Terça, 07 Julho 2020 08:54

Mesa discutirá aspectos da saúde mental no contexto da atual pandemia

Debate abordará a relação entre saúde mental e distanciamento, além de ponderar sobre juventude e formas de manejo do estresse

Por Juliana Cristina

Parte da programação do Congresso Acadêmico Unifesp 2020, a mesa Distanciamento Social e Saúde Mental: Porque, Como e Formas de Manejo acontecerá no dia 13 de julho, segunda-feira, das 14h às 15h30. Ela discutirá possíveis mecanismos envolvidos na relação entre o distanciamento social e transtornos mentais, maneiras de administrar o estresse sob as atuais circunstâncias, além de debater sobre como a juventude está enfrentando a situação.

O isolamento social tem sido uma das principais recomendações para evitar a transmissão do novo coronavírus. Por outro lado, esse distanciamento físico representa um estresse, visto que somos uma espécie social. Deborah Suchecki, docente do Departamento de Psicobiologia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) - Campus São Paulo, abordará a questão do estresse advindo do distanciamento social e os possíveis mecanismos envolvidos. Suchecki esclarece que somos programados geneticamente para conviver em grupo e que o contato físico traz conforto em todas as fases da vida. “Eu pretendo explicar como a privação de contato ou de afeto pode produzir depressão e ansiedade. Vou falar sobre dois hormônios importantíssimos envolvidos com a resposta de estresse, o cortisol e a ocitocina”, explica.

A docente, ainda, afirma que é importante entendermos que nem todos percebem a situação atual da mesma forma, ou seja, alguns podem se sentir mais estressados do que outros. Por isso, considera: “A variabilidade individual de estratégias para enfrentar situações de estresse é um fator fundamental para entender porque alguns são mais vulneráveis e outros mais resilientes em períodos de adversidade.".

A mesa também contará com a presença das docentes Sheila Cavalcante Caetano, do Departamento de Psiquiatria da EPM/Unifesp, que abordará o impacto da quarentena nos jovens; Maria Inês Badaró Moreira, do Departamento de Políticas Públicas e Saúde Coletiva do Instituto de Saúde e Sociedade (ISS/Unifesp) - Campus Baixada Santista, expondo sobre vivências de isolamento no contexto de pandemia e repercussões para saúde mental de jovens; Hanna Karen Antunes, do Departamento de Biociências do ISS/Unifesp - Campus Baixada Santista, articulando sobre a influência da atividade física na saúde mental; e Ana Regina Noto, do Departamento de Psicobiologia da EPM/Unifesp - Campus São Paulo, discorrendo sobre como lidar com os desafios em tempos de covid-19.

Para participar da mesa basta inscrever-se aqui. O Congresso Acadêmico Unifesp 2020 acontecerá entre os dias 13 e 17 de julho e será totalmente on-line e gratuito.

 

Lido 829 vezes Última modificação em Terça, 14 Julho 2020 11:51

Mídia