Segunda, 06 Julho 2020 16:58

Congresso Acadêmico Unifesp 2020 receberá palestrantes internacionais

Convidados tratarão de temas como neurociência, cognição e educação, covid-19, ciência e religião, inovação e o futuro das universidades

portal internacionais

Entre os destaques da programação do Congresso Acadêmico Unifesp 2020, que acontece virtualmente de 13 a 17 de julho, estão as palestras e mesas com participação de convidados internacionais, os quais abordarão temas diversos, tais como neurociência, cognição e educação, covid-19, ciência e religião, pesquisa, inovação e o futuro das universidades.

Em 2020, a pandemia do novo coronavírus afetou a vida de bilhões de pessoas ao redor do mundo. Devido à sua urgência, o assunto será discutido, no dia 14 de julho, às 11h, por José Ramón Martínez Riera, da Universidade de Alicante (Espanha), e Manuel Oliveira (Portugal), que falarão sobre experiências internacionais no combate à covid-19 e os resultados conquistados no controle da infecção. Ainda no dia 14, a partir das 18h30, o sociólogo e professor Boaventura de Souza Santos, da Universidade de Coimbra (Portugal), integrará a mesa Pandemia e Desafios para Humanidade: Vidas Importam, que tratará das implicações de alto impacto humano, econômico, social e ambiental geradas pela doença, o que explicitou e acirrou a profunda e estrutural desigualdade existente.

Já o professor Martin Ravaillon, da Universidade de Georgetown (EUA), abordará, em 16/7, às 11h, os determinantes socioeconômicos da vulnerabilidade à covid-19 e implicações para a política. A mesa discutirá os impactos que o coronavírus poderá ter sobre o aumento da pobreza e da desigualdade e do potencial de ação das políticas públicas e sociais.

O assunto Pesquisa, Ciência e Inovação Tecnológica e Social, que acontecerá no dia 14/7, às 16h, será debatido pelo espanhol Josep Piqué, presidente do Parque Tecnológico de Barcelona, e pela consultora de Inovação da Bayer, Marjorie Gomez. As Neurotecnologias para reabilitação clínica em disfunções sensório-motoras também serão temas de uma discussão, a partir das 14h do dia 16/7, com a presença dos professores Solaiman Shokur e Silvestro Micera, ambos da École Polytechnique Fédérale de Lausanne (EPFL), da Suíça.

No dia 16/7, às 11h, professor catedrático da Universidade de Lisboa Antonio Nóvoa participará de sessão com a reitora da Unifesp, Soraya Smaili, e mediação de Helena Bonciani Nader, professora titular da Unifesp. No mesmo dia, à tarde (14h), a professora Madalena Patricio, membro honorário e consultora científica do Departamento de Educação Médica (DEM) na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL), fará parte da sessão BICCBeme Unifesp: Educação baseada em evidências.

Às 11h do dia 17/7, último dia do congresso, com a participação do sírio Sheikh Mohamad Al Bukai, da União Nacional das Entidades Islâmicas do Brasil, dentre diversas outras lideranças religiosas, será abordada a relação entre religiosidade e cientificidade, bem como suas implicações nas dimensões que possibilitam o ser humano reconhecer os sentidos da vida e a convivência em sociedade. Por fim, ainda na sexta-feira (17), o debate sobre as instituições de ensino superior ganhará espaço na programação do evento. Às 16h, o antropólogo e professor James Holston, da Universidade da Califórnia (EUA), participará da palestra acerca do futuro das universidades, a partir das perspectivas brasileiras e internacionais.

A programação completa do congresso pode ser conferida aqui. As inscrições gratuitas podem ser realizadas aqui.

 

Lido 2087 vezes Última modificação em Terça, 14 Julho 2020 11:51

Mídia