Quinta, 11 Fevereiro 2016 16:19

Docente da Escola Paulista de Medicina, Rubens Belfort Jr. ganha Prêmio Conrado Wessel

Oftalmologista da Unifesp venceu na categoria Medicina

Por Mayara Toni

O professor titular do departamento de Oftalmologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp), Rubens Belfort Jr., foi o vencedor da categoria Medicina do Prêmio Conrado Wessel 2015. O prêmio é atribuído ao profissional que congrega a excelência da formação científica, do pesquisador emérito e especialmente do exercício clínico ou cirúrgico permanente.

Os nomes foram escolhidos a partir de indicações feitas por centros de ensino e pesquisa de todo o país. A comissão julgadora é formada pelas instituições Academia Brasileira de Ciências (ABC), Academia Brasileira de Letras (ABL), Academia Nacional de Medicina (ANM) Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Marinha do Brasil, Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e Fundação Conrado Wessel (FCW).

Belfort possui graduação em Medicina, mestrado em Microbiologia Imunologia e Parasitologia e doutorado em Microbiologia e Imunologia pela Escola Paulista de Medicina além de doutorado em Oftalmologia pela Universidade Federal de Minas Gerais. É Livre Docente e Professor Titular de Oftalmologia da Escola Paulista de Medicina e Presidente do IPEPO (Instituto Paulista de Ensino e Pesquisa em Oftalmologia). É membro Titular da Academia Nacional de Medicina, Academia Brasileira de Ciências, Academia Ophthalmologica Internationalis, Academia Nacional de Farmácia e Academia Brasileira de Oftalmologia (Presidente). Pesquisador 1A CNPq. Suas áreas de atuação incluem Geriatria Ocular (Macula, Glaucoma, Catarata etc), Epidemiologia, Imunopatologia, com ênfase em projetos que melhorem acessibilidade aos serviços modernos em saúde em regiões remotas como Amazônia e periferia de áreas urbanas.

"Este prêmio honra a quem recebe. Pela tradição de excelência dos homenageados previamente, pela altíssima credibilidade dos jurados e instituições que representam e igualmente a trajetória da Fundação Conrado Wessel em defesa da cultura e ciência brasileira", aponta Belfort. Além da categoria Medicina, a premiação contempla também as categorias Arte, Ciência e Cultura. Cada um dos vencedores receberá, junto com o prêmio, um certificado oficial e o troféu comemorativo. A cerimônia será realizada em meados de 2016, em data a ser definida.


Sobre FWC
A Fundação Conrado Wessel (FCW) foi criada em 1994, após o falecimento do fotógrafo Ubaldo Augusto Conrado Wessel, que explicitou em testamento seu desejo de criar uma fundação voltada para a filantropia, o fomento e apoio às atividades culturais, artísticas e científicas no Brasil. A Fundação distribui, anualmente, desde 2003, mais de R$ 1,2 milhão em prêmios nas categorias FCW de Arte, Ciência, Cultura e Medicina.

A FCW também distribui anualmente oito cotas de doações. Três dessas cotas são direcionadas para o Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo e uma cota vai para cada uma das seguintes entidades: Exército da Salvação, Aldeias Infantis SOS Brasil, Fundação Antonio Prudente (Hospital A.C. Camargo) e Associação Escolar Benjamim Constant. Por último, uma cota é distribuída para o conjunto de 27 entidades escolhidas com o Ministério Público, na forma de uma volumosa cesta natalina entregue a 2.700 famílias. O total dessas cotas anuais equivale ao montante atribuído aos Prêmios FCW.

Com informações do site oficial da Fundação Conrado Wessel

 

Lido 6991 vezes Última modificação em Quinta, 18 Outubro 2018 11:29

Mídia