Quinta, 04 Fevereiro 2021 10:50

Enfermeira é a primeira a receber a vacina de Oxford no HSP/HU Unifesp

Por Daniel Patini

VacinaOxford portal 3
A enfermeira Joselaine recebe a primeira dose da vacina de Oxford no Hospital São Paulo

Na manhã da quinta-feira (4/2), o Hospital São Paulo, hospital universitário da Universidade Federal de São Paulo (HSP/HU Unifesp), deu início à aplicação da primeira dose da vacina ChAdOx1 (Oxford/AstraZeneca e Fiocruz) contra a covid-19. Serão imunizados(as) neste momento os(as) profissionais da instituição envolvidos(as) na assistência, aquele(as) que trabalham na higiene e limpeza das áreas assistenciais e os(as) estudantes de graduação do curso de Medicina em regime de internato em 2021 (atuais 4.º e 5.º anos), de Enfermagem (atuais 2.º e 3.º anos), de Fonoaudiologia (atuais 3.º e 4.º anos) e do último ano dos cursos de Tecnologia em Radiologia e Tecnologia Oftálmica.

A primeira a receber o imunizante de Oxford foi a enfermeira Joselaine Aparecida dos Santos, que está há 14 anos no hospital e atua, desde 2016, na UTI da Unidade de Tratamento de Queimaduras. "Ano passado foi um período bastante difícil. Estou feliz por estar sendo imunizada agora e espero que toda população tenha a mesma chance, pois o cenário que estamos vivendo é muito triste. Vacina é vida", afirmou.

VacinaOxford portal 1
Joselaine (ao centro) com o diretor-superintendente e a diretora de Enfermagem do hospital

Os postos de vacinação funcionarão até o dia 7 de fevereiro, sendo na quinta-feira (4) e sexta-feira (5), no andar térreo do Hospital São Paulo, das 9h às 21h, e na Escola Paulista de Enfermagem, das 9h às 18h. Já no sábado (6) e domingo (7), a imunização ocorrerá apenas no andar térreo do hospital, no horário das 9h às 21h. É importante salientar que as doses recebidas pela Secretaria Municipal da Saúde são direcionadas somente aos(às) trabalhadores(as) do HSP/HU Unifesp, de acordo com as diretrizes da Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo.

"O começo da aplicação da vacina de Oxford nos traz muita alegria, pois a coordenação geral do estudo clínico no Brasil foi liderada pela Unifesp, por meio da atuação do Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (Crie). Só aqui pela universidade participaram mais de três mil pessoas, e agora estamos aplicando essa vacina em tempo recorde", comemorou José Roberto Ferraro, diretor-superintendente do HSP/HU Unifesp, que aproveitou para agradecer a todos os(as) pesquisadores(as), em especial, à coordenadora do estudo, Lily Weckz.

Lily vacinaOxford portal
Lily Weckz lidera os estudos clínicos da vacina de Oxford no Brasil

Para a fase 3 dos testes de eficácia da vacina ChAdOx1 realizados no país, foram recrutados(as) mais de 10 mil voluntários(as) em seis cidades brasileiras. O pedido de uso emergencial no Brasil do imunizante, feito pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no dia 17 de janeiro de 2021.

Início da vacinação

Em 21 de janeiro, começou a aplicação da vacina CoronaVac (Sinovac/Instituto Butantan) nos(as) profissionais que atuam na linha de frente do combate à covid-19 no HSP/HU Unifesp. Até o dia 3 de fevereiro, a instituição já havia aplicado mais de 4.400 doses. A vacinação continuará assim que o Setor de Imunização do Município de São Paulo enviar os lotes para a segunda dose.

VacinaOxford portal 2
A enfermeira exibe o seu cartão de vacinação

Fotos: Alex Reipert

Lido 949 vezes Última modificação em Quinta, 25 Fevereiro 2021 09:52

Mídia