Quinta, 02 Fevereiro 2023 09:21

Reitora pro tempore visita aldeia Paranapuã em São Vicente

Objetivo foi acompanhar as atividades junto à população indígena no litoral sul de São Paulo

A reitora pro tempore, Raiane Assumpção, o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Anderson Rosa, a pró-reitora de Graduação, Ligia Azzalis, e o chefe de gabinete Dan Levy estiveram na aldeia Paranapuã, do povo Guarani Mbya, localizada no Parque Estadual Xixová Japuí, em São Vicente, no domingo (29/1). O objetivo foi acompanhar parte das atividades realizadas por estudantes de graduação, pós-graduação e egressos(as) vinculados(as) à Frente cultura e resistência indígena, do Programa de Educação Tutorial (PET) Educação Popular, e ao programa de extensão Educação popular: criando e recriando a realidade social, que atua junto à população indígena no litoral sul de São Paulo desde 2016.

aldeia Paranapuã em São Vicente 1
Reitora pro tempore acompanha atividades junto à população indígena na aldeia Paranapuã

A presença dos(as) dirigentes nas atividades foi motivada pela possibilidade de aprofundamento do tema que tem sido abordado pelo Grupo de Trabalho (GT) estabelecido no âmbito do Gabinete da Reitoria: o acesso e a permanência de estudantes indígenas na universidade pública federal. A participação de docentes e discentes do Programa de Educação Tutorial Indígena - Ações em Saúde da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) permitiu que o tema fosse tratado com base nas vivências e experiências desses(as) estudantes.

Pessoas, sentadas em uma roda, assistem a vídeo em telão Participantes estão sentados ao chão em semicírculo
Acesso e permanência de estudantes indígenas na universidade federal foi tratado com base nas vivências e experiências dessa população (Fotos: arquivo pessoal)

Segundo Raiane Assumpção, essa atividade materializa a concepção de educação que fundamenta a vida acadêmica da Unifesp: a potência do encontro de saberes (científico e dos povos originários) por meio do ensino, pesquisa e extensão, construídos processualmente por ações realizadas conjuntamente por estudantes de graduação e pós-graduação, egressos(as) e comunidade indígena, em prol da defesa e da garantia da vida com dignidade e na sua diversidade.

aldeia Paranapuã em São Vicente 4

Fotos: arquivo pessoal

 

Lido 1268 vezes Última modificação em Segunda, 10 Abril 2023 13:07

Mídia