×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 569
Quarta, 15 Abril 2020 12:11

Grupo de pesquisa do Campus Zona Leste propõe medidas para contenção da covid-19 nas periferias

Documento pretende auxiliar o poder público na proteção das populações mais vulneráveis, contra a pandemia do coronavírus

Por Paula Garcia

doc CEP corona


Com o objetivo de proteger os moradores de favelas e periferias de São Paulo contra a disseminação da covid-19, o Centro de Estudos Periféricos (CEP), do Campus Zona Leste/Unifesp, listou algumas medidas que devem ser tomadas com urgência, para a contenção dessa pandemia, como a distribuição gratuita de itens de higiene, limpeza e prevenção, e a descentralização dos kits de testagem do centro da capital para as Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos bairros periféricos, evitando deslocamentos desnecessários dos pacientes.

O documento foi encaminhado ao prefeito, Bruno Covas, e ao governador, João Dória, através do gabinete da vereadora Juliana Cardoso, na Câmara Municipal de São Paulo. Também está sendo compartilhado por coletivos, movimentos sociais, mídias locais e citado no jornal uruguaio Brecha. “A universidade cumpre seu papel quando incide em momentos cruciais de nossa sociedade e compartilha seu conhecimento em prol da vida dos cidadãos, fundamentalmente os mais vulneráveis”, explica Tiaraju D'Andrea, docente do campus e coordenador geral do CEP.

O CEP é um grupo de pesquisa fundado em 03/05/2018 e constituído por pesquisadores(as) das periferias de São Paulo. Um dos seus princípios é incidir no debate público e agir visando a melhoria das condições de vida das populações moradoras de periferias e favelas. Atualmente é composto por 4 professores do Campus Zona Leste e 17 pesquisadores de outras instituições de ensino.

Acesse o documento na íntegra aqui.

 

Lido 1875 vezes Última modificação em Segunda, 29 Junho 2020 14:14

Mídia