Bandar Live Casino

Reitora pro tempore da Unifesp participa de reunião com o presidente Lula

Encontro foi realizado com reitores(as) das universidades e institutos federais

Lula e reitores capa

Presidente Lula com o ministro da Educação, Camilo Santana, a ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, e os(as) reitores(as) ao fundo (Foto: Ricardo Stuckert/Presidência da República)

A reitora pro tempore da Unifesp, Raiane Assumpção, esteve presente, na quinta-feira (19/1), na reunião dos(as) reitores(as) das universidades e institutos federais realizada com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, com o objetivo de discutir novas perspectivas e ouvir as reivindicações das Ifes para o ensino superior brasileiro. Participaram do encontro 106 dirigentes de instituições de ensino de todos os estados e do Distrito Federal.

Presentes na mesa do encontro, ocorrido no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), estavam o ministro da Educação, Camilo Santana, a ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, o ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa, e o secretário-geral da Presidência, Márcio Macêdo.

Lula e reitores Lula cumprimeta presidente da Andifes
Presidente Lula discursando para os(as) 106 reitores(as) das Ifes e cumprimentando Ricardo Marcelo Fonseca, presidente da Andifes (Fotos: Ricardo Stuckert/Presidência da República)

O presidente Lula deu início à reunião dizendo ter orgulho de ter vivido momento em que mais se investiu em ciência e tecnologia, na educação universitária, nos ensinos fundamental e médio e nos institutos federais, relembrando os seus dois primeiros mandatos. Ele ressaltou ainda a importância da educação para o Brasil. “Não existe na história da humanidade nenhum país que conseguiu se desenvolver sem que antes tivesse resolvido o problema da formação de seu povo”, destacou.

O presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Ricardo Marcelo Fonseca, falou sobre as dificuldades orçamentárias vividas pelas universidades federais e reforçou o papel dessas instituições no desenvolvimento nacional. “Queremos apresentar a esse governo nossa firme disposição de estar a serviço do Brasil, não só na produção da ciência e tecnologia, na nossa função de resistência, na defesa da democracia, mas também queremos nos colocar a serviço dos projetos estratégicos do país, nas áreas do meio ambiente, da energia limpa, da reindustrialização e da educação”.

Luis Fortes MEC
O ministro Camilo Santana reforçou aos(às) reitores(as) a importância da educação para o desenvolvimento do país (Foto: Luís Fortes/MEC)

Para o ministro Camilo Santana, a reunião apresentou um forte simbolismo, ao mostrar que o governo está aberto para o diálogo. “O Ministério da Educação estará de portas abertas para o diálogo e união. São inúmeros desafios, mas compreendemos que nenhum país se desenvolve e gera justiça social sem investir em educação. Isso garante a soberania do país. Esse é o um governo que vai retomar a valorização e o respeito pelo ensino superior”, garantiu.

Santana reforçou alguns compromissos do MEC, como a ampliação da oferta de vagas; o enfrentamento da evasão escolar, garantindo a permanência estudantil; a retomada de investimentos no Prouni e Fies; o respeito à autonomia universitária, com a nomeação de todos(as) reitores(as) escolhidos(as) pela comunidade acadêmica; a construção do novo Plano Nacional de Educação (PNE), previsto para 2024; a criação do Sistema Nacional de Educação (SNE); a retomada de milhares de obras paralisadas; e o reajuste das bolsas da Capes e do CNPq.

Raiane e Camilo Santana Raiane a Luciana
Raiane Assumpção com o ministro Camilo Santana e a ministra Luciana Santos

“A reunião desta manhã simboliza a valorização das universidades e dos institutos federais pelo atual governo, como também o reconhecimento dessas instituições como constitutivas do Estado; portanto, correponsáveis pela soberania da nação e do povo brasileiro. Esta visão ratifica a concepção e os princípios da Unifesp como uma universidade pública, democrática, autônoma e transformadora de realidades", declarou a reitora pro tempore, Raiane Assumpção.

Reunião da Andifes com o MEC

No dia 18/1, Ricardo Marcelo Fonseca e sua equipe foram recebidos por Camilo Santana para retomar o diálogo do Governo Federal com as universidades. Segundo ele, o encontro abordou pautas prioritárias das Ifes. Na ocasião, o ministro também foi convidado para participar da próxima reunião do Conselho Pleno da associação. Leia mais aqui.

 

Lido 568 vezes Última modificação em Quinta, 02 Fevereiro 2023 11:08

Mídia