Imprimir esta página

Unifesp oferece vagas para voluntários em diversas áreas da saúde

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), reconhecida pelo desenvolvimento de pesquisas científicas, oferece vagas para voluntários em diversas áreas da saúde. Confira:

CAMPUS BAIXADA SANTISTA


01 - PILATES PARA MULHERES HIPERTENSAS

O Campus Baixada Santista da Unifesp está recrutando voluntárias para uma pesquisa sobre a efetividade do Pilates em mulheres hipertensas.

Serão selecionadas 21 voluntárias com idade entre 35 e 59 anos e que tenham diagnóstico de hipertensão arterial e que estejam sob tratamento medicamentoso, além de estarem sedentárias por, pelo menos, seis meses.

O estudo consiste em três sessões: uma de Pilates Solo, uma de aparelho e uma sessão controle. Antes dessas sessões, será feito um período de adaptação na mesma semana. As sessões serão realizadas na Cuca’s Academia - Unidade 2, localizada na Rua Alfredo Albertini, n.º 77 - Marapé, em Santos/SP, com disponibilidade às segundas, quartas e sextas-feiras, às 20h.

As interessadas podem entrar em contato com Raphael Santos pelo telefone (13) 98146-6242.

02 - SUPLEMENTAÇÃO PROTEICA E CONTROLE GLICÊMICO

O Campus Baixada Santista da Unifesp está recrutando voluntários, de ambos os sexos, acima de 60 anos de idade para pesquisa sobre o efeito da suplementação proteica no ganho de massa muscular e controle glicêmico em idosos diabéticos do tipo 2.

Os interessados não podem fazer uso de insulina e não podem praticar exercícios do tipo musculação. Além disso, devem ter disponibilidade para participar do programa de suplementação e exercícios durante três meses.

Para inscrições e mais informações, entrar em contato com a nutricionista Celine pelo telefone (13) 99616-9498 (WhatsApp®).

03- PERCEPÇÃO DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA RECÉM-FORMADO

O Campus Baixada Santista da Unifesp recruta voluntários para pesquisa que busca compreender a percepção do profissional recém-formado de Educação Física, sobre o seu papel como professor.

Para participar, é necessário ter idade acima de 18 anos, ser graduado em Educação Física nos últimos dois anos e atuar em academias de ginásticas.

Inscrições e informações pelo telefone (11) 99730-9347 (via WhatsApp®) ou pelos e-mails rogerio.unifesp@gmail.com (Prof. Rogério Cruz de Oliveira) ou joaovitorcruz8822@gmail.com
(pesquisador João Vitor Cruz).

04 - USO DE APLICATIVO DE SMARTPHONE E AUMENTO DA ATIVIDADE FÍSICA EM IDOSOS E ADULTOS

O Campus Baixada Santista da Unifesp está recrutando voluntários para o estudo PAUL, pesquisa que visa testar o uso de aplicativo de smartphone combinado com gamificação para aumentar o nível de atividade física em adultos e idosos.

Os candidatos, a partir de 20 anos de idade, sem diagnóstico prévio de doenças cardiopulmonares, problemas locomotores, anormalidades eletrocardiográficas ou outras condições de saúde que contraindiquem a prática segura de atividade física, devem possuir smartphones e ter familiaridade com a utilização do equipamento.

Haverá dois dias de avaliação, com intervalo de uma semana entre eles. No primeiro, por meio de entrevistas e/ou questionários, será realizada a coleta de informações demográficas e socioeconômicas, condições gerais de saúde, estágios de mudança de comportamento para a prática de atividade física e hábitos alimentares. Também serão verificadas a função pulmonar (espirometria), aptidão cardiorrespiratória (teste de exercício cardiopulmonar), e nível de atividade física (acelerometria). Por fim, o candidato receberá uma guia para coleta de exame de sangue em um laboratório, sem custos adicionais, em um dia de sua escolha dentro do intervalo de uma semana. Já no segundo dia, após sete dias do primeiro, serão coletados a pressão arterial, frequência cardíaca (variabilidade da frequência cardíaca), antropometria (peso e altura), composição corporal (bioimpedância) e força muscular (força de preensão manual). Todas as avaliações serão repetidas ao final de três e seis meses, a contar da inclusão do protocolo.

