AIBrasil  
Sobre o Campus O Curso de Nutrição
O Curso de Nutrição
Sobre o Campus Baixada Santista
Qui, 07 de Dezembro de 2006 11:12
O Nutricionista é um “profissional de saúde, que, atendendo aos princípios da ciência da Nutrição, tem como função contribuir para a saúde dos indivíduos e da coletividade” e tem sua atuação regulamentada e fiscalizada a partir dos Conselhos Federal e Regionais de Nutrição, desde a década de setenta. O seu trabalho está estritamente vinculado ao processo de alimentação e nutrição humana, nas suas múltiplas dimensões e em seus diferentes espaços.

Atua na atenção nutricional e alimentar de indivíduos e coletividades, sadios e enfermos, nos diferentes níveis de atenção à saúde (Unidades Básicas de Saúde; Ambulatórios de Especialidades e Hospitais, públicos e privados; Unidades de Vigilância à Saúde) e, ainda, em outros cenários tais como: escolas, creches, restaurantes comerciais, hotéis, academias esportivas, indústria de alimentos, entre outros. Nesses espaços desenvolve, isoladamente ou de forma integrada e/ou articulada, as atividades de planejamento, gestão, execução, coordenação e avaliação das ações relacionadas à alimentação e nutrição.

Tem, também, como espaço de trabalho as escolas de formação dos nutricionistas, técnicos em nutrição e demais profissionais de saúde, tanto na educação superior quanto no ensino médio e técnico, onde é o responsável pelo desenvolvimento de matérias/conteúdos de nutrição.

Tradicionalmente as áreas básicas de atuação do profissional são: saúde coletiva / pública, nutrição clínica e administração de serviços e/ou unidades de alimentação e nutrição.
O curso de Nutrição do Campus Baixada Santista da Universidade Federal de São Paulo, seguindo o movimento de mudança na educação superior de profissionais de saúde e as Diretrizes Curriculares Nacionais para graduação desses profissionais, pretende formar: nutricionista generalista, humanista e crítico voltado para as necessidades de saúde da população, com conhecimento amplo e sólido de todas as etapas e das dimensões que envolvem o processo de alimentação e nutrição humana, tanto no indivíduo como em grupos populacionais, sadios e enfermos, buscando a promoção, prevenção, manutenção, recuperação e reabilitação da saúde. Ao concluir o curso deverá ser capaz de:

• refletir sobre a realidade econômica, política, social e cultural brasileira;
• atuar, pautado em princípios éticos, nos diferentes campos vinculados à alimentação e nutrição humana desenvolvendo ações de assistência, de educação, de coordenação e de planejamento e gestão;
• utilizar a metodologia científica na aquisição e produção do conhecimento;
• trabalhar em equipe de nutrição e equipe multiprofissional, realizando a interação com outros profissionais e
• aprimorar e aperfeiçoar continuamente sua formação.

O Curso está planejado numa concepção modular de currículo, procurando integrar conteúdos em eixos e módulos interdisciplinares. Prioriza as metodologias ativas de ensino-aprendizagem, com a inserção de novas tecnologias de informação e comunicação, levando o estudante à construção do seu conhecimento.
Está estruturado em quatro eixos: ‘O ser humano em sua dimensão biológica’, ‘O ser humano e sua inserção social’, ‘Aproximação ao trabalho em saúde’ e ‘Aproximação a prática profissional específica ‘

O eixo ‘O ser humano em sua dimensão biológica’ se constitui de dois núcleos: um núcleo comum de conhecimentos biológicos necessários a um profissional para atuação na área da saúde e um núcleo específico de aprofundamento a partir das necessidades do curso de Nutrição.

O eixo ‘O ser humano e sua inserção Social’ aborda conhecimentos de Antropologia, Sociologia, Psicologia, Educação, Filosofia, Ética/Bioética, Economia, Administração, dentre outras, necessárias para a formação do nutricionista.

O eixo ‘Aproximação ao trabalho em saúde’ aborda de forma integrada com os demais cursos de graduação do Campus Baixada Santista, temáticas comuns aos diferentes profissionais de saúde como: saúde como campo de saber, políticas de saúde, profissões de saúde, trabalho em equipe multiprofissional e interdisciplinar em saúde, sistema e serviços de saúde, integralidade no cuidado, produção do conhecimento em saúde, o Sistema Único de Saúde, entre outras.

O projeto pedagógico do curso de Nutrição prevê a inserção do estudante desde o início do curso em sua prática profissional. Essa inserção será realizada a partir de aproximações sucessivas às atividades práticas, possibilitando a execução de tarefas de complexidade e responsabilidade crescentes. Busca-se, dessa forma, desenvolver a iniciativa, o espírito crítico, a criatividade, o conhecimento da realidade e o compromisso social do estudante, aprimorando a sua atuação a partir da articulação e integração dos conhecimentos e das habilidades.

No eixo “Aproximação a prática específica do nutricionista” estão previstos os seguintes módulos nos dois primeiros semestres:

• O nutricionista em seus diferentes cenários, que abordará a história da alimentação e da profissão e a aproximação prática às áreas de atuação do nutricionista, discutindo o processo de trabalho em nutrição.
• Avaliação nutricional e técnica dietética: conhecimentos básicos, que objetiva introduzir os princípios, os métodos e as técnicas de avaliação nutricional, de indivíduos e coletividades, e os conceitos básicos em técnica dietética e culinária.

A partir do 3 º semestre, os estudantes entrarão em contato com os conteúdos da área de tecnologia e composição dos alimentos; e do cálculo, análise e composição da alimentação. Em continuidade ao eixo serão abordados os princípios, os conceitos, os métodos e as técnicas para: a avaliação alimentar e nutricional do coletivo ao indivíduo; a atenção alimentar e nutricional nos diferentes ciclos de vida, em enfermidades específicas e em grupos sociais, tais como trabalhadores, e ainda atletas, entre outros; o planejamento e gerenciamento de unidades e serviços de alimentação e nutrição; a investigação dos problemas de nutrição em saúde coletiva e o planejamento e avaliação das intervenções coletivas em nutrição e alimentação.

A utilização das ferramentas da informática, aplicadas a nutrição e os principais processos de preparo, processamento e transformações dos alimentos, incluindo a gastronomia, permearão todo o curso em seus diferentes módulos.

São ainda conteúdos do curso: o direito humano à alimentação, segurança alimentar e nutricional e os condicionantes do consumo alimentar; a trajetória da política social de alimentação e nutrição no Brasil e as políticas públicas de alimentação e nutrição e o processo de ensino-aprendizagem nas intervenções educativas em nutrição, tanto no plano individual quanto coletivo.

Os estágios e as atividades da prática profissional serão desenvolvidos durante todo o curso, e em especial no último ano, em espaços do trabalho real/concreto do nutricionista nas três áreas básicas de atuação do profissional: nutrição clínica, administração de serviços/unidades de alimentação e nutrição e nutrição e saúde coletiva / pública. A realidade do mundo contemporâneo, de rápidas mudanças tecnológicas e de profundas alterações no processo de trabalho, entre outros elementos, tem levado a constantes definições e redefinições das competências necessárias à prática dos profissionais de saúde, limitando ou abrindo novas formas e espaços de atuação profissional. Nesse sentido, outros cenários de atuação profissional poderão ser incorporados, numa lógica de estágio eletivo – de escolha do estudante - que permita a ele uma “experimentação” diferenciada e/ou um aprofundamento nas áreas clássicas de trabalho do nutricionista.

 Informações sobre o curso