Segunda, 27 Abril 2020 10:45

Luiz Eugênio Mello assume a Diretoria Científica da Fapesp

Docente da Unifesp é o primeiro membro de uma universidade federal a ocupar o cargo

LuisEugenioMello Fapesp2020 portal

O professor titular do Departamento de Fisiologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp) - Campus São Paulo Luiz Eugênio Araújo de Moraes Mello assume hoje a Diretoria Científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). O docente é o primeiro membro de uma universidade federal a ocupar o cargo. Mello foi escolhido por unanimidade pelo Conselho Superior da Fapesp e nomeado pelo governador João Doria em 6 dezembro de 2019.

A reitora da Unifesp, Soraya Smaili, celebra na presente data o início das atividades de Luiz Eugênio Mello no cargo. “É uma imensa satisfação para a Unifesp, pois o professor Luiz Eugênio, desde a sua graduação em Medicina, faz parte da nossa história, tendo se tornado um cientista e pesquisador de renome nacional e internacional nesta instituição. E, com muito orgulho para nossa comunidade, teremos o primeiro pesquisador de uma universidade federal a assumir este cargo de tamanha envergadura e que, sem dúvida, impulsionará ainda mais a ciência paulista e brasileira colocando-a em destaque mundial. Desejamos sucesso na condução desta importante função pública que com certeza será coberta de êxito e de muitas realizações”, conclui.

Sobre Luiz Eugênio Araújo de Moraes Mello

É graduado em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo (1982), mestrado (1985) e doutorado em Biologia Molecular (1988) pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Pós-Doutorado em neurofisiologia na UCLA (1988-1991). Livre-Docente (1994) e Professor Titular de Fisiologia (1998), Membro do CA-BF do CNPq 2000-2003, Coordenador Adjunto da Diretoria Científica da Fapesp 2003-2006, Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico (2010), Membro Titular da Academia de Ciências do Estado de São Paulo (2007) e da Academia Brasileira de Ciências (2010). Integra o Conselho Deliberativo do CNPq, o Conselho Deliberativo do SEBRAE-SP, o Conselho de Administração do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), o Conselho Superior do Instituto DOr de Pesquisa e Ensino (IDOR), o Conselho Consultivo do Centro de Inovação da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGVIn), o Conselho da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (ABRALE), o Conselho da Tibet House Brasil e é Editor setorial do Brazilian Journal of Medical and Biological Research. Foi pró-reitor de Graduação da Universidade Federal de São Paulo (2005-2008), presidente da Federação das Sociedades de Biologia Experimental (FeSBE; 2007-2011), conselheiro da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciencia (SBPC; 2014-2017) e vice-presidente da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI; 2016-2018). Foi Diretor de Tecnologia e Inovação da Vale (Vale S.A.) e responsável pela implantação do Instituto Tecnológico Vale (2009-2018). Foi Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento do Instituto DOr de Pesquisa e Ensino (2018-2020). Foi Diretor da Agência de Inovação Tecnológica e Social (AGITS) da Unifesp (2019-2020). Atua nas áreas de plasticidade neuronal, epilepsia, degeneração neuronal, gestão de C&T.

Confira abaixo a entrevista de Luiz Eugênio Mello, concedida à Agência Fapesp:






Lido 1052 vezes Última modificação em Quinta, 25 Junho 2020 14:41

Mídia