Unifesp oferece vagas para voluntários(as) em diversas áreas da saúde

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), reconhecida pelo desenvolvimento de pesquisas científicas, oferece vagas para voluntários(as) em diversas áreas da saúde. Confira:

CAMPUS BAIXADA SANTISTA

01 - PILATES PARA HIPERTENSOS(AS)

Projeto de doutorado do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências da Saúde, do Campus Baixada Santista da Unifesp, recruta voluntários(as) com o objetivo de avaliar o efeito do método Pilates na saúde cardiovascular de indivíduos hipertensos.

Podem participar hipertensos(as) que se enquadrem nos seguintes critérios: ter entre 30 e 59 anos; estar sedentário por, pelo menos, seis meses; possuir liberação médica para prática de exercício físico; não apresentar doença muscular, articular ou óssea que possa comprometer a execução parcial ou total dos exercícios propostos; não usar anticoncepcional e/ou reposição hormonal (mulheres); não possuir lesão de órgão alvo, como por exemplo, nefropatia, cardiopatia; não ser fumante; e não ser etilista (alcoólatra).

Os(as) voluntários(as) do projeto realizarão quatro meses de Pilates de forma gratuita e uma bateria de exames como: ultrassom arterial, eletrocardiograma, exames laboratoriais, Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial (MAPA, avaliações físicas e antropométricas. Esses exames serão realizados gratuitamente antes e após o período de treinamento.

As avaliações já começaram a ser realizadas, e o treinamento com a primeira turma terá início em janeiro. Os dias e horários de treinamento serão combinados com os(as) voluntários(as). As atividades serão realizadas no Dani Tavares Studio Pilates, localizado na Av. Conselheiro Nébias, 628, conjunto 33 - Santos/SP.

As inscrições deverão ser realizadas com Dani Tavares pelo WhatsApp®: (13) 99173-6007.

02 - COMUNIDADE AMIGA DA PESSOA COM DEMÊNCIA: VOCÊ CONHECE?

Projeto desenvolvido pelo Campus Baixada Santista da Unifesp, em parceria com a Coordenadoria Municipal de Políticas para a Longevidade da Prefeitura Municipal de Santos, realiza pesquisa que visa à implementação da Universidade Amiga da Pessoa com Demência na Unifesp e da Comunidade Amiga da Pessoa com Demência em Santos/SP.

O questionário tem como objetivo avaliar o conhecimento acerca da demência, verificar quais fatores estão inclusos na compreensão de comunidade amiga da pessoa com demência, de acordo com a população da Baixada Santista, além de identificar e compreender aspectos sociais e demográficos destes indivíduos. A aplicação do questionário tem como objetivo permitir a coleta de uma maior amostra de dados.

Além disso, a pesquisa também objetiva verificar quais profissões a população acredita que podem auxiliar na promoção de qualidade de vida de pessoas com demência, seus cuidadores e seus familiares.

Acesse aqui para participar.

03 - FUNCIONALIDADE E ESTRATÉGIAS DE CUIDADOS PESSOAIS EM MULHERES NO PUERPÉRIO EM TEMPOS DE PANDEMIA POR COVID-19

Você teve bebê durante a pandemia? O Núcleo de Estudos em Funcionalidade do Campus Baixada Santista da Unifesp realiza pesquisa para compreender como está a funcionalidade e os cuidados pessoais das mulheres após o parto no contexto de pandemia por covid-19.

São necessários, aproximadamente, 15 minutos para responder a pesquisa on-line. Ao final, a participante receberá um material informativo com orientações sobre autocuidado.

Link para participação (clique aqui). Em caso de dúvida, entre em contato pelo e-mail thalita.christovam@unifesp.br.

04 - A INFLUÊNCIA DOS APLICATIVOS DE DELIVERY NOS HÁBITOS ALIMENTARES DOS HABITANTES DA BAIXADA SANTISTA - SP DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19

A Unifesp convida os habitantes da Baixada Santista para colaborar com o projeto de pesquisa denominado A influência dos aplicativos de delivery nos hábitos alimentares dos habitantes da Baixada Santista - SP durante a pandemia de covid-19. Trata-se de um projeto de Iniciação Científica da graduanda do curso de Nutrição Isabella Barbosa Pimentel, com orientação da Prof.ª Dr.ª Ana Maria de Souza Pinto.

