Bandar Live Casino
Quinta, 03 Março 2022 16:10

Reitor da Unifesp visita futura sede do Centro Cochrane do Brasil e Hospital-Maternidade Amparo Maternal

Na manhã da quinta-feira (3/3), o reitor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Nelson Sass, visitou a futura sede do Centro Cochrane do Brasil, localizada no Edifício de Pesquisas I - Horácio Kneese de Mello do Campus São Paulo, com o intuito de conhecer as necessidades para instalação do centro de pesquisa na Unifesp e os projetos e serviços prestados na área do conhecimento e metodologias baseadas em evidência. Órgão complementar vinculado à Reitoria, no âmbito da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (ProPGPq), em colaboração com a Escola Paulista de Medicina (EPM) e Campus São Paulo, desde novembro de 2020, sob o nome de Centro de Gestão do Conhecimento e Desenvolvimento em Metodologias Baseadas em Evidências da Unifesp, o local completou 25 anos em 2021.

Dentre suas atividades, realiza revisões sistemáticas, pesquisas clínicas e avaliações de tecnologias em saúde e consultorias científicas e promove formação, workshops de revisão sistemática e metodologia de pesquisa, com incidência em políticas públicas, destacando-se na produção científica em parcerias com diversos núcleos acadêmicos. A ideia é ampliar a atuação do órgão para outras áreas do conhecimento, como o Direito e Políticas Públicas, por exemplo.

VisitaCentroCochrane portal 2

Além do reitor, estavam presentes o fundador e atual diretor do Centro Cochrane do Brasil, Álvaro Atallah, a pró-reitora e o pró-reitor adjunto de Pós-Graduação e Pesquisa, Lia Bittencourt e Ricardo Bertolla, o diretor acadêmico e a vice-diretora acadêmica do Campus São Paulo, Ramiro Anthero de Azevedo e Ieda Maugeri, o diretor da Escola Paulista de Medicina (EPM), Fulvio Scorza, a assessora do Gabinete Larissa Beltramim, dentre outros(as) membros da comunidade.

"Esperamos que, como órgão complementar da Unifesp, tenhamos a oportunidade de expandir as atividades do centro para toda a universidade. É um bom instrumento para a internacionalização da Unifesp", comentou Atallah. Além disso, como comentou Bittencourt, "vamos envolver a área de inovação e também será fundamental aproximar nossa área de graduação para ampliação da participação dos(as) estudantes". Para Beltramim, com mais esse passo na institucionalização do centro, será possível firmar acordos diretamente com o Ministério da Saúde, trazendo, assim, mais recursos para a universidade.

"Em um momento de crise como o atual, o esforço em se tomar decisões baseadas em evidências significa a redução de custos e otimização de recursos. Essas ações efetivas trarão uma organização para as práticas clínicas. Ele tem muito a oferecer", ressaltou o reitor da Unifesp.

VisitaCentroCochrane portal 1 VisitaCentroCochrane portal 3

Parceria Unifesp-SPDM para ações acadêmicas no Hospital-Maternidade Amparo Maternal

Em seguida, ainda pela manhã, a comitiva com o reitor da Unifesp esteve no Hospital-Maternidade Amparo Maternal em celebração ao acordo de parceria firmado em 2021, a partir do Departamento de Obstetrícia da Escola Paulista de Medicina (EPM) e da Escola Paulista de Enfermagem (EPE) da Unifesp e a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), visando ao desenvolvimento de atividades acadêmico-assistenciais no local, que atua no acolhimento social e na assistência à saúde materno-infantil. O Hospital-Maternidade Amparo Maternal é uma unidade da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), gerenciada em parceria com a SPDM por meio do Programa de Atenção Integral à Saúde (PAIS).

Acompanhando o reitor Nelson Sass, estavam a vice-reitora da Unifesp, Raiane Assumpção, o presidente da SPDM, Ronaldo Laranjeira, o diretor da EPM, Fulvio Scorza, o diretor da EPE, Alexandre Balsanelli, o superintendente do PAIS/SPDM, Mário Monteiro, o diretor acadêmico do Campus São Paulo e diretor de Educação Permanente e Sustentabilidade do PAIS/SPDM, Ramiro Anthero de Azevedo, o chefe do Departamento de Obstetrícia, David Pares, entre demais docentes da Obstetrícia, a assessora do Gabinete Larissa Beltramim, e a diretora do Amparo Maternal, Fernanda Lance, que apresentou as instalações do hospital aos(às) visitantes e realizou um breve panorama dos indicadores de 2021.

VisitaAmparoMaternal portal 3

O local, que possui 104 leitos, realiza mais de 540 partos mensalmente, em média, oferecendo um atendimento e acolhimento humanizados. No ano passado, foram feitos cerca de 1.600 atendimentos por mês, seja por demanda espontânea ou via Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde (CROSS), apresentando um índice de satisfação das usuárias de quase 90%.

Em uma breve fala, Laranjeira destacou a integração do serviço entre as escolas de Enfermagem e Medicina da Unifesp e a SPDM. Já Monteiro salientou a conjunção de esforços para uma transição sem sobressaltos e o trabalho em cooperação com a Unifesp, que resultou nessa parceria de sucesso, beneficiando a formação dos(as) estudantes e residentes médicos(as) e multiprofissionais.

"Temos trabalhado em cooperação com uma sinergia muito produtiva e positiva entre todas as áreas. Assim, a universidade vai se expandindo com essas parcerias em ações convergentes. Muita alegria em ver todo esse trabalho resultando em uma formação de muita qualidade", comemorou o reitor ao final do encontro.

VisitaAmparoMaternal portal 2 VisitaAmparoMaternal portal 1

Em 2022, além da visita ao Centro Cochrane do Brasil e ao Amparo Maternal, o reitor Nelson Sass também esteve em São José dos Campos no ICT/Unifesp e no ITA, em Santos, no ato de descerramento de placa inaugural que marcou oficialmente a transferência do endereço da unidade-fundadora do Campus Baixada Santista para o icônico Edifício Banco do Brasil, no Centro Histórico de Santos, e em Osasco, quando visitou as obras do novo prédio da instalação definitiva da Eppen/Unifesp, localizado no bairro de Quitaúna.

Fotos: Alex Reipert

Lido 1429 vezes Última modificação em Sexta, 01 Abril 2022 20:10

Mídia