A primeira avaliação será na Clínica de Medicina Cardiovascular Angiocorpore – Unidade Beneficência Portuguesa. A segunda e os demais procedimentos serão realizados no Edifício Central do Campus Baixada Santista da Unifesp (Rua Silva Jardim, 136 – Santos). O protocolo integra o Laboratório de Epidemiologia e Movimento Humano (EPIMOV), coordenado pelo professor Victor Dourado.

Os voluntários devem entrar em contato diretamente com a clínica para agendamento da primeira avaliação, informando ao atendente que desejam participar do projeto da Unifesp. O telefone é (13) 3208-0800. Dúvidas podem ser enviadas para o e-mail paul.epimovunifesp@gmail.com.


05 - TRATAMENTO PARA TENDINITE

O Campus Baixada Santista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) recruta voluntários para uma pesquisa que busca o protocolo de exercícios relacionado à dor e desempenho das atividades cotidianas dos pacientes.

Os candidatos precisam ter entre 18 e 50 anos e apresentar diagnóstico de tendinite patelar ou no tendão de Aquiles (calcâneo) há mais de três meses. Eles receberão tratamento de fisioterapia durante dois meses, três vezes por semana.

Os interessados devem entrar em contato pelos telefones (13) 99120-6636 ou pelo e-mail: mariana_ventura271@hotmail.com, falar com Mariana.

O recrutamento vai até agosto de 2019.

06 - TRATAMENTO DE OSTEOARTRITE/ARTROSE DE JOELHO

O Campus Baixada Santista da Unifesp está recrutando voluntários para pesquisa sobre tratamento de osteoartrite/artrose de joelho.

Os interessados, com idade entre 50 e 80 anos, devem apresentar osteoartrite/artrose na articulação do joelho. As dores sentidas devem acontecer em uma das seguintes ações: subir e descer escadas, ajoelhar, sentar e levantar, correr e/ou manter-se em pé por, pelo menos, dois minutos. Os participantes devem possuir radiografia do joelho, de preferência dos últimos seis meses.

Não podem ter diabetes e hipertensão arterial, embora, se estiverem sob tratamento com medicamentos, podem ser inclusos. Também não podem ser praticantes de atividade física frequente, alcoólicos, fumantes ou com diagnóstico de câncer e/ou fibromialgia. 

Os candidatos serão submetidos, durante o período de 10 semanas, a reabilitação por meio de exercícios aeróbicos e de fortalecimento muscular, além da aplicação de laser terapêutico. As inscrições devem ser feitas pelos contatos (13) 98803-9301 (WhatsApp®) ou asardim@hotmail.com.


CAMPUS SÃO PAULO

01 - FORÇA MUSCULAR RESPIRATÓRIA DE INDIVÍDUOS SAUDÁVEIS

O Setor de Função Pulmonar e Fisiologia Clínica do Exercício (Sefice) do Departamento de Pneumologia da EPM/Unifesp está recrutando voluntários para participar de uma pesquisa que visa avaliar a força muscular respiratória de indivíduos saudáveis (sem doenças respiratórias e cardíacas conhecidas), entre 20 e 80 anos, não obesos e não fumantes.

Será realizado uma espirometria simples, seguido de testes de força da musculatura respiratória, com duração de cerca de 1h30. Os casos alterados com valores fora da normalidade serão encaminhados para consulta com pneumologista.

A avaliação será realizada no próprio ambulatório, localizado na rua Prof. Francisco de Castro, n.º 54, na Vila Clementino. Os interessados devem entrar em contato com Vitor pelo número (11) 95214-8264 (WhatsApp®) ou pelo e-mail v.souza92@yahoo.com.br.

