Debate no IEA/Unifesp – As democracias perante a emergência da extrema-direita: que resposta?

Evento gratuito acontece na quarta-feira (24/10), a partir das 9h, no Anfiteatro Leitão da Cunha

O Instituto de Estudos Avançados (IEA) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) promove, na próxima quarta-feira (24/10), debate intitulado “As democracias perante a emergência da extrema-direita: que resposta?”. O evento é gratuito e aberto ao público em geral.

A primeira volta das eleições brasileiras confirma a tendência para a emergência da extrema-direita e o enfraquecimento dos partidos do centro político que têm governado as democracias, desde a derrota do fascismo, ou seja, no pós II Guerra Mundial. É assim no Brasil, tem sido assim na Europa, na maioria dos atos eleitorais, com a exceção da França, e pode dizer-se que a eleição de Trump, nos Estados Unidos, se inscreve nesta tendência. As causas da tendência para este refluxo democrático têm sido amplamente debatidas, designadamente, o impacto social da grande recessão de 2008, o enfraquecimento do poder do voto perante as forças da globalização econômica, o fim do monopólio da imprensa tradicional e o papel crescente das redes sociais. O que tem sido menos discutido é como defender a democracia perante esta vaga de iliberalismo autoritário. Este debate tem como objetivo, a partir de uma análise comparativa do Brasil e da Europa, discutir uma resposta à insatisfação dos cidadãos perante as democracias e como derrotar a extrema-direita.

Painel - convidados(as)
Helcimara Telles (UFMG)
Maria Hermínia Tavares de Almeida (USP)
Renato Janine Ribeiro (USP e professor visitante da Unifesp)
Milton Hatoum
Álvaro Vasconcelos (Forum Demos), organizador

Serviço:
Debate no IEA/Unifesp - As democracias perante a emergência da extrema-direita: que resposta?
Data: 24/10 (quarta-feira), das 9h às 12h
Local: Anfiteatro Leitão da Cunha/Unifesp
End.: Rua Botucatu, 720 - Vila Clementino - São Paulo/SP
Evento gratuito, sem necessidade de inscrição

Lido 3348 vezes Última modificação em Quarta, 24 Outubro 2018 13:41

Mídia