A participação na pesquisa consiste em responder, de maneira on-line, questões referentes ao uso de aplicativos de delivery de comida antes e durante a pandemia de covid-19 (frequência, quais tipos de comida foram pedidos, quais aplicativos utilizou, motivos que o levaram a utilizar estes aplicativos), além de dados pessoais, como idade, gênero, escolaridade, profissão/ocupação e município onde reside. São convidadas pessoas maiores de 18 anos, residentes da Baixada Santista e que possuem o hábito de utilizar aplicativos de delivery de comida. O tempo estimado para responder as perguntas é de 10 minutos. Todos os seus dados serão mantidos em sigilo.

O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Unifesp (CAAE 46094421.2.0000.5505).

Os(as) interessados(as) podem acessar o formulário e responder as questões por meio deste link.

Havendo dúvidas, você poderá entrar em contato com a pesquisadora pelo telefone (11) 96149-4058 ou e-mail isabella.pimentel@unifesp.br.

05 - PERCEPÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA ENTRE PACIENTES PORTADORES DE DIABETES MELLITUS TIPO I

A Unifesp convida portadores(as) de diabetes tipo 1 para colaborar com o projeto de pesquisa denominado Percepção da Qualidade de vida entre pacientes portadores de DM1 (Diabetes Mellitus Tipo I) usuários de bomba de infusão de insulina e terapias de injeções múltiplas, cuja pesquisadora responsável é a mestranda Melissa Zoia F. da Costa, do Campus Baixada Santista, sob orientação do Prof. Dr. Ricardo José Gomes. O projeto foi aprovado pelo comitê de ética da Unifesp (CAEE 32762720.3.0000.5505)

A pesquisa consiste em responder, de forma on-line (remota), questões referentes à sua qualidade de vida, atividade física e sono. São convidadas pessoas com Diabetes Mellitus tipo 1, com idade entre 18 e 59 anos, e que façam uso de bomba de infusão de insulina. O tempo estimado para responder as questões é de 15 a 30 minutos. Todos os seus dados serão mantidos em sigilo, e você terá direito de desistir da pesquisa em qualquer momento.

Os(as) interessados(as) podem acessar o formulário e responder as questões pelo link.

Havendo dúvidas, você poderá entrar em contato com a pesquisadora pelo telefone (13) 99153-0253 ou email melissarizzi@gmail.com.

06 - AVALIAÇÃO DA PISADA DE CORREDORES

O Instituto de Saúde e Sociedade (ISS/Unifesp) - Campus Baixada Santista está recrutando voluntários para uma pesquisa intitulada "Investigação do feedback auditivo proveniente de uma palmilha emissora de som na reorganização da técnica da corrida".

Serão recrutados(as) corredores(as) de ambos os sexos, com idade entre 18 e 50 anos, com Índice de Massa Corporal (IMC) entre de 19 a 24 kg/m2, praticantes de corrida há pelo menos seis meses, com volume de pelo menos 20 km por semana.

Durante a avaliação da técnica da corrida serão capturados e analisados o impacto do pé no solo e o movimento dos membros inferiores.

Com base nestes dados, futuramente será verificado o efeito do som emitido por uma palmilha após retreinamento da corrida com feedback auditivo.

As avaliações serão realizadas na Clinica Saúde Integrada, em parceria com o Laboratório de Biomecânica e Exercicio (Labime) da Unifesp – Baixada Santista, localizada na Praça José Domingues Martins, 28 - Estuário, Santos (SP). Os interessados em participar da pesquisa podem entrar em contato com o pesquisador Vitor, enviando uma mensagem para o e-mail vtessutti@gmail.com com o assunto "Avaliação da Pisada".

07 - TRIAGEM DE ADULTOS COM SÍNDROME DO TÚNEL DO CARPO

Projeto de Doutorado do Departamento de Ciências do Movimento Humano do Campus Baixada Santista da Unifesp está realizando triagem de adultos com síndrome do túnel do carpo para posterior avaliação, tratamento e acompanhamento.