02 - GRUPOS DE ATENDIMENTO EM TERAPIA FAMILIAR E DE CASAL, DE LUTO E DE SEPARAÇÃO/DIVÓRCIO

A Unidade de Intervenção à Família e Comunidade (Unifac) da Escola Paulista de Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo (EPE/Unifesp) está com vagas abertas para os seguintes atendimentos:

- Terapia familiar e de casal, cujos membros vivenciem dificuldades familiares;
- Grupo de luto terapêutico voltado a pessoas em situação de perda na família;
- Grupo de pessoas que vivenciem a dor da separação/divórcio.

Os interessados devem realizar inscrição pelo e-mail familiaunifesp@gmail.com ou pelo telefone (11) 5576-4848, ramal 1778, para agendar uma entrevista inicial, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h (falar com Marlene).

O serviço é gratuito e os atendimentos são realizados na Rua Loefgreen, n.° 2018 - Vila Clementino, em São Paulo/SP.

03 - TRATAMENTO DE DORES DE CABEÇA

O Setor de Cefaleias da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp) está realizando uma pesquisa que visa avaliar a eficácia de tratamento medicamentoso e estimulação elétrica em pacientes que sofrem com dores de cabeça.

Serão aceitos pacientes de ambos os sexos, com idade entre 18 e 65 anos, com ensino médio completo e que apresentem dor de cabeça mais de 15 vezes por mês. Não poderão participar da pesquisa os portadores de diabetes, hipertensão e bronquite asmática, os que fazem uso de medicação contínua contra cefaleia e/ ou enxaqueca e gestantes.

As pessoas selecionadas serão acompanhadas por um período de quatro meses, durante o qual serão submetidos a tratamento com medicação preventiva e com neuroestimulador Cefaly®. Os pacientes precisam ter a disponibilidade de comparecer ao menos cinco dias no local da pesquisa, que serão definidos pelos pesquisadores.

Os interessados podem entrar em contato com a pesquisadora Rose Fukue, por meio do WhatsApp®: (11) 98492-3141.

04 - PESQUISA SOBRE RELAÇÃO DO USO DE DROGAS E A INFERTILIDADE

O Centro de Pesquisa em Urologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) está recrutando voluntários para participar de uma pesquisa que envolve o uso de maconha e a qualidade do sêmen. O objetivo do trabalho será avaliar a qualidade funcional de espermatozoides em homens adultos usuários de maconha e compará-los aos dos não usuários.

Os interessados devem ter entre 18 e 50 anos, sem histórico de cirurgia urológica, doença sistêmica e/ou sexualmente transmissível. Após estarem cientes dos procedimentos e consentirem sua participação na pesquisa, os voluntários realizarão coleta de sêmen no Laboratório de Reprodução Humana da disciplina de Urologia (Rua Napoleão de Barros 628). Os voluntários terão acesso aos resultados de exame do material analisado.

Atualmente, diversos problemas têm afetado a fertilidade masculina e dentre eles o uso de drogas. A maconha é a droga ilícita mais consumida ao redor do mundo, e diversos países estão mudando suas leis e regulando seu uso terapêutico e social. Alguns efeitos provocados pelo principal princípio ativo da maconha, o THC, podem afetar o sistema reprodutor masculino, reduzindo a produção de FSH (hormônio folículo estimulante) e LH (hormônio luteinizante) comprometendo a produção, provocando alteração dos espermatozoides.

Os interessados devem entrar em contato com a pesquisadora Luana Adami pelos telefones (11) 98787-5347 e 3807-4062 ou pelo e-mail luana_adami@hotmail.com.

05 - AVALIAÇÃO DO EFEITO DO ÓLEO DE LAVANDA NO SONO DE MULHERES NA PÓS-MENOPAUSA

O Departamento de Psicobiologia está recrutando voluntárias para pesquisa sobre o efeito da inalação do óleo essencial de lavanda no sono de mulheres que estejam na pós-menopausa e tenham o diagnóstico clínico de insônia. As voluntárias irão receber, além da intervenção proposta, atendimento médico especializado em medicina do sono. O estudo terá um período médio de intervenção de 40 dias e, nesse intervalo, as participantes receberão orientações para fazer uso de um "kit aromático" e sobre higiene do sono, realizarão exames de polissonografia, utilizarão por 14 dias um actígrafo e responderão a questionários.

