ANATOMIA DOS PULMÕES



Os pulmões são dois órgãos localizados no interior da cavidade torácica, revestidos externamente por uma membrana denominada pleura. A pleura reveste a cavidade torácica internamente (pleura parietal) e os pulmões externamente (pleura visceral). Tais membranas são continuas no hilo do pulmão. Entre elas, existe um espaço virtual denominado de espaço pleural, onde a pressão é negativa. Nesse espaço existe pequena quantidade de líquido pleural que diminui o atrito durante os movimentos pulmonares, podendo estar aumentando em condições patológicas.

Os pulmões apresentam forma cônica, com ápice, base, faces (costal, mediastinal, diafragmática e interlobar) e margens (anterior, posterior e inferior), sendo septados em lobos pelas fissuras. Este par de órgãos está apoiado sobre o diafragma, protegidos pelas costelas; ficam separados um do outro em grande parte, pelo coração (área cardíaca). O pulmão direito apresenta-se dividido em três lobos (superior, médio e inferior) por duas fissuras interlobares presentes na superfície. Já o pulmão esquerdo esta dividido em dois lobos (superior e inferior). Os lobos, por sua vez, apresentam-se divididos em segmentos broncopulmonares, conforme a ramificação dos brônquios. O segmento broncopulmonar pode ser definido como sendo a porção do pulmão onde determinado brônquio se distribui. Os segmentos broncopulmonares têm sido muito usados pelos cirurgiões torácicos, broncoscopistas e radiologistas, servem como pontos de reparo em cirurgias e nos diagnósticos.