Regulamento

Regulamento do Programa

Clique aqui para acessar o regulamento do programa aprovado em 18/08/2016.
Versões anteriores estão disponíveis nesse link.

 

Deliberações

 

Dezembro 2017

Rematrícula para alunos matriculados

A Pró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisa da UNIFESP instituiu um processo de rematrícula periódico dos alunos dos cursos de mestrado e doutorado em conformidade com o artigo 79o do Regimento Interno de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIFESP. O aluno deverá efetuar sua rematrícula anualmente, na época determinada, com a anuência do seu orientador. O estudante que não efetuar a rematrícula terá 2 (dois) meses de prazo para efetuar o trancamento da matrícula. No caso de o estudante não efetuar o trancamento da sua matrícula, será automaticamente desligado. É vedada a matrícula simultânea em mais de um Programa de Pós-Graduação stricto sensu da UNIFESP. Na época o orientador deverá encaminhar à CEPG um pedido formal impresso e assinado informando quais alunos deverão ser rematriculados ou não. Caso o aluno tenha sido agraciado com bolsa CAPES-DS deverá ser informado se mantém ou não a bolsa por mais um período. Na ausência a bolsa será redistribuída no programa. Este documento deverá ser entregue juntamente com o relatório do aluno.

Relatório periódico dos alunos/projetos

Em função dos procedimentos sugeridos pela pró-reitoria e pela Câmara de Pós-graduação da EPM para a rematrícula foi decidido pelos membros da CEPG nas reuniões de novembro e dezembro de 2017 que os alunos matriculados do programa deverão confeccionar um relatório anual do projeto de pesquisa como parte deste processo:

  1. O relatório deverá ser entregue a cada período de 12 meses a partir da matrícula do aluno (aniversário da matrícula). A entrega deverá ocorrer no prazo de solicitação de pauta para a CEPG do mês de aniversário da matrícula. Excepcionalmente para este primeiro relatório TODOS os alunos deverão entregar para apreciação na CEPG de fevereiro de 2018.
  2. O relatório deverá ser composto em formato de artigo científico com foco no conteúdo da pesquisa em seu corpo. Como anexo o relatório deverá apresentar uma descrição sucinta (1 página) com dados sobre o tempo de matrícula, número de créditos obtidos, data para qualificação, exame de idiomas, quantos manuscritos foram submetidos para publicação e em quais periódicos mencionando Qualis e fator de impacto.
  3. O relatório deverá ser entregue em versão impressa e assinada pelo aluno e pelo orientador para compor a documentação do aluno (pasta). Uma versão digitalizada (com as assinaturas) deverá ser enviada para a secretaria do programa.
  4. Se o aluno tiver sido agraciado com bolsa de fomento que não seja CAPES-DS, o relatório a ser entregue poderá seguir o mesmo modelo da agência do fomento.

Lembramos que alunos matriculados no pós-doutorado junto ao programa já contam com regras específicas de relatórios periódicos e produtividade.

Produção científica do trabalho de pesquisa

Foi aprovada na CEPG de novembro e revisada na reunião de dezembro de 2017 a seguinte resolução, que será incluída no regulamento do programa. Para efeito de produção científica do trabalho de pesquisa do aluno compreende-se uma submissão de manuscrito (comprovada), um artigo aceito (no prelo) ou mesmo um artigo publicado, tendo o aluno como primeiro autor considerando-se periódicos científicos conforme descrito no art. 34o do regulamento do programa. A produção científica deverá ser anexada ao documento a ser apresentado à banca para apreciação. Constará como item formal de avaliação pelos membros de banca.

  1. Para o curso de mestrado:
    Para a Qualificação de Dissertação de Mestrado o aluno deverá comprovar ter pelo menos 1 produção científica.
    Para a Arguição de Dissertação de Mestrado o aluno deverá comprovar ter pelo menos 2 produções científicas.
  2. Para o curso de doutorado:
    Para a Qualificação de Tese de Doutorado o aluno deverá comprovar ter pelo menos 1 produção científica.
    Para a Defesa de Tese de Doutorado o aluno deverá comprovar ter pelo menos 2 (recomendável 3) produções científicas, sendo pelo menos 1 produção em periódico estrangeiro/internacional.
  3. Para início de período probatório no mestrado e doutorado:
    Para a Apresentação de Projeto (antes da matrícula o candidato deverá apresentar pelo menos 1 manuscrito em formato de artigo científico contendo uma revisão da literatura subjacente à pesquisa científica. O manuscrito deverá compor o documento a ser apresentado à banca para apreciação.

Disciplinas aprovadas para 2018

Haverá divulgação das ementas, datas, carga-horária, professores etc. No entanto, disponibilizamos a lista abaixo para efeito de adiantar planejamentos individuais.

1o semestre

Metodologia de pesquisa científica de abordagem quantitativa (obrigatória*)
Reuniões científicas em gestão e informática em saúde
Seminários gerais em gestão e informática em saúde

2o semestre

Fundamentos em gestão e informática em saúde (obrigatória)
Metodologia de pesquisa científica de abordagem qualitativa (obrigatória*)
Avaliação de impacto em saúde

 

* Torna-se obrigatório realizar pelo menos 1 das duas disciplinas de metodologia

 

  

Setembro 2016

Em atenção ao nosso regulamento e ao edital de seleção vigente, a partir desta data todas as solicitações de início probatório para candidatos, a serem enviadas para apreciação e homologação na CEPG, deverão ser solicitadas por e-mail e encaminhar:
1) pré-projeto de pesquisa científica constando: identificação da orientação (orientador, coorientador, grupo de pesquisa associado); linha de pesquisa do programa a qual esse projeto estará submetido; contexto do projeto; objetivos; métodos a serem utilizados; resultados esperados. Recomenda-se incluir as seções publicações planejadas, planejamento de solicitação de bolsa de pesquisa ou outros financiamentos, cronograma, referências. Essa documentação deverá ser encaminhada pelo orientador indicado para a secretaria do programa em formato eletrônico;
2) para curso de doutorado, separata ou o aceite de publicação do trabalho referente à sua dissertação de mestrado.

 

Outubro 2011

A Comissão de Ensino do Programa de Pós-Graduação em Gestão e Informática em Saúde (CEPG), em reunião realizada no 14 de outubro de 2011, deliberou (PDF) que os alunos matriculados no referido programa deverão participar, até a conclusão do curso, na qualidade de ouvinte, em 05 (cinco) defesas de tese de doutorado ou arguições de dissertação de mestrado, sendo no mínimo 02 (duas) de doutorado, em programas de pós-graduação reconhecidos pela CAPES. O documento (formulário padrão) está disponível  em modelo (formato PDF. O documento deverá conter a assinatura do professor orientador do aluno a ser titulado e a assinatura do professor orientador do aluno que está defendendo.

 

 

 

Pró-Reitorias

Campi

Unidades Acadêmicas

Links de Interesse