Critérios para participar do estudo: mulheres entre 48 a 65 anos na pós-menopausa, diagnóstico clínico de insônia, sem o uso de terapia hormonal ou medicamentos para o sono nos últimos três meses. Não podem aderir ao estudo candidatas com histórico de doenças neurológicas ou psiquiátricas graves, diagnóstico de doenças clínicas não controladas, pacientes em tratamento para insônia ou para os sintomas da pós-menopausa e trabalhadoras em turno.

Os atendimentos clínicos e o acompanhamento do projeto ocorrerão na Rua Loefgren, n° 1570, Ambulatório de Ginecologia (Setor Sono na Mulher), correspondente ao Departamento de Psicobiologia. As voluntárias poderão entrar em contato pelo número (11) 99171-6972 (WhatsApp®), pelo e-mail leandro.natu@gmail.com.

06 - LOMBAGIA MECÂNICA POSTURAL CRÔNICA

O Setor de Reabilitação em Reumatologia da Unifesp recruta voluntários com diagnóstico de lombalgia mecânica postural crônica. 

Os candidatos, homens e mulheres, com idade acima de 18 anos, devem apresentar sintomas de dor lombar por mais de 12 semanas. O protocolo é a utilização de palmilhas por um período de seis meses. Recrutamento em aberto até março de 2019.

O projeto será realizado no próprio setor, localizado na Rua Borges Lagoa, 783 – Conjunto 31. Os interessados devem entrar em contato com Eider Lima pelo telefone (11) 98743-4552 ou pelo endereço eletrônico eider_doutor@hotmail.com.

07 - DIMINUIÇÃO DO DESEJO SEXUAL FEMININO

A disciplina de Endocrinologia Ginecológica da EPM/Unifesp está recrutando mulheres com idade entre 18 e 45 anos com diminuição do desejo sexual, que tenham atividade sexual com parceiro fixo e que façam uso de método contraceptivo para uma pesquisa que visa avaliar a eficácia de uma nova medicação.

As interessadas podem entrar em contato por meio do telefone (11) 99800-7275 (WhatsApp®) ou pelo e-mail pesquisadesejosexual@gmail.com.

08 - PERFIL DO USO CONCOMITANTE DE MÍDIAS

O Departamento de Psicobiologia da Unifesp desenvolve uma pesquisa online para descobrir o perfil da população brasileira com relação ao tempo de utilização de várias mídias ao mesmo tempo (celular, computador, televisão, rádio), comportamento conhecido como media multitasking. Mesmo que você não use muitas mídias de forma concomitante é importante que responda ao questionário.

Além disso, o estudo tem o objetivo de avaliar as consequências da intensidade dessa prática em relação ao sono, problemas de atenção e estresse.

Para participar, é preciso ter mais de 12 anos e ter disponibilidade de cerca de 15 minutos. Clique aqui para responder ao questionário. Mais informações podem ser obtidas com a pesquisadora Roberta Ekuni de Souza pelos contatos: robertaekuni@gmail.com ou (43) 99653-7514 / (43) 3542-8042.

09 - TRATAMENTO PARA DORES NA FACE E NO PESCOÇO OU COLUNA CERVICAL

A Disciplina de Reumatologia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) – Campus São Paulo recruta voluntários, com idade entre 18 e 65 anos, que possuem dores na face e no pescoço ou coluna cervical por, pelo menos, três meses. Os candidatos não podem apresentar histórico de doença reumática e/ou neuromuscular, como também não podem ser usuários de aparelho ortodôntico.

É importante que os interessados tenham disponibilidade para comparecer ao serviço para quatro consultas. Os selecionados passarão por avaliação médica e odontológica.

As inscrições devem ser feitas com a Dr.ª Carmen pelo telefone (11) 99931-2018. Os atendimentos acontecem no Ambulatório de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial do Hospital São Paulo, situado na Rua dos Otonis, n°. 700 - Vila Clementino, São Paulo.

