Palestra O português uruguaio (portuñol) falado na região fronteiriça Uruguai-Brasil: atitudes linguísticas e ações glotopolíticas

Inscrições abertas até 15/10

O contato linguístico entre o espanhol (E) e o português brasileiro (PB) na região fronteiriça Brasil – Uruguai produziu uma variedade conhecida popularmente como “portunhol” ou português uruguaio (PU). A ausência de uma política linguística adequada para a região deixou marcas profundas nas atitudes da sociedade fronteiriça em relação ao PU.

A palestra, portanto, pretende apresentar alguns dos resultados do trabalho de pós-doutorado, no qual, associando alguns pressupostos teóricos da sociolinguística, da política linguística uruguaia e da glotopolítica, analisou duas amostras orais coletadas em dois tempos (2000 e 2017) para saber quais foram e são as consequências sociais que derivam da situação de contato, tais como atitudes, conflitos e preconceitos linguísticos e qual tem sido o papel das políticas linguísticas sobre a situação do português falado no Uruguai.

O evento será realizado em dois períodos do dia 16/10, das 16h às 18h e das 20h às 22h.
Serviço:
O português uruguaio (portuñol) falado na região fronteiriça Uruguai - Brasil: atitudes linguísticas e ações glotopolíticas
Data: 16/10, das 16h às 18h e das 20h às 22h
Local: EFLCH/Unifesp – Campus Guarulhos
End.: Estrada do Caminho Velho, 333 – Jd. Nova Cidade – Guarulhos/SP
Inscrição
Última modificação em Quinta, 11 Outubro 2018 20:18

Mídia