Podem participar adultos entre 18 e 60 anos; IMC entre 18,5 e 25Kg; que apresentem laudo do exame de eletroneuromiografia, sintomas de dor e/ou dormência e/ou formigamento presentes nos últimos seis meses; e não ter feito tratamento nos últimos três meses, não ter feito cirurgia e não apresentar outras lesões no membro superior que usa para escrever.

Contato: Danielle Figueiredo (aluna de doutorado): 13 99166-2276 / dani.figueiredo16@yahoo.com.br.

08 - VOLUNTÁRIOS(AS) COM EXPERIÊNCIA EM JOGOS DE TABULEIRO CONTEMPORÂNEOS

Uma pesquisa do Campus Baixada Santista da Unifesp está recrutando voluntários(as) para participarem de uma entrevista que visa analisar a experiência com jogos de tabuleiro, abordando também os seus modos de inserção no cotidiano das pessoas.

Os candidatos, homens e mulheres adultos, devem ter experiência em um dos seguintes jogos de tabuleiro contemporâneos: Oroboros, Mahalilah, The Mind, Brincando de Mindfulness ou similares.

Os(as) interessados(as) precisam ter disponibilidade para uma entrevista online e ter acesso a dispositivos que permitam chamadas em videoconferência pela internet (Google Meet®).

Contatos: matheus.albuquerque@unifesp.br ou (11) 99662-1289 (WhatsApp®), até 25 de julho de 2021.

09 - TREINAMENTO FÍSICO EM IDOSOS HIPERTENSOS

O Laboratório de Treinamento Físico Experimental do Campus Baixada Santista da Unifesp recruta voluntários(as) para pesquisa que visa verificar os efeitos do treinamento físico – na pressão arterial, qualidade do sono, estado do humor, entre outros fatores – em idosos hipertensos.

Os interessados, com idade entre 60 e 80 anos, devem ser hipertensos – fazendo uso de medicamento para pressão alta – e residirem na cidade de Santos. Os candidatos serão submetidos, durante um período de 16 semanas, a sessões de treinamento físico para fortalecimento muscular.

As inscrições devem ser feitas pelos contatos (13) 3229-0214 (falar com Letícia), (13) 98132-0104 (WhatsApp®) ou treinoidosos@gmail.com.

10 - MÉTODO PILATES EM MULHERES HIPERTENSAS

O Campus Baixada Santista recruta voluntárias para estudo que avalia os efeitos crônicos do Método Pilates sobre as respostas cardiorrespiratórias e metabólicas em mulheres hipertensas controladas.

Para participar, é necessário ter entre 30 e 59 anos de idade, ser hipertensa controlada – pessoa que realiza tratamento medicamentoso com qualquer classe de medicamentos -, não apresentar doenças ósseas, articulares, musculares e neurológicas associadas e não ter praticado qualquer atividade física nos últimos seis meses. As voluntárias devem ter disponibilidade duas vezes por semana durante um período de quatro meses e estarem disponíveis também para a realização de avaliações periódicas antes e após o treinamento com o Método Pilates - teste de exercício cardiopulmonar, espirometria, MAPA, exames sanguíneos, teste de lactato, ecocardiograma, US de vasos sanguíneos, testes de flexibilidade e força. O laudo (resultado) das avaliações será entregue, ao final da pesquisa, apenas para as voluntárias que finalizarem o protocolo.

Interessadas devem entrar em contato pelo Whatsapp® ou e-mail e falar com os pesquisadores Rodrigo Fernandes Barbosa (11) 99996-8094 / digobarbosa@yahoo.com.br ou Daniele Tavares Martins (13) 99173-6007 / danitmartins@hotmail.com.

11 - TRATAMENTO DE PILATES PARA FASCIÍTE PLANTAR

O Campus Baixada Santista recruta voluntários(as) com fasciíte plantar e/ou esporão do calcâneo para tratamento fisioterapêutico por meio do método Pilates solo.

Para participar do estudo, os candidatos devem ter entre 35 e 65 anos de idade, apresentar dor no calcanhar por mais de 4 meses, ter diagnóstico médico de fasciíte plantar e/ou esporão do calcâneo e não estarem submetidos à tratamento fisioterapêutico e de pilates no momento.