10 - GESTANTES COM RESTRIÇÃO DE CRESCIMENTO FETAL

O Ambulatório de Restrição de Crescimento Fetal da Unifesp está recrutando gestantes com diagnóstico de restrição do crescimento fetal ou de feto pequeno para idade gestacional. Será realizado acompanhamento ultrassonográfico de acordo com protocolo institucional.

O ambulatório funciona às sextas-feiras, a partir das 12h, na Casa de Saúde da Mulher, localizada na Rua Dr. Bacelar, n° 384 - Vila Clementino, São Paulo/SP. As interessadas podem entrar em contato pelo telefone (11) 5576-4848, ramal 2096), de segunda a sexta-feira, das 7h às 15h, para agendar horário (falar com Vera ou Kelly).

11 - ELETROESTIMULAÇÃO NA COMPULSÃO ALIMENTAR

O Programa de Atenção aos Transtornos Alimentares (Proata), da Universidade Federal de São Paulo, está recrutando mulheres com faixa etária entre 18 e 55 anos, com sobrepeso ou obesidade e que apresentem compulsão alimentar para avaliar um tratamento alternativo, não invasivo, chamado Estimulação Magnética Transcraniana (EMT). O intuito da pesquisa é verificar se a EMT pode ajudar a controlar a compulsão alimentar, o peso e sintomas ansiosos e depressivos em pessoas que sofrem de Transtorno de Compulsão Alimentar.

As participantes receberão aplicações de Estimulação Magnética Transcraniana ao longo de oito semanas. A avaliação médica e nutricional, questionários psicológicos e alguns exames específicos (neuroimagem) serão feitos antes e depois do tratamento.

É imprescindível que as interessadas saibam ler e escrever e serem destras, além de possuírem disponibilidade de ir até a Unifesp, na Vila Clementino, pelo menos três vezes por semana durante o tratamento.

O tratamento e avaliações são oferecidos sem custo e os gastos com transporte e alimentação serão cobertos pela pesquisa.

As mulheres podem inscrever-se pelo e-mail pesquisaproata@gmail.com ou ainda diretamente com uma das pesquisadoras: Nara (11) 97497-5978 (Vivo) ou Mara (11) 99241-7473 (Claro).

O Programa de Atenção aos Transtornos Alimentares (Proata/Unifesp) fica localizado na R. Borges Lagoa, 570 - conjunto 71, Vila Clementino, SP.

12 - FERTILIDADE MASCULINA

A Disciplina de Urologia da Unifesp recruta voluntários para pesquisa em fertilidade masculina. Os candidatos precisam ser do sexo masculino, com idade entre 20 e 50 anos, e não devem apresentar doenças sistêmicas ou doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

Primeiramente, os voluntários passarão por uma consulta com médico especialista da Unifesp e depois realizarão exames específicos. Eles receberão os resultados via e-mail.

Os interessados devem entrar em contato pelo telefone (11) 3807-4062, das 9h às 14h, ou pelo e-mail: pesquisa.urologia@gmail.com (falar com Renata).

13 - AVALIAÇÃO DO ESTRESSE DE SURDOS NA COMUNICAÇÃO COM PESSOAS OUVINTES

Pós-graduação em Nefrologia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) recruta voluntários para um estudo que avaliará o estresse em pessoas surdas e ouvintes durante a comunicação por meio de biomarcadores.

Podem participar indivíduos do sexo masculino, com idade entre 18 e 40 anos, que sejam surdos profundos e que se comunicam somente em Libras. Para o grupo controle, estão sendo selecionados indivíduos ouvintes também do sexo masculino e com idade entre 18 e 40 anos. Para ambos os grupos, os candidatos devem ter concluído o Ensino Médio.

Não poderão participar do estudo deficientes auditivos e surdos oralizados que não utilizam as Línguas de Sinais (LS), portadores de doenças cardiovasculares e indivíduos que utilizem qualquer mediação de forma crônica.

Os candidatos participarão de um encontro, com duração de 50 minutos, na rua Pedro de Toledo, n° 669 - 9º andar, na Vila Clementino, em São Paulo/SP.

