Segunda, 29 Outubro 2018 22:09

Carta Pública à Comunidade Unifesp sobre o Valor da Democracia

Após eleições polarizadas que geraram conflitos pelo país, a Reitoria da Unifesp segue recomendando diálogo e respeito às diferenças de opinião, escolhas e ideologias. A universidade, como espaço onde a diversidade existe livremente, e sua comunidade devem colaborar para que possamos construir uma convivência pacífica.

Aos que se sentem vencedores ou perdedores nestas eleições, há que se lembrar de que somos uma só comunidade, que a cidadania, a ética, a liberdade e a dignidade de cada um de nós refletem e influenciam todos. A continuação do nosso fazer, diante do cenário anunciado, aumenta e intensifica nossas muitas responsabilidades.

É nosso direito e dever continuar atuando com vistas à produção de conhecimento no ensino, pesquisa, extensão e na assistência em todas as áreas em que atuamos. Estão em nossas atribuições também a inclusão e a permanência estudantil.

Seguiremos cumprindo nosso papel como instituição pública, formando pessoas para trabalharem por um Brasil mais justo, equitativo, feliz e sustentável. Para isso, é crucial que tenhamos um ambiente de trabalho com liberdade e uma plataforma emancipatória, crítica, criativa e transformadora, de acordo com o que consta na Medida Cautelar na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental 548 Distrito Federal, emitida pela ministra Cármen Lúcia, relatora, Supremo Tribunal Federal, em 27 de outubro.

Recomendamos à nossa comunidade diálogo e empatia, respeitando-se o resultado obtido por meio de processo democrático.

Lembramos que a Educação, a Ciência e a Cultura são fundamentais para a democracia e para um ambiente plural, baseado no respeito às diferenças. Com isso, é possível a construção da coexistência, de entendimentos e da paz.

Reitoria da Unifesp

 

Lido 2494 vezes Última modificação em Quarta, 21 Novembro 2018 13:23

Mídia