranças da Zona Leste de São Paulo. Pároco da Paróquia São Francisco de Assis em Ermelino Matarazzo desde 1978, ele participou ativamente de inúmeras frentes de luta e realizações que ajudaram diretamente a população local na garantia de direitos, dentre as quais destacam-se a Fatec Zona Leste, a USP Leste e, mais recentemente, o Instituto Federal de São Paulo em São Miguel e o Campus Zona Leste da Unifesp. O Padre Ticão também atuou em parceria com a Unifesp na implantação das Escolas da Cidadania da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, uma delas ocorreria no salão da Paróquia, e nos cursos de plantas medicinais, em especial o curso de Cannabis Medicinal, em conjunto com o CEBRID e com o professor emérito da Unifesp Elisaldo Carlini (falecido em 2020). O Conselho Universitário da Unifesp também prestou uma homenagem ao Padre Ticão na primeira reunião do ano, realizada em 13 de janeiro

O projeto do Edifício Padre Ticão contempla o Centro de Memória da Zona Leste, um teatro destinado a eventos acadêmicos, culturais e sociais que se abre para as áreas externas e para a sociedade, a Biblioteca do Campus, além de salas de aula, laboratórios e espaços pedagógicos, secretarias e núcleo de assistência ao estudante. O projeto executivo do edifício está em finalização e a captação de recursos foi iniciada, começando com emendas parlamentares. O valor estimado da obra é de 6 milhões de reais. Conheça mais sobre o projeto clicando aqui.

Matéria Originalmente publicada em: https://www.unifesp.br/noticias-anteriores/item/4995