Inscrições: wharleysan@gmail.com ou (11) 99832-8031, falar com Warley Almeida Santos.

14 - EXERCÍCIOS PARA LOMBALGIA MECÂNICA POSTURAL CRÔNICA

O Setor de Reabilitação da Disciplina de Reumatologia da Unifesp recruta voluntários com idade entre 18 a 50 anos e que tenham diagnóstico de lombalgia mecânica postural crônica (sintoma de dor lombar por mais de 12 semanas).

O protocolo de exercícios físicos (exercícios funcionais) será realizado por um período de 12 semanas, durante duas vezes por semana nos períodos da manhã e tarde.

Os interessados deverão entrar em contato com Emília pelo telefone (11) 98087-9109.

15 - EFEITO DO MAGNÉSIO E DOR MUSCULAR

O Setor de Dor da Disciplina de Anestesiologia, Dor e Terapia Intensiva da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) recruta voluntários para pesquisa que avalia o tratamento da dor muscular.

Podem participar do estudo, candidatos de ambos os sexos, com idade entre 18 e 60 anos, que apresentam dor muscular.

Os atendimentos acontecerão no Ambulatório da Dor (Rua Botucatu, 593). Os interessados devem entrar em contato pelo telefone (11) 95788-6346, de segunda a sexta-feira, no período da tarde, e falar com a Dra. Neli Stabel.

16 - TENDINOPATIA INSERCIONAL DO AQUILES

O Departamento de Ortopedia e Traumatologia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) recruta pacientes, de ambos os sexos, com idade entre 18 e 65 anos, que tenham diagnóstico clínico de Tendinopatia Insercional do Aquiles (esporão superior, tendinite calcânea), para realização de estudo com terapia por ondas de choque e fisioterapia motora.

Os pacientes terão acompanhamento clínico e tratamento fisioterápico até o final do tratamento. As sessões acontecerão às terças-feiras, às 7h, no Ambulatório de Terapia por Ondas de Choque (CPRT – Centro de Pesquisa e Regeneração Tecidual), do Centro de Traumatologia do Esporte (CETE), localizado no Clube Escola Unifesp (Rua Estado de Israel, nº 636 - Vila Clementino).

Não há necessidade de o paciente ser matriculado no Hospital São Paulo, que precisa portar apenas o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

Inscrições pelo telefone: (11) 5576-4848 (VoIP 1384). Para mais informações, entrar em contato com a Rose Fukue pelo WhatsApp® (11) 98492-3141.

17 - EFEITO DA METADONA NO TRATAMENTO DA DOR EM PACIENTES ONCÓLOGICOS

O Setor de Dor da Disciplina de Anestesiologia, Dor e Terapia Intensiva da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) recruta voluntários para uma pesquisa que visa avaliar o efeito da metadona no tratamento de pacientes com dores decorrentes de doenças oncológicas.

Podem participar da pesquisa homens e mulheres, com idade igual ou superior a 18 anos e que apresentam diagnóstico de doença oncológica e dor. Serão excluídos aqueles com doença psiquiátrica, hipersensibilidade ao medicamento, grávidas, pessoas em uso de opióide forte (morfina, metadona, oxicodona) e pacientes que estejam com dor controlada.

Os selecionados passarão por avaliação médica inicial e serão sorteados para um dos seguintes grupos: o que será avaliado a associação da metadona em baixas doses ao tratamento e o que receberá prescrição de analgesia sem a medicação metadona. Ambos os grupos serão acompanhados e receberão medicamentos via oral durante o período de três meses. Consultas serão realizadas no início do tratamento semanalmente e, após um mês, mensalmente. Os voluntários serão avaliados clinicamente em cada uma delas, respondendo também a questionários.

Os interessados devem entrar em contato com o Ambulatório de Dor da Unifesp pelo telefone (11) 5576-4848 (ramal 17006) nas segundas e terças-feiras, entre 8h30 e 12h, para agendar consulta com Dr. Feliciano Contardo N. Duarte.

Os atendimentos acontecerão no próprio Ambulatório de Dor, situado na Rua Botucatu, nº 593.

