Quarta, 24 Novembro 2021 14:59

Unifesp dá continuidade às obras em tempos de restrição orçamentária

Nos últimos três anos, o orçamento caiu cerca de 40%, e a continuidade das obras só é possível via emendas parlamentares

Por José Luiz Guerra

Mesmo diante da atual restrição orçamentária, a Unifesp tem conseguido dar andamento às obras realizadas nos campi. No período entre 2018 e 2021, o orçamento caiu cerca de 40%. No entanto, os valores repassados para investimentos vêm diminuindo desde 2014.

“As obras da universidade têm sido mantidas, basicamente, com emendas parlamentares. Existem outras frentes de captação de recurso que foram utilizadas, tais como Lei Rouanet para a construção do Centro Cultural do Campus São Paulo, o uso dos recursos do Fundo de Defesa de Direitos Difusos, com captação de verba para a construção da biblioteca do Campus Osasco e algumas frentes de parcerias público-privada que estão sendo estudadas para construção do Centro de Longevidade e do Centro de Oncologia também no Campus São Paulo”, explica Juliana Cespedes, pró-reitora de Planejamento da Unifesp.

No momento, estão em andamento as seguintes obras de construção e reformas nos campi:
Campus Diadema

- Construção do Edifício de Acesso, do Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF), na Unidade José Alencar

Campus Guarulhos

- Reforma do Edifício Administrativo

Campus Osasco

- Construção do Edifício Acadêmico e Administrativo da Escola Paulista de Política, Economia e Negócios (Eppen), no bairro Quitaúna

Reitoria

- Reforma de imóvel na Rua Varpa para abrigar as instalações do Centro de Antropologia e Arqueologia Forense (CAAF)

Campus São Paulo

- Reforma da área ocupada pelo Departamento de Medicina Preventiva da Escola Paulista de Medicina (EPM)

Campus Zona Leste

- Reforma do antigo prédio de refeitório para abrigar instalações acadêmicas e restaurante universitário

A universidade também dispõe de projetos executivos completos, concluídos nos últimos anos, e aguarda disponibilidade orçamentária para que se possa iniciar o planejamento da contratação das obras técnicas de construção.

Lido 269 vezes Última modificação em Quarta, 01 Dezembro 2021 09:57

Mídia