Quarta, 26 Janeiro 2022 13:40

Unidade-fundadora do Campus Baixada Santista da Unifesp vai para Centro Histórico de Santos

Transferência, que consolida ainda mais parceria com Prefeitura da cidade, insere Unifesp no contexto de revitalização da região

Por Denis Dana

Placa inaugural foi descerrada durante o evento
Placa inaugural foi descerrada durante o evento

Na última terça-feira (25/1), um ato de descerramento de placa inaugural marcou oficialmente a transferência do endereço da unidade-fundadora do Campus Baixada Santista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), da Avenida Ana Costa, n.º 95, para o icônico Edifício Banco do Brasil, situado na rua XV de Novembro, no Centro Histórico de Santos. A mudança, viabilizada por meio de parceria com a prefeitura e com o proprietário do imóvel, insere a universidade no projeto municipal Novo Centro Velho, que objetiva a revitalização da região.

A mudança não trará impactos nos recursos, uma vez que a parceria com a prefeitura relacionada ao custeio de locação, água e luz será mantida. No novo endereço, que passa a funcionar já neste início de ano letivo, a Unifesp tem três andares com diversos espaços prontos para ensino, pesquisa e atividades de extensão e que devem receber cerca de 900 alunos por dia, distribuídos nos três cursos de Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Educação Física, além de outros sete programas de pós-graduação. A nova unidade conta ainda com espaços que abrigarão laboratórios didáticos que também atenderão os alunos dos cursos de Engenharia do Petróleo e Engenharia Ambiental, além de já estar planejada para receber futuramente o curso de Oceanografia, que está em análise pelo ministério da Educação (MEC) e terá tramitação atualizada nas instâncias da universidade.

“Essa é uma data de muita alegria e a transferência de endereço representa mais uma demonstração da consolidação da parceria que a Unifesp tem com a Prefeitura de Santos. A mudança só foi possível com a junção de esforços e de interesse entre poder público, iniciativa privada e universidade. Essa migração representa uma oportunidade de colaborar ativamente no projeto de reurbanização do Centro Histórico, além de outros diversos benefícios acadêmicos para o Instituto Saúde e Sociedade e Instituto do Mar. O resultado será um ganho para nossos alunos, mas também para o nosso centro da cidade e para toda a comunidade", destacou Odair Aguiar Junior, diretor acadêmico do Campus Baixada Santista da Unifesp.

Odair Aguiar Jr., diretor do Campus Baixada Santista
Odair Aguiar Jr., diretor do Campus Baixada Santista

Em seu discurso durante o evento, Nelson Sass, reitor da Unifesp, também fez questão de ressaltar a importância e o simbolismo da mudança de endereço, “de forma a garantir para os alunos do campus Baixada Santista a mesma formação qualificada, já marca da Unifesp em todas as áreas do conhecimento, mas com melhor estrutura e num local tão relevante e icônico para a cidade. Isso nos deixa ainda mais honrados”.

Nelson Sass, reitor da Unifesp
Nelson Sass, reitor da Unifesp

Raiane Patrícia Assumpção, vice-reitora da Unifesp, fez coro e salientou que “além do espaço e estrutura que permitirão melhor equipar o campus para as atividades de ensino, pesquisa e extensão, a inserção da universidade no processo de revitalização do centro dará a ela ainda mais visibilidade”.

Esse, inclusive, foi um ponto bem destacado por Rogério Santos, prefeito do município santista. “A história de Santos passa por essa região. Precisávamos de um projeto que resgatasse o potencial de vida existente no Centro Histórico e, nesse sentido, a educação é fundamental. Ficamos muito felizes pelo fato de a Unifesp também acreditar no projeto de revitalização e nova vida ao Centro, bem como pelo fato de avançarmos ainda mais nessa relevante parceria de anos”.

Motivados com a mudança de endereço

Para Igor Dias de Medeiros, diretor do Instituto do Mar (IMar/Unifesp), e Fernando Kinker, diretor do Instituto de Saúde e Sociedade (ISS/Unifesp), o novo endereço é fator de motivação adicional tanto para corpo discente quanto para corpo docente.

“A migração de endereço, que acontece num ano simbólico, onde completamos uma década de atividades na Baixada, permitirá um grande avanço para o IMar. Os nossos cursos de Engenharia de Petróleo e Engenharia Ambiental finalmente terão laboratórios próprios para realização das atividades práticas, não necessitando mais compartilhar espaços. Isso vai permitir imersão ainda maior para os alunos e, naturalmente, um ganho extremo para suas formações”, disse Medeiros.

Mudança permitirá mais possibilidades de atendimento às demandas das atividades do Campus
Mudança permitirá mais possibilidades de atendimento às demandas das atividades do Campus

Além do ganho aos alunos e professores em razão da melhor estrutura das instalações, Kinker também destacou que a mudança permitirá mais possibilidades de atendimento às demandas das atividades de extensão. “Estaremos numa área vulnerável e isso vai permitir mais acesso dos cidadãos aos serviços oferecidos pela Unifesp, o que é extremamente relevante para quem ensina, quem aprende e quem pode ser assistido”.

A Unifesp do Centro Histórico de Santos abrigará integralmente o Serviço de Atendimento ao Envelhecimento Cognitivo (SAEC). Nas instalações, que também abrigarão a Secretaria Integrada da Pós-Graduação, estão sendo planejados programas de doutorado, ainda sem previsão de início.

Transferência de posse do Edifício Acadêmico II

Transferencia Centro Historico CBS 22
Assinatura em cartório da Escritura de Compra e Venda do Imóvel do Edifício Acadêmico II, sede do Instituto do Mar

Após a solenidade que marcou a transferência do endereço da unidade- fundadora, o reitor da Unifesp, Nelson Sass, assinou em cartório a Escritura de Compra e Venda do Imóvel do Edifício Acadêmico II (da Rua Carvalho de Mendonça) que sedia o Instituto do Mar, cumprindo uma etapa burocrática, mas muito importante para que a universidade tomasse posse do edifício, adquirido pelo MEC em 2015, documental e oficialmente.



Fotos: Alex Reipert

Lido 1529 vezes Última modificação em Sexta, 11 Fevereiro 2022 13:21

Mídia