Os(as) voluntários(as) devem ter disponibilidade duas vezes por semana - às quartas e sextas pela manhã - durante o período de dois meses. Os interessados podem entrar em contato ou pelo telefone (13) 98837-1904 ou pelo endereço eletrônico projetofasciite@gmail.com (tratar com a Bruna).

12 - QUER AUMENTAR SEU NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA?

O Laboratório de Epidemiologia e Movimento Humano (Epimov) do Campus Baixada Santista da Unifesp recruta voluntários(as), com mais de 20 anos, para ensaio clínico que avaliará os efeitos da utilização de um aplicativo para smartphone nos níveis de atividade física e na saúde em geral. Para isso, é preciso ter um celular (smarthphone) e condições de saúde para praticar exercícios sem supervisão.

Essa etapa integra o Projeto PAUL (Playful Data-Driven Active Urban Living), uma parceria entre pesquisadores da Unifesp, da UFSCar e da Holanda (Universidade de Utrecht, Universidade de Amsterdã e Universidade de Ciências Aplicadas de Amsterdã). O projeto, que conta com financiamento da Fapesp, desenvolve um aplicativo para smartphone que utilizará inteligência artificial combinada com técnicas de mudança de comportamento para o aumento do nível de atividade física da população.

Contato para participação: (13) 3208-0800 (Clínica de Medicina Cardiovascular Angiocorpore. É preciso dizer que quer participar do projeto Unifesp) / e-mail: paul.epimovunifesp@gmail.com.

13 - EFEITO DA MEDITAÇÃO NA PRESSÃO ARTERIAL DE ADULTOS HIPERTENSOS

O Campus Baixada da Unifesp recruta voluntários(as) para pesquisa que avaliará o efeito agudo da meditação na pressão arterial de adultos hipertensos.

Podem participar homens e mulheres com idade entre 30 e 50 anos e que tenham hipertensão. Os(as) voluntários(as) não devem ser praticantes de exercício físico sistematizado há pelo menos 6 meses e não devem possuir experiência prévia com meditação.

As atividades serão realizadas na unidade da Av. Ana Costa, 95 - Vila Mathias, Santos/SP. Os interessados devem entrar em contato pelo e-mail beatriztrancosolopes@hotmail.com ou telefone: 13 98859-7155 (falar com Beatriz) para agendar dia e horário.

CAMPUS SÃO PAULO

01 - ESTUDO PILOTO DE AVALIAÇÃO DE HABILIDADES FUNCIONAIS E COGNITIVAS E USO DE DISPOSITIVOS MÓVEIS EM IDOSOS

A Disciplina de Neurologia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) seleciona pessoas com boa saúde para os testes de memória, raciocínio e função motora para estudo que pretende entender também como as pessoas usam tecnologias digitais.

Podem participar maiores de 20 anos de idade, sendo que pessoas com 50 anos (ou mais) são fundamentais para a pesquisa. Os(as) candidatos(as) não devem ter concluído ensino superior e não ter problemas neurológicos ou psiquiátricos em tratamento ou investigação.

Quem tiver interesse deverá agendar avaliação e se dirigir por meios próprios até a Escola Paulista de Medicina, na Vila Clementino, em São Paulo/SP. Se não puder participar, convide familiares ou amigos.

Entre em contato com o Dr. Alan Cronemberger Andrade, um dos responsáveis pela pesquisa, e agende a avaliação:

• WhatsApp®: +55 11 93948-4544 ou no link https://wa.me/5511939484544
• Telefone: (11) 5576-4848 (ramal VoIP 2085), das 9h às 16h em dias úteis
• E-mail: alan.andrade@unifesp.br

02- ASSOCIAÇÃO ENTRE COGNIÇÃO SOCIAL E CONSUMO DE ÁLCOOL POR JOVENS ADULTOS

O Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) recruta voluntários(as) de 18 a 25 anos para pesquisa que vai analisar a influência da cognição social sobre o consumo de álcool entre jovens adultos(as).

A primeira etapa do estudo será totalmente on-line, com algumas perguntas sobre suas características pessoais e consumo de bebidas alcoólicas. Suas respostas e a sua identidade estarão protegidas sob sigilo, com acesso apenas às pesquisadoras envolvidas.

