Bandar Live Casino
Quarta, 21 Setembro 2022 08:11

Nota técnica do Comitê Permanente de Enfrentamento da Pandemia da Covid-19 (CPEC) da Unifesp

Avaliação do cenário epidemiológico da covid-19 e adequação das medidas de prevenção

São Paulo, 20 de setembro de 2022

Há dois meses, estamos observando diminuição das notificações de novos casos, redução das internações e mortes por covid-19 no Brasil e, principalmente, na região metropolitana de São Paulo. A alta cobertura vacinal está sendo fundamental para este cenário epidemiológico. Até o momento, não há notícias da transmissão de novas variantes ou subvariantes da ômicron, além das já descritas. O inverno deste ano está ameno, isso diminui a circulação de vírus respiratórios e de Sars-CoV-2, pois os ambientes ficam mais ventilados e menos aglomerados. É fundamental que todos(as) estejam com as vacinas para covid-19 em dia, especialmente a quarta dose para todos(as) com mais de 18 anos.

No Hospital São Paulo, hospital universitário (HSP/HU Unifesp), a taxa de positividade de exames para covid-19 de pacientes pré-operatórios das cirurgias eletivas está inferior a 10% e, na Unifesp, os(as) trabalhadores(as) de saúde e os(as) alunos(as) com síndrome gripal em 9,5%, no mês de agosto de 2022 com tendência a diminuição nas primeiras semanas de setembro. Em levantamento recente sobre o número de vacinados(as) em todas as dependências da Unifesp, foi verificado em uma amostra de 5.237 trabalhadores(as) e estudantes, que 99% tinham sido vacinados(as) para covid-19. Casos pontuais de não vacinados(as) estão sendo analisados pelo Comitê de Enfrentamento da Covid-19 da Unifesp. As rematrículas de alunos(as) não vacinados(as) foram suspensas até serem analisadas caso a caso.

Diante deste cenário epidemiológico, recomendamos a suspensão da obrigatoriedade do uso de máscara nas salas de aula, dependências dos campi e ambientes externos aos serviços de saúde na Unifesp, tornando o seu uso facultativo. Em locais com serviços de saúde, o uso da máscara continua obrigatório como ambulatórios, todas as dependências do Hospital São Paulo, incluindo áreas administrativas, e demais ambientes assistenciais com fluxo de pacientes. Recomendamos que profissionais com mais de 60 anos, portadores(as) de doenças crônicas como diabetes, cardiopatias e doença pulmonar, entre outras, ou em uso de medicações imunossupressoras mantenham o uso de máscara para suas atividades.

O uso da máscara tem grande importância em indivíduos sintomáticos respiratórios, pois bloqueia a excreção de gotículas durante a fala, espirros e tosse. Mantenha o seu uso até a consulta médica. A máscara também deve ser oferecida e seu uso orientado para todos(as) os(as) pacientes internados(as) no HSP-Unifesp, desde que não tenham contraindicação para sua utilização. O uso da máscara também continua obrigatório para acompanhantes e visitantes de pacientes internados(as) ou em seguimento ambulatorial.

Nos restaurantes universitários ou refeitórios, serão flexibilizadas as medidas de distanciamento e podemos retornar às taxas de ocupação plena destas áreas.

A lavagem frequente das mãos com água e sabão ou higienização com álcool-gel continuam fundamentais para evitar a contaminação contra agentes infecciosos, incluindo as viroses.

Solicitamos que todos(as) respondam os questionários que estão sendo enviados sobre vacinação e infecção para covid-19 para mantermos as informações atualizadas para que as medidas orientadas estejam em consonância com nosso cenário epidemiológico.

Comitê Permanente de Enfrentamento da Covid-19 - Unifesp

Lido 357 vezes Última modificação em Sexta, 23 Setembro 2022 15:01

Mídia