18 - PRÁTICA DE ESTUDO POR UM APLICATIVO GRATUITO

O Departamento de Psicobiologia da Unifesp convida estudantes, vestibulandos e aqueles que vão prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a participar de uma pesquisa que envolve o uso do aplicativo APProvado. Esse aplicativo é baseado em mobile learning (m-learning), ou seja, aprendizagem móvel (aprender em qualquer lugar, a qualquer momento) e a técnica de aprender empregada é proposta pela literatura internacional na área de neurociências cognitivas.

Para participar, é preciso ter mais de 16 anos. O candidato receberá cinco questões de Biologia por dia, enviadas por celular durante 12 semanas. As questões se repetirão em intervalos de tempo diferentes, o que ajudará o candidato a aprender e ser APProvado!.

Para participar, acesse: www.approvado.com.br. Mais informações podem ser obtidas no vídeo https://youtu.be/HHtNps1Vktc ou com a pesquisadora Roberta Ekuni de Souza pelos e-mails: approvado@gmail.com / robertaekuni@gmail.com.

19 - AVALIAÇÃO DO EFEITO DA ACUPUNTURA E DA AMITRIPTILINA EM PACIENTES COM DOR DIFUSA

A Disciplina de Anestesiologia, Dor e Terapia Intensiva está recrutando 40 voluntários para uma pesquisa que visa avaliar o efeito da acupuntura e da amitriptilina em pacientes com dor difusa, há mais de três meses, que compromete o sono e ocasiona fadiga.

Não podem participar do estudo aqueles com: exames laboratoriais alterados; diabetes; doenças na tireoide; doença hepática; outras síndromes dolorosas; doença psiquiátrica; doença reumática ou neuromuscular; doença neurológica; hipersensibilidade ao medicamento (Amitriptilina e Paracetamol); arritmia, infarto do miocárdio recente; coagulopatia; uso de anticoagulantes; grávidas; glaucoma; uso de antidepressivo, anticonvulsivante, neuroléptico, opióide há pelo menos 4 semanas; tratamento com acupuntura até um ano antes do começo do estudo; infecção pelo HIV/Hepatite B.

Os candidatos podem ser de ambos os sexos e devem ter idade entre 18 e 60 anos. Os selecionados passarão por avaliação médica inicial, exames laboratoriais e serão separados por grupos. Um deles será submetido à acupuntura duas vezes por semana, durante quatro semanas. O outro receberá somente medicação. Ambos serão acompanhados durante um período de oito semanas, tempo em que receberão medicamentos via oral. Haverá preenchimento de questionários.

Interessados podem entrar em contato com o Ambulatório de Dor da Unifesp pelo telefone 5084-7463, às segundas e terças-feiras, das 8h30 às 12h. Os atendimentos acontecem no Ambulatório de Dor do Hospital São Paulo, situado à Rua Botucatu, nº 593, por meio de agendamento.

20 - TRATAMENTO CONTRA CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO

A Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço está recrutando voluntários para participar de uma pesquisa sobre a combinação de raios laser e quimioterapia para tratamento do câncer de cabeça e pescoço. Podem participar do estudo homens e mulheres com idade entre 21 e 70 anos, portadores de cânceres de cabeça e pescoço que voltaram a crescer mesmo depois de outros tratamentos como cirurgia, radioterapia e/ou quimioterapia.

Os voluntários passarão por uma avaliação preliminar com os médicos responsáveis pela pesquisa e os candidatos selecionados farão exames pré-operatórios e serão internados no Hospital São Paulo para serem submetidos a uma sessão de quimioterapia e laser terapia sob anestesia geral no centro cirúrgico (tempo do procedimento: 1 hora). O tratamento visa melhorar as condições locais do câncer e a qualidade de vida.

Os interessados podem entrar em contato pelos telefones (11) 98752-4598 ou (11) 98729-7268, ou pelos e-mails mpaiva@unifesp.br ou j.ribeiro@unifesp.br.

Lido 182053 vezes Última modificação em Quarta, 13 Fevereiro 2019 15:16

Mídia