Se você está nessa faixa etária e não apresenta nenhum transtorno psiquiátrico ou neurológico grave, participe acessando aqui.

03 - 
AVALIAÇÃO DA COGNIÇÃO SOCIAL NO ENVELHECIMENTO NORMAL E NA EVOLUÇÃO DA DOENÇA DE ALZHEIMER

Pesquisadoras do Serviço de Atendimento e Reabilitação do Idoso (SARI) do Centro Paulista de Neuropsicologia (CPN) do Departamento de Psicobiologia da EPM/Unifesp - Campus São Paulo realizam estudo com objetivo de avaliar a cognição social em idosos(as) com diagnóstico de Doença de Alzheimer (DA).

Podem participar do estudo pessoas acima de 60 anos que tenham sido diagnosticadas com DA. A avaliação consiste em dois encontros virtuais com o(a) idoso(a) diagnosticado(a) na qual será feita uma avaliação neuropsicológica breve e avaliação da cognição social, além de um encontro virtual com o familiar. Cada encontro tem duração média de uma hora. Os(as) interessados(as) devem entrar em contato pelo e-mail sari.atendimentos@gmail.com. Sua identidade será preservada e o sigilo, garantido.

Todas as informações pertinentes serão fornecidas pela pesquisadora Gabriela Carneiro Martins pelo e-mail: carneiro.gabriela29@unifesp.br.

04 - PERCEPÇÃO DE ESTRESSE, EXAUSTÃO FÍSICA E EMOCIONAL E PARÂMETROS DE SONO EM PROFESSORES(AS)

O Departamento de Psicobiologia da EPM/Unifesp convida professores(as) dos ensinos fundamental, médio ou superior do Estado de São Paulo e que estejam atuando de forma remota ou presencialmente para participar de estudo com objetivo de avaliar, subjetivamente, o estresse e variáveis comportamentais associadas a ele. Clique aqui para responder os questionários on-line.

05 - AVALIAÇÃO DO IMPACTO DA PANDEMIA DE COVID 19 NA SAÚDE MENTAL EM ADULTOS

Pesquisadoras do Departamento de Saúde Coletiva da Escola Paulista de Enfermagem (EPE/Unifesp) - Campus São Paulo estão realizando um estudo com objetivo Analisar o impacto da pandemia de covid-19 na saúde mental da população adulta.

Podem participar do projeto, que foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Unifesp, pessoas acima de 18 anos, independente de gênero e da região em que reside no Brasil. Sua identidade será preservada e o sigilo garantido.

Para participar, basta responder um questionário e quatro escalas virtualmente neste link. Contato para mais informações: cruz@unifesp.br.

06 - AVALIAÇÃO DE UM PROGRAMA RESISTIDO E POSTURAL EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE 10 A 14 ANOS EM ACADEMIA

A disciplina de Medicina Esportiva da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) - Campus São Paulo convida crianças e adolescentes com idade entre 10 e 14 anos para participarem de um estudo que busca avaliar um programa resistido e postural, visando ao fortalecimento muscular e neuropsicomotor básico em atividades assistidas. 

Tal atividade pode melhorar a postura na rotina dos adolescentes (mochilas pesadas) e capacitação para atividades coletivas (futebol, vôlei, basquete, tênis) o que é cada vez mais desejado como ferramenta de saúde. "O incentivo a atividade física e a mobilidade são muito importantes para o combate ao sedentarismo e obesidade na criança e adolescente. Nos países onde há o crescimento da obesidade, o treino resistido tem sido cada vez mais estimulado para crianças acima de 10 anos de idade", explica Alberto Pochini, docente do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da EPM/Unifesp e orientador do estudo. "Incentivar desde cedo a pratica de atividade física básica de força tem como finalidade além de permitir uma evolução física sadia, agir na prevenção de problemas nas articulações e lesões músculos-esquelético no futuro", completa Pochini.

As atividades podem ser realizadas em ambientes controlados como em academias com espaço para treinos funcionais voltados para este fim. Os(as) interessados(as) em participar do estudo devem entrar em contato com o pesquisador Michel Neme, pelo e-mail: michelsneme@hotmail.com, informando o nome completo da criança/adolescente e do responsável, telefone, idade e período de preferência (manhã ou tarde).

