Sexta, 28 Junho 2019 19:05

Top España 2019 contempla docente e estudantes da Unifesp

Grupo passará três semanas na Universidade de Salamanca estudando o idioma e a cultura espanhola

Por José Luiz Guerra

Bolsistas da Unifesp contemplados pelo Top España 2019 (Da esquerda para a direita: Yasmin Gerônimo da Silva, Fernando Atique e Natalia Libreti Jacintho
Bolsistas da Unifesp contemplados pelo Top España 2019 (Da esquerda para a direita: Yasmin Gerônimo da Silva, Fernando Atique e Natalia Libreti Jacintho

Um grupo formado pelo docente do curso de História da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH/Unifesp) - Campus Guarulhos Fernando Atique e pelas estudantes de graduação Natalia Libreti Jacintho e Yasmin Gerônimo da Silva, que cursam, respectivamente, Relações Internacionais e Ciências Econômicas na Escola Paulista de Política, Economia e Negócios (Eppen/Unifesp) - Campus Osasco, embarcou para a Espanha, na tarde de hoje (28/6), onde passarão três semanas na Universidade de Salamanca. Eles foram contemplados com bolsas do programa Top España 2019.

Em sua décima edição, o programa investe em alunos e professores de universidades de todos o Brasil para aprimorarem seus conhecimentos no idioma e cultura espanhola, por meio de um curso de Língua e Cultura Espanhola. Para as universidades brasileiras, em 2019, foram oferecidas 100 bolsas, que incluem custeios, por parte do Banco Santander, de passagem aérea, transfer, hospedagem, alimentação, curso, material didático e certificado. A organização do programa estima que cerca de 38 mil pessoas participaram do processo seletivo, que consistiu na análise da documentação enviada pelos estudantes e, posteriormente, em uma entrevista presencial.

Natália explica que se interessou em concorrer às bolsas com o objetivo de obter fluência em espanhol e ter contato com outras culturas, o que a ajudaria em sua carreira na área de Relações Internacionais. Ela conta que já viajou, a turismo, para outros países como Argentina e Chile, e acredita que a experiência em Salamanca será importante para sua carreira. “Por cursar Relações Internacionais, ter a oportunidade de fazer um curso de língua espanhola no exterior certamente será um diferencial, já que costumamos ler textos acadêmicos em espanhol. E como pretendo seguir carreira acadêmica, imagino que ter mais conhecimento do idioma fará muita diferença”. Para Yasmin, o Top España será a primeira oportunidade de viajar para o exterior e, na sua visão, a experiência também fará grande diferença na sua carreira. “Somos o único país da América Latina que fala português e as relações econômicas com nossos vizinhos, que falam espanhol, são muito fortes”. Ela acredita também que será uma viagem de muita imersão, pelo fato de estudar espanhol em um país que tem o idioma como principal.

No caso dos docentes, a seleção é feita de forma diferente, levando em conta, além do edital, a recomendação de nomes, feita pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação, e a análise do perfil. Para Fernando Atique, a oportunidade de participa do programa na mesma condição de um graduando é positiva. “É muito bom voltar para a sala se aula, poder fazer uma imersão e conviver com pessoas de várias idades e lugares”. Arquiteto de formação e professor do curso de História da EFLCH/Unifesp, Atique celebra a oportunidade de conhecer uma universidade de 800 anos de fundação, considerada um dos grandes centros de pensamento político e cultural da Europa desde o período medieval, o que, na sua opinião, será benéfico para sua carreira e para a Unifesp. “O fato de ter cultura espanhola no curso é fundamental, pois abre possibilidades de convênios mais específicos com a Unifesp e suas unidades e essa é uma das minhas tarefas durante a viagem, por representar a pós-graduação”, diz ele. O docente acredita que a bolsa oferecida aos professores pode fazer a diferença nas instituições. “Trazemos referências, livros e conhecimentos novos e podemos falar com mais propriedade dos temas nas aulas. Isso cria um fator multiplicador, dando oportunidade para outros estudantes possam participar.

Grupo de estudantes e docentes do Brasil que ganharam bolsa
Grupo de estudantes e docentes do Brasil que ganharam bolsa

 

Lido 1011 vezes Última modificação em Sexta, 05 Julho 2019 13:31

Mídia