Jubilandos

Com base no tempo regular previsto para o término dos cursos de graduação, os prazos máximos para a integralização curricular serão os seguintes:

I - 50% (cinquenta por cento) de acréscimo para os cursos em período integral;

II - 75% (setenta e cinco por cento) de acréscimo para os cursos em período parcial (cursos da EFLCH);

III - Em casos excepcionais, que deverão ser analisados individualmente, aprovadas pelas Comissões de Curso e posteriormente homologados pelo Conselho de Graduação, o prazo máximo de integralização poderá ser estendido em até 100% acima do mínimo previsto para conclusão do curso.

Em caso de transferência interna, o prazo máximo de integralização para o novo curso será calculado a partir da data de ingresso do estudante no curso de origem. 

Quando o cálculo do prazo de integralização apurar um número fracionado, este deverá ser arredondado para mais de forma a totalizar um período letivo completo.

ATENÇÃO: A ampliação do prazo de integralização, prevista no inciso III, deve ser solicitada pelo estudante através de abertura de processo no setor de Protocolos. Para maiores informações, procure pelo Apoio Pedagógico.

JUBILANDOS: 

No início de cada semestre, o Apoio Pedagógico realiza a divulgação da Lista dos jubilandos. Tal divulgação tem por objetivo alertar o estudante que está atingindo o prazo máximo de integralização regular. O estudante é convocado para assinar o Termo de Ciência do Jubilamento e receber orientações acerca do prazo de integralização e abertura de processo para ampliação excecpcional (inciso III), quando for o caso.