07 - FAMÍLIA E ESPIRITUALIDADE NA DOENÇA DE ALZHEIMER (DA) E/OU OUTRAS DEMÊNCIAS

Pesquisadoras do Departamento de Saúde Coletiva da Escola Paulista de Enfermagem (EPE/Unifesp) - Campus São Paulo realizam estudo com objetivo de mensurar e compreender a dinâmica familiar quando há um de seus membros com Doença de Alzheimer (DA) e/ou outras demências em domicílio e de que maneira a família utiliza a espiritualidade como estratégia de enfrentamento.

Podem participar desta fase do estudo pessoas acima de 18 anos que tenham um familiar com DA e/ou outras demências. São necessários, no máximo, 20 minutos para responder um questionário e três escalas virtualmente. Os interessados(as) devem entrar em contato pelo e-mail familiaunifesp@gmail.com. Sua identidade será preservada e o sigilo, garantido.

Todas as informações pertinentes serão fornecidas pela pesquisadora Luana Vitro pelo e-mail: luana.vitro@unifesp.br.

08 - IMPACTOS DO DISTANCIAMENTO SOCIAL NOS RITMOS BIOLÓGICOS E NA SAÚDE

O Laboratório de Neurobiologia da Pineal da Unifesp está recrutando voluntários(as) de ambos os sexos, maiores de idade e que estejam permanecendo em casa para participar de pesquisa sobre os impactos do distanciamento social na saúde mental e ritmicidade biológica.

O projeto tem como objetivo estudar efeitos do distanciamento social nos desfechos em humor, ansiedade e estresse e a efetividade de recomendações na prevenção desses sintomas (medidas protetivas básicas e recomendações voltadas para a promoção de saúde mental e manutenção da organização circadiana).

Os(as) voluntários(as) responderão três questionários on-line sobre como têm se sentido e suas rotinas durante o período do distanciamento social. Após o primeiro questionário, serão enviadas recomendações de como se manter saudável durante esse momento, e os(as) voluntários(as) poderão avaliar tais recomendações nos próximos questionários, que serão preenchidos depois de duas e quatro semanas.

Interessados(as) devem acessar o link (clique aqui).

09 - SONO E HUMOR DE ATLETAS DE ESPORTES COLETIVOS DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19

O Laboratório Interdisciplinar em Fisiologia e Exercício (LAIFE/Unifesp) deseja avaliar o sono e o humor de atletas de esportes coletivos durante esse período tão difícil de nossas vidas.

Serão avaliados atletas de categorias de base e profissionais de esportes coletivos de todo o estado de São Paulo. Acredita-se que, minimamente, os trabalhos físicos estão sendo realizados, mas com o isolamento os treinos técnicos e táticos não são possíveis.

A pesquisa é totalmente on-line via link do Google Forms. Se você que é atleta e está vendo esse post, ou se você conhece alguma equipe ou membro de comissão técnica, entre em contato: 11 98391-5491 / jorge.tavares@unifesp.br / 12 98110-1429 / diniz.iago@unifesp.br / 11 98398-2704 / brunsfrbsilva@gmail.com.

10 - IMPACTO DA PANDEMIA DE COVID-19 NA QUALIDADE VIDA E TRABALHO DO PROFESSOR(A) DE MEDICINA

A Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) desenvolve pesquisa para avaliar o impacto da pandemia de covid-19 nos professores(as) da área de Medicina das universidades da América Latina e a qualidade de vida e do trabalho desses profissionais. Para participar, acesse aqui.

11 - REFLEXOS DA QUARENTENA E ISOLAMENTO SOCIAL SOBRE USO DE DROGAS E COMPORTAMENTOS DE VIOLÊNCIA

O Departamento de Psicobiologia da Unifesp convida voluntários(as) para pesquisa com objetivo de avaliar os reflexos da quarentena e do isolamento social devido à pandemia por covid-19 sobre comportamentos de violência e uso de substâncias psicoativas (como por exemplo: bebidas alcoólicas, derivados do tabaco, maconha, entre outras). 
 
Para participar basta, é preciso ter mais de 18 anos. Não é necessário ser usuário de algum tipo de substância psicoativa! O questionário on-line é totalmente anônimo e tomará cerca de 5 minutos do seu tempo. Clique aqui para acessá-lo. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: silva.ingrid@unifesp.br.

12 - IMPACTOS DO DISTANCIAMENTO SOCIAL NA SAÚDE MENTAL E RITMICIDADE BIOLÓGICA

O Laboratório de Neurobiologia da Pineal da Unifesp está recrutando voluntários de ambos os sexos, maiores de idade, que residam em São Paulo (capital) e estejam estejam permanecendo em casa para participar de pesquisa sobre os impactos do distanciamento social na saúde mental e ritmicidade biológica.

O projeto tem como objetivo encontrar maneiras de estar melhor preparados e munidos de mais informação para diminuir as consequências do distanciamento social na saúde mental. Além disso, avaliar quais são as recomendações mais importantes para quem está passando por tal situação.

Os(as) voluntários(as) devem usar um actígrafo, aparelho semelhante a um relógio de pulso que registra temperatura corporal, atividade locomotora e luminosidade ambiental e preencher um diário on-line por 45 dias.

Interessados(as) devem entrar em contato via e-mail pinealemelatonina@gmail.com.

13 - COVID-19 E FERTILIDADE MASCULINA

A Disciplina de Urologia do Departamento de Cirurgia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) - Campus São Paulo recruta voluntários homens, com idade entre 18 e 50 anos, que foram recém-diagnosticados com o novo coronavírus para participar de pesquisa sobre Covid-19 e Sêmen.

O projeto tem como objetivo avaliar a presença do vírus no sêmen e a sua interferência no potencial reprodutivo masculino. Serão realizadas coletas de sêmen e de hormônio, além de anamnese e exame físico no primeiro dia de coleta.

Interessados devem entrar em contato pelos telefones: 11 5576-4488 ou 5089-9200 (ramal 17195) - falar com Adceia.

14 - GRUPOS DE ATENDIMENTO ON-LINE EM TERAPIA DE LUTO - COVID-19

A Unidade de Intervenção à Família e Comunidade (Unifac) da Escola Paulista de Enfermagem (EPE/Unifesp) - Campus São Paulo está com vagas abertas para atendimentos de grupo de luto terapêutico voltado a pessoas em situação de perda por covid-19.

Os(as) interessados(as) devem realizar inscrição pelo e- mail: luto.covid19.unifesp@gmail.com, para agendar atendimento on-line.

15 - GRUPOS DE ATENDIMENTO EM TERAPIA FAMILIAR E DE CASAL, DE LUTO E DE SEPARAÇÃO/DIVÓRCIO

A Unidade de Intervenção à Família e Comunidade (Unifac) da Escola Paulista de Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo (EPE/Unifesp) está com vagas abertas para os seguintes atendimentos:

- Terapia familiar e de casal, cujos membros vivenciem dificuldades familiares;
- Grupo de luto terapêutico voltado a pessoas em situação de perda na família;
- Grupo de pessoas que vivenciem a dor da separação/divórcio.

Os interessados devem realizar inscrição pelo e-mail familiaunifesp@gmail.com ou pelo telefone (11) 5576-4848, ramal 1778, para agendar uma entrevista inicial, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h (falar com Marlene). 

O serviço é gratuito e os atendimentos são realizados na Rua Loefgreen, n.° 2018 - Vila Clementino, em São Paulo/SP.

16 - AVALIAÇÃO DO BEM-ESTAR E SAÚDE DE ALUNOS DE GRADUAÇÃO DA UNIFESP 

Pesquisadores do Departamento de Psicobiologia da Unifesp conduzem estudo com o objetivo de avaliar o bem-estar e saúde dos alunos da graduação da universidade.

Inicialmente, será realizada uma avaliação subjetiva sobre diversos parâmetros relacionados com bem-estar, como qualidade de sono, saúde mental, percepção ao estresse e burnout.

Para participar, clique aqui. Os resultados serão enviados por e-mail assim que possível.

 

Lido 308424 vezes Última modificação em Quarta, 01 Dezembro 2021